Mortal Kombat 4

Mortal Kombat 4 é um jogo de luta da Midway lançado originalmente aos fliperamas em 1997, sendo o último título da icônica série a sair para esta plataforma e o primeiro a usar gráficos 3D.

11 de março de 2020

Mortal Kombat 4 é um jogo de luta desenvolvido e lançado pela Midway originalmente aos fliperamas em 1997, sendo o último título da icônica série a sair para esta plataforma e o primeiro a usar gráficos 3D.

O jogo mantém o estilo básico dos títulos anteriores e se passa quando uma entidade que foi derrotada mil anos antes dos eventos do primeiro Mortal Kombat ressurge e inicia uma guerra para conquistar os seis reinos deste universo. Ou seja, Mortal Kombat 4 mantém-se coerente com a série tanto no gameplay quanto no enredo.

Eventualmente, outros sistemas receberam ports do Mortal Kombat 4: Nintendo 64, PlayStation, PC e Game Boy Color, sendo que a versão deste último foi mal recebida pela crítica, ao contrário das outras. No dia 11 de março de 2020, o título finalmente ganhou uma versão digital, sendo relançado para Windows no GOG.

Milha experiência com o Mortal Kombat 4 foi a seguinte: joguei a do Nintendo 64 na casa do meu primo, bati em todo mundo e gostei bastante. Apesar das diferenças gráficas, o título realmente guarda o arroz com feijão necessário de um bom Mortal Kombat, embora eu sempre vá preferir o primeirão de todos mesmo.

Vídeo

Acima, temos a intro do Mortal Kombat 4.

Enredo

Milhares de anos antes do início do torneio vencido pelo Liu Kang, Shinnok, um dos deuses anciões que controlava os Seis Reinos, tentou conquistar todos eles. O deus do trovão Raiden lutou e derrotou Shinnok em uma guerra que durou centenas de anos, enviando-o para o Netherrealm, onde ele deveria ficar preso para sempre.

Agora, Shinnok conseguiu escapar do Netherrealm com a ajuda do feiticeiro Quan Chi e busca vingança contra os deuses anciões que o baniram. Em seu plano, ele primeiro conquista o reino de Edenia, com a ajuda de um traidor, Tanya, enquanto se prepara para atacar os outros anciões.

Para parar a ameaça de Shinnok, Raiden pede ajuda aos guerreiros do reino da Terra que salvaram os reinos, derrotando Shang Tsung e Shao Kahn anteriormente.

Gameplay

O Mortal Kombat 4 tem a jogabilidade similar a títulos anteriores da série, com o esquema de melhor de 3 rounds, uso dos botões de correr o botão e combos e, apesar dos gráficos em 3D, as lutas são travadas apenas em duas dimensões. Além disso, tem magia, fatality, Sub-Zero e essas coisas de sempre. 

Uma novidade são as armas, que podem equipadas quando se aciona comandos específicos e usadas através dos botões de soco, podendo até ser arremessadas ou simplesmente descartadas (o oponente pode recolher a arma).

O MK4 também adicionou um limite de dano máximo (“Maximum Damage”) para impedir combos infinitos, embora esse limite possa ser removido com um código. Ao contrário do Mortal Kombat Trilogy, que continha vários tipos de finalizadores, o Mortal Kombat 4 tem apenas dois Fatalities por personagem, além de dois Stage Fatalities que podem ser executados em determinadas arenas e envolvem o personagem vencedor jogando seu oponente em uma parte da arena onde eles são mortos.

Exceto pelas versões de consoles domésticos do MK4, onde o Goro não é controlável, todos os chefes são jogáveis, algo que não aconteceu nos três títulos anteriores da série. No total, este game tem 15 personagens jogáveis, incluindo 3 secretos.

Este post ainda está em construção. Publiquei ele antes de terminar porque queria que fosse no mesmo dia do relançamento do Mortal Kombat 4 no GOG. Mas, vai por mim, o gameplay é parecido com o dos jogos anteriores mesmo. Quem era bom nos antigos vai ser bom nesse também (que também é antigo, mas você entendeu).

