Review Do Elder Scrolls V: Skyrim

2 de dezembro de 2011

Elder Scrolls V: Skyrim é um role playing video game de fantasia medieval em primeira pessoa desenvolvido pela Bethesda Game Studios e lancado em 2011, pela Bethesda Softworks. Uma das razões, que este game nos chamou a atenção, é por ter um estilo muito semelhante aos da série Might And Magic, a preferida por mim e muitos dos ex membros do site, como o Old Miser (antes conhecido como Cavera).

Por isto ele fez este texto bacana no site dele (ostarcraft.com) e eu traduzi para o português. A tradução não ficou das melhores, mas como eu não tive tempo pra jogar ainda, ficou melhor do que eu faria. Ficou bacana também porque ele fez uns vídeos dele derrotando o último chefe, que mostra um pouco do gameplay.

Elder Scrolls V: Skyrim, por Old Miser

…Uma das razões para isso é que eu fiquei viciado nesse novo jogo de RPG: Skyrim. Acabei de terminar o jogo, realizando cerca de 90% das quests (eu meio que desisti de procurar todos os detalhes, quando cheguei no nível e habilidades máximas).

Skyrim é um RPG single-player irado. Tem um bom tempo desde que eu joguei um jogo como este. Faz-me lembrar da boa e velha série Might And Magic. Na verdade, o jogo tem vários aspectos que provavelmente foram inspirados por M&M.

Nesta sequência, os dragões, que há tempos não davam as caras em Skyrim, estão lentamente retornando e devastando a terra. E lá está você, a quem eles chamam de Dragonborn, e seu principal objetivo é resolver a situação com os dragões. Claro que isto é apenas o enredo principal do jogo, que tem um número infinito de quests secundárias. Sim, infinito. Já li em alguns fóruns que algumas delas continuam reaparecendo, em uma forma ligeiramente diferente. Não sei ao certo se isso verdade, mas eu sei que eu nunca vi um jogo com tantas quests.

Este é um dos aspectos que tornam este jogo tão viciante. Inicialmente, parece que é um jogo muito limitado, focado em gráficos. Então, após algumas horas de jogo, você percebe que este RPG é cheio de opções para o desenvolvimento do personagem, itens, habilidades…

E o mais importante, você tem um “livre arbítrio” quase ilimitado. Ou seja, além dos quests principais, você pode fazer o que quiser. Se um cara te dá uma missão que soa muito chata, você pode cortar sua garganta e pegar o que ele está carregando. Algum guarda da cidade está incomodando você? Arrebente a cabeça dele com seu machado. Um deus está exigindo que você faça algo que você não tem vontade de fazer? Mate seus adoradores e ataque seu templo. Como não poderia deixar de ser, existem conseqüências diferentes para as escolhas que você faz.

Mas é isso que faz jogos como este tão divertidos: você pode fazer o que quiser na ordem que você quer. Você pode ir onde quiser no mundo desde o início do jogo (não que você vai ser capaz de fazer isso ileso). E, além disso, o jogo tem centenas de detalhes, como a confecção de armas, encantos e misturas para fazer poções. Quando você começa a jogar, algumas características podem parecer um pouco inúteis, mas você acaba usando quase todas as aptidões que o jogo oferece.

Se você decidir jogá-lo, lembre-se de escolher a dificuldade no começo. Estou lembrando disso, porque você não a escolhe quando o jogo começa, você tem que ir para o menu de configurações para fazê-lo. Você também pode alterá-la sempre que lhe agradar. Claro, eu joguei o game inteiro na dificuldade Master (a mais difícil), mas apenas porque sou um nerdão.

Bem, há bilhões de comentários que eu poderia fazer sobre Skyrim, mas você vai ter que ver por si mesmo. Eu recomendo a todos os amantes de RPG por aí, e digo amantes e não fãs, porque este é um daqueles jogos para os quais você tem que dedicar muito tempo. Se você quer jogar apenas pelo enredo principal, vá em frente, mas você não vai experimentar os aspectos mais divertidos do game.

Como eu zerei Skyrim por conta própria (sem a ajuda de detonados), eu gravei o meu personagem derrotando os dois últimos inimigos do jogo. Note que esta é uma espécie de spoiler, então não assista os vídeos, a menos que você não se importe, de ver como este game termina.

Derrotando e Capturando Odahviing

Matando Alduin

Texto Original: http://www.ostarcraft.com/funny/other-games/elder-scrolls-v-skyrim/

Deixe um comentário

  • Inscreva-se na nossa newsletter!

  • Nos siga nas redes sociais!

  • Páginas

  • Áreas especiais

  • eXTReMe Tracker
    Copyright © 2001 - 2019 Gaming Room. Todos os Direitos Reservados - É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste site sem o consentimento dos autores.