A Plague Tale: Innocence

A Plague Tale: Innocence é um survival horror em terceira pessoa de 2019 que segue dois irmãos em jornada através de uma Europa devastada pela Peste Negra, cercados por enxames de ratos e caçados por uma Inquisição fictícