Dragon Breed

28 de junho de 2018

Dragon Breed (ドラゴンブリード ) é um jogo de tiro estilo shoot ’em up com rolagem horizontal desenvolvido e lançado pela Irem em junho de 1989. Ele saiu primeiro para os fliperamas, rodando nos hardwares M72 e M81, sendo posteriormente portado para vários computadores pessoais em 1990 pela Activision: Commodore Amiga (1989), Atari ST (1989), Amstrad CPC (1989), Commodore C64 (1991), Sinclair ZX Spectrum (1991) e Amstrad CPC (1991).

Dragon Breed é um título relativamente obscuro, porém de grande qualidade que acabou inovando na fórmula que consagrou o R-Type, também da Irem, com interessantes novidades nos gráficos e no gameplay. Inclusive, eu achei que os controles respondem muito bem, o que acaba somando para o jogo ser realmente muito agradável.

Screenshots

Enredo

Kayus tornou-se Rei do Império Agamen quando tinha apenas 15 anos de idade. Aqueles que estavam insatisfeitos com a sua entronização conspiraram para quebrar o selo que confina o Rei das Trevas, Zambaquous, e assim tomar o reino com o poder negro desta criatura. Assim, o vento estava cheio de miasma e o chão apodrecia, gradualmente se transformando em escuridão. O jovem Rei Kayus parte então, junto com o dragão da luz, Bahamoot, para impedir que as trevas voltem a prevalecer e destruam o Reino.

Vídeo

O vídeo acima mostra o inovador shmup sendo defenestrado pelo Celso Affini em mais um bom episódio do Fliperama Nostálgico. É bem legal, descontraído e compartilha algumas das informações que usamos para montar este post.

Gameplay

Como dissemos, o Dragon Breed é um excelente side scrolling shoot ’em up com jogabilidade similar à do clássico R-Type. Dragon Breed difere de outros jogos do gênero principalmente por causa do dragão, uma figura totalmente articulada e com movimentos soberbos, enquanto a maioria dos games da época eram protagonizados por navinhas. O dragão é invulnerável ao fogo e contato inimigo, podendo ser usado tanto como um escudo como uma arma, pois ele protege o jogador e ataca com o corpo e com bolas de fogo que ele cospe.

O jogador deve controlar o dragão de tal forma que o seu corpo possa ser usado para cercar Kayus e protegê-lo de seus inimigos. Qualquer contato do corpo com o inimigo vai esgotar o poder deste, eventualmente matando-o. O dragão também pode ter seu poder aumentado de uma forma semelhante as naves espaciais de outros shmups. Além disto, segurando o botão de tiro, pode-se carregar e aumentar a força das bolas de fogo que o Dragão cospe.

O Rei Kayus, entretanto, não é invulnerável, e vai perder uma vida toda vez que for atingido pelos inimigos ou colidir com eles. Ele atira com uma besta e pode desmontar do dragão para recolher power-ups que aparecem em vários pontos ao longo de um estágio, pequenas áreas de terra que aparecem na parte inferior da tela.

Power-ups

Os power-ups vem em formas de orbes que aparecem ao atirar em pequenos dragões verdes que aparecem intermitentemente entre as fases, ou, como dito acima, no chão. Existem quatro tipos diferentes de orbes, cada uma podendo mudar Bahamoot para uma cor diferente, dando a ele um novo poder de ataque:

  • Vermelha: o dragão respira uma chama de fogo que fica maior se mais power-ups forem coletados;
  • Dourada: o corpo do dragão começa a disparar crescentes de fogo em todas as direções;
  • Branca: o dragão dispara até quatro dragões em miniatura que voam ao encontro dos inimigos.
  • Azul: o dragão dispara raios de eletricidade pra baixo do seu corpo.

Deixe um comentário

  • Inscreva-se na nossa newsletter!

  • Nos siga nas redes sociais!

  • Páginas

  • Áreas especiais

  • eXTReMe Tracker
    Copyright © 2001 - 2018 Gaming Room. Todos os Direitos Reservados - É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste site sem o consentimento dos autores.