Wild Fang

22 de junho de 2018

Wild Fang (ワイルドファング), conhecido fora do Japão como Tecmo Knight, é um jogo de luta estilo beat ’em up desenvolvido e lançado pela Tecmo para os fliperamas em maio de 1989. É ambientado em um mundo de fantasia medieval e contém elementos que lembram títulos como Golden Axe, como uma fase totalmente chupinhada, e Ninja Gaiden, com umas telas perturbadoras. Tem também uma boa dose de sangue e violência animada, mas nada impressionante ou inapropriado.

Apesar de não ser um jogo ruim, com boa trilha sonora e recursos em geral, o Wild Fang (ou Tecmo Knight) parece nunca ter saído da obscuridade e não rendeu nem ports nem sequências. Eu não gostei muito da jogabilidade dele, sendo esta inferior ao Golden Axe. Talvez, seja isso a causa.

Screenshots

Enredo

A história de Wild Fang começa quando Tecmo Knight, o bravo guerreiro ancestral, travou uma batalha contra a besta diabólica conhecida como Wild Fang (ou Satanás). Mas, antes que ele encare seu desafio, ele vai ter que derrotar o exercito de monstros sob o controle de Wild Fang.

Vídeo

O vídeo acima é mais um Fliperama Nostálgico do canal Defenestrando Jogos que comenta e mostra o gameplay, curiosidades e informações do Wild Fang. Utilizamos várias das informações fornecidas no vídeo para montar este post, como o de costume.

Gameplay

Wild Fang é um beat ’em up side scrolling para um ou dois jogadores enfrentarem uma variedade enorme de inimigos, como orcs, ogros, goblins, demônios e outras criaturas místicas. Eles devem abrir o seu caminho até destruir Satanás, o chefão final deste game.

Os protagonistas são Beast Masters, podendo controlar feras para lhe auxiliar em sua missão. Sob o comando do jogador, existem três destas disponíveis: um tigre e um gigante, que podem ser trocados durante o jogo se o jogador tiver estrelas para fazer a troca, e um dragão, se o mesmo achar o power-up que o libera por um curto período de tempo.

A barra de vida do jogador é representada por um dragão cuspindo de fogo no canto superior da tela. A cada ataque que o jogador  leva dos inimigos, este fogo se torna menor. Uma vez que a barra de vida se esgote, uma vida e todas as estrelas que foram pegas até aquele momento serão perdidas. Cada inimigo decapitado dropa seus crânios caídos no chão, pontos, estrelas ou power-ups.

Assim como no beat ’em up de 1988, Ninja Gaiden, Wild Fang é difícil para os iniciantes, porque requer mais paciência que apenas sair apertando os botões e porrando geral. Também, como no Ninja Gaiden, Wild Fang apresenta uma tela de continue bastante perturbadora, onde o protagonista está prestes a ser engolido por um monstro oculto. Se o jogador não continuar antes que a contagem regressiva de 10 segundos termine, o herói é ouvido gritando enquanto o monstro o engole. Depois, a tela escurecerá, e um monstro rasgará a tela gritando (NO FUTURE!) (“nenhum futuro!”), juntamente com o “Game Over” aparecendo sob o monstro.

Deixe um comentário

  • Inscreva-se na nossa newsletter!

  • Nos siga nas redes sociais!

  • Páginas

  • Áreas especiais

  • eXTReMe Tracker
    Copyright © 2001 - 2018 Gaming Room. Todos os Direitos Reservados - É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste site sem o consentimento dos autores.