Mais hardcore para WII, diz a Nintendo

Finalmente alguém toma uma atitude quanto essas frescuras que esses pangarés ficam falando essas palhaçadas por aí, que jogos “violentos” estimulam a violência bla bla bla… Uma das figuronas da Nintendo divulgou que a empresa irá desenvolver jogos mais hardcore para o seu console WII, como The Conduit e MadWorld. Este console tem a fama da maioria dos seus títulos […]

21 de novembro de 2008

Finalmente alguém toma uma atitude quanto essas frescuras que esses pangarés ficam falando essas palhaçadas por aí, que jogos “violentos” estimulam a violência bla bla bla…

Uma das figuronas da Nintendo divulgou que a empresa irá desenvolver jogos mais hardcore para o seu console WII, como The Conduit e MadWorld. Este console tem a fama da maioria dos seus títulos serem direcionados para garotinhas, o leitor sabe, esses jogos retardados que nem as garotas gostam.

Na minha opinião, essa dona não está mais do que certa. Se parar para pensar, as mulheres gostam de coisas que teoricamente seriam para homens. Um exemplo é a grande audiência feminina do The Man Show, ou o Show do Homem traduzido para o português, um programa americano que (é exibido no Brasil) com temática voltada para os homens. Ou então quem não tem ou teve uma amiga ou conhecida que sempre te desafia nos jogos? Ou em filmes, vai dizer que nenhuma mulher agradou de filmes violentos como o Gladiador? Convido o leitor a começar a reparar isso no dia a dia. Mas isso é outro assunto!

Enfim, não seria apenas um erro de estratégia da firma limitar seus produtos a esse público, mas parar de dividí-lo e tentar dizer o que os consumidores querem, ao invés de ouvi-los!

Fonte: http://www.judao.com.br/games/nintendo-promete-mais-jogos-hardcore-para-o-wii-a-partir-de-2009/

Observação: se você gostou deste post ou ele lhe foi útil de alguma forma, por favor considere apoiar financeiramente a Gaming Room. Fico feliz só de ajudar, mas a contribuição do visitante é muito importante para que este site continua existindo e para que eu possa continuar provendo este tipo de conteúdo e melhorar cada vez mais. Clique aqui e saiba como. Obrigado!

Deixe um comentário

Inscreva-se na nossa newsletter!