Práticas obscuras de grandes empresas podem arruinar o mercado de games

Newsletter:

Visão geral

Neste vídeo, o Davy Jones, do canal Gameplayrj, denuncia práticas obscuras de grandes empresas que vão acabar sendo um forte pretexto pro estado meter a sua mão suja e arruinar o mercado e a indústria de games.

Jones começa citando um artigo da BBC que relata vários casos de pessoas gastando milhares em jogos sem perceber. É óbvio pra qualquer pessoa com dois neurônios saudáveis que estas besteiras são publicadas para gerar histeria, mas acontece que, cedo ou tarde, acabam funcionando. E tanto funcionam que a questão já foi até levada para ser discutida pelos babuínos do Parlamento Britânico, onde representantes da EA e a Epic Games estiveram presentes e, segundo o vídeo, foram esculachados.

O youtuber frisa que não exime os consumidores e pais de responsabilidade, mas acontece que estas firmas picaretas e outras mesma laia estão montando os esquemas de forma que o controle do que está sendo comprado seja muito difícil ou até impossível, dependendo da situação. E o resultado é que isto dá muita munição para os políticos, os quais já querem faz tempo regular os videojogos para dar cabo às suas agendas escusas. Ou seja, com esta nova canalhice sendo exposta, os burocratas estatais não mais dependerão apenas das velhas groselhas de sempre, tipo “vício em games“, “jogos violentos estimulam agressividade” ou “videogame é coisa do capeta”, para que suas leizinhas imbecis sejam aprovadas e suas partes nas negociatas cumpridas.

No vídeo, Davy Jones afirma que os políticos fazem isso para proteger as formas de mídia que perderam muito espaço para os videojogos nos últimos anos, como televisão, cinemas, jornais e tal. Ele também disse que as firmas empregam estas práticas para tirar tudo até onde der, naquele esquema tipo “o último que sair apaga a luz”. Bom, certamente estes fatores devem estar envolvidos mesmo, mas a verdade mais sórdida ele ignorou: essas empresas querem regulação. Ora, nada melhor pra impedir a concorrência do que o estado inventando um monte de regras e exigências que poucos conseguem cumprir, tirando os pequenos e médios competidores da praça e deixando os consumidores com menos variedade de jogos, mais títulos enlatados, preços ainda mais exorbitantes etc. Nada é mais socialista do que um grande capitalista.

Ou seja, independente de teatrinho em parlamento ou em outros antros quaisquer, é provável que vamos ter um mercado de videogames oligopolizado em pouco tempo. Desta forma, todos os estelionatários envolvidos – políticos, EA e tutti quanti – vão sair ganhando.

Agora, será que você consegue adivinhar quem vai sair perdendo?

Veja também


Vídeo adicionado em: 20 de julho de 2019

Categorias: Notícias, Vídeos

Autor/canal: Gameplayrj

Acessado: 33 vezes.

Link deste Vídeo:

Deixe um comentário

eXTReMe Tracker
Copyright © 2001 - 2019 Gaming Room - Powered by Facínora!