Curiosidades

  • Algumas fontes citam a data de lançamento do Mortal Kombat 4 como sendo 11 de setembro de 1997, outras a 15 de outubro de 1997, mas o mais provável é: quem sabe?
  • Nos trailers de pré-lançamento, Reptile e Fujin tinham God-O-Mite como um nome em suas barras de vida;
  • Era para a Kitana estar em Mortal Kombat 4. No entanto, sua paleta de cores foi alterada para marrom e acabou sendo a Tanya;
  • Era também para o Noob Saibot sair na versão arcade de Mortal Kombat 4, chegando a aparecer em algumas das versões anteriores do jogo. Infelizmente, o MK4 precisava de mais personagens novos e, portanto, na versão beta 5 (de 2 de setembro de 1997), o lugar de Noob Saibot na tela de seleção de personagens foi ocupado pelo Jarek. O Noob Saibot então saltou o primeiro lançamento oficial, conhecido como Revisão 1, deste game;
  • Noob Saibot também apareceu na primeira versão beta (de 26 de setembro de 1997) do segundo lançamento oficial do jogo. Na segunda versão beta, seu lugar foi ocupado pelo novato Reiko. Infelizmente, esta é a última aparição de Noob Saibot na versão arcade de Mortal Kombat 4;
  • Como Kitana e Noob Saibot, Kano também estava planejado no MK4, no entanto, devido à falta de novos personagens no jogo, deixaram-no fora da lista e colocaram Jarek no lugar dele;
  • Jarek é um lutador que é praticamente igual ao Kano, tendo os mesmos golpes, fatalities etc. Isto acabou gerando reclamações por parte de uns fãs por ele ser um personagem sem nada de original;
  • Apesar deste jogo usar gráficos 3D ao invés de sprites feitos a partir de imagens dos movimentos dos atores, como nos jogos anteriores, nomes Richard Divizio, Carlos Pesina, John Turk e Ed Boon  participaram do Mortal Kombat 4, seja como modelos para capturas dos movimentos e/ou dublagem;
  • Fujin é a divindade do vento no Mortal Kombat 4 e na mitologia japonesa, similar ao Raiden, que seria o deus do trovão, personagem introduzido no primeiro game da série;
  • Apesar de ser o primeiro título com gráficos tridimensionais da série, o MK4 não é o primeiro game 3D da Midway, que lançou antes War Gods (1995), pelo menos;
  • Ed Boon, co-criador da série, achou difícil liderar a equipe de desenvolvimento de Mortal Kombat 4 devido ao tamanho da equipe, a qual estava com o dobro de integrantes do que tinha no primeiro jogo, sendo que era o único programador. Daí, Todd Allen e Mike Boon (irmão mais novo do Ed) entraram como programadores;
  • Teve um álbum com a trilha sonora deste jogo (Mortal Kombat Musik: MK3 & MK4 Arcade Videogame Original Soundtrack) lançado em edição limitada por Midway / Toasty em primeiro de janeiro de 1997;
  • Os ports para Nintendo 64, Windows, e PlayStation foram feitos pela Eurocom, enquanto a Digital Eclipse que mandou o Mortal Kombat 4 de Game Boy Color;

Screenshots

Sobre o download

O download que temos aqui do Mortal Kombat 4 é o do GOG e é pago, mas ele já vem pronto pra rodar, é baratinho (cerca de US$ 2,85 atualmente) e pronto para jogar no seu Windows mais moderno. Vale a pena só pra ter menos dor de cabeça.

Requerimentos mínimos em sistema

  • Sistema operacional: Windows 7/8/10;
  • Processador: 1.8 GHz;
  • Memória: 512 MB RAM;
  • Placa de vídeo: compatível com DirectX 7 (placa compatível com DirectX 9 recomendada);
  • Note que o Mortal Kombat 4 não é compatível com placa de vídeo integrada;
  • Armazenamento: 2 GB de espaço disponível.

Mais Mortal Kombat

site ou autor do arquivo Midway tamanho do arquivo 395 MB licencaR$ 2,85 sistemas operacionais compativeisWindows 7/8/10 download link Download

Observação: se você gostou deste post ou ele lhe foi útil de alguma forma, por favor considere apoiar financeiramente a Gaming Room. Fico feliz só de ajudar, mas a contribuição do visitante é muito importante para que este site continua existindo e para que eu possa continuar provendo este tipo de conteúdo e melhorar cada vez mais. Clique aqui e saiba como. Obrigado!

Deixe um comentário

Inscreva-se na nossa newsletter!