Defenestrando Violence Fight (1989)

Visão geral

Domingueira é dia de gameplay aqui e hoje vamos com o Violence Fight sendo defenestrado em mais um episódio do Fliperama Nostálgico, do canal do Celso Affini.

Além das imagens deste game de luta um tanto quanto obscuro, o vídeo nos traz informações e curiosidades sobre o título (e que usamos como fonte para este post), além de ser algo que dá pra assistir neste dia que só passa porcaria na televisão.

Violence Fight (バイオレンスファイト) é um jogo de luta desenvolvido e lançado pela Taito em 25 de abril 1989 para os fliperamas. O jogo consiste em um campeonato de luta underground que envolve caminhoneiros, empresários falidos e apostadores sob o controle de gangsters.

Apesar de ser um jogo relativamente bem desconhecido, ele chegou a ser portado para outros sistemas em coletâneas como a Taito Legends 2, para o PlayStation 2 (31 de março de 2006), XBox (31 de março de 2006) e Windows (31 de março de 2006); e a Taito Memories Gekan, para o PlayStation 2 (25 de agosto de 2005). Ele também gerou uma sequência lançada em 1991 chamada Solitary Fighter.

Enredo

O jogo se passa no início dos anos 50, nos EUA. Um torneio de luta de rua underground ganha popularidade entre o submundo do crime, caminhoneiros e até cidadãos respeitáveis, que são atraídos pelas apostas, emoção e prêmios. Controlado por gangsters, o torneio é conhecido como Violence Fight e reúne homens de todas as partes dos Estados Unidos que competem por grandes prêmios e pelo título. Do centro de Los Angeles, um jovem lutador conhecido como Bad Blue e seu gerente Blinks vêm atrás da fortuna e da glória. Será que ele será capaz de vencer todos os adversários nesta Luta Violenta?

Gameplay

O esquema do Violence Fight lembra bastante alguns beat ’em ups como o Double Dragon, com o jogador movendo em oito direções com botões de soco, chute e salto, entretanto, o combate acontece em uma arena fechada e não com o jogador enfrentando uma enorme quantidade de inimigos. Pode-se também combinar os botões (soco + salto ou chute + salto) para aplicar golpes especiais ou pressionar chute + soco para agachar e desviar dos ataques inimigos. Também se pode recolher caixotes, barris e outros objetos para usar nas lutas. Também rola arremesso dos oponentes e outras coisas típicas dos beat ’em ups.

Cada luta consiste em uma melhor de três rounds, cada um com limite de tempo de 100, 60 ou 40 segundos. Quando o contador de vida do adversário vai para zero, ele perde o round, sendo que cada um começa com 100 pontos. Se o tempo acabar em uma rodada, esta terminará em um sorteio. Se duas das três rodadas terminarem em um empate, o lutador com apenas um ponto será o vencedor. Se os totais dos pontos estiverem empatados no final das três rodadas, a partida termina em um empate. Se você receber mais pontos do que o seu oponente, continuará para a próxima rodada, se não, é game over. Se a partida terminar em um empate contra a CPU, conta como derrota. Se a partida terminar em um empate de 2 jogadores, qualquer jogador terá que inserir outra moeda para continuar a jogar.

Lutadores

Violence Fight tem quatro lutadores selecionáveis (Bad Blue, Ben Smith, Rick Joe e Lee Chen) e, dependendo da escolha, o jogador enfrenta primeiros os outros três e dois chefões (Ron Max e Tony Won). Por fim, o jogador enfrentará um clone do seu personagem, que seria o irmão mais novo dele.

  • Bad Blue (バッド・ブルー) – Um campeão de luta de rua de Los Angeles que é o mais balanceado e com melhor técnica. É também conhecido como “Bat Blue”;
  • Ben Smith (ベン・スミス) – Um um fuzileiro veterano americano de Carson City, Nevada. Ele luta boxe e foi apelidado de “Fierce Eagle” devido aos seus reflexos apurados e sua velocidade. Apesar disto, os seus outros atributos são abaixo da média;
  • Rick Joe (リック・ジョー) – Um lutador de telecatch de Ardmore, Oklahoma. A sua carreira acabou prematuramente por causa de um homicídio em massa, sendo expulso da TWF (Taito Wrestling Federation) por matar 13 oponentes durante lutas sancionadas. Ele entra no campeonato “Violence Fight” para se redimir dos seus pecados do passado. Com uma semelhança com o prowrestler Gorgeous George, seu nome é escrito errado como “Lick Joe” no jogo;
  • Lee Chen (リー・チェン) – Um misterioso artista marcial chinês de Miami, Florida. Apesar de ser um cidadão americano nascido no país, Lee passou a infância visitando a China com o seu pai aprendendo a arte da luta. Lee entra no torneio afim de provar suas técnicas para os seus fãs;
  • Ron Max (ロン・マックス) – Um fazendeiro cabeça dura do Texas que usa uma camisa branca, jeans azuis e suspensórios vermelhos. Quando o jogador luta contra ele, a audiência vai atirar latas de cervejas vazias no ring e atrapalhar o jogador;
  • Tony Won (トニー・ウォン) – Um alto nova-iorquino que parece o Mr. T. Ele vai fazer de tudo para vencer a luta, inclusive passar por cima das regras, como usar uma corrente para agredir o adversário. Ele é também o lider de uma gangue chamada Black Will ‘O, organização tal que controla o torneio Violence Fight.

Curiosidades

  • Você pode ver as Torres Gêmeas (World Trade Center) em uma das fases do game que se passa a noite;
  • A versão americana do game tem a famosa tela “Maconheiro nem é gente” “Winners Don’t Use Drugs”;
  • Segundo as informações do Violence Fight, o lutador Rick Joe foi expulso da “Taito Wrestling Federation”, que pode ser uma referência à associação de luta livre do jogo Mat Mania, “Taito Wrestling Association”. Este game, também da Taito, é um dos primeiros de arcade que eu joguei na minha vida;
  • O chefão desse jogo lembra muito o Mr. T, o famoso B.A. Barracus do Esquadrão Classe A e o Clubber Lang do Rocky III.

Vídeo adicionado em: 4 de Fevereiro de 2018

Categorias: Arcade, Luta, Vídeos

Tags:

Autor/Canal: Defenestrando Jogos

Visto/Jogado: 6 vezes.

Link Deste Vídeo:

Deixe um comentário

eXTReMe Tracker
Copyright © 2001 - 2018 Gaming Room. Todos os Direitos Reservados - É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste site sem o consentimento dos autores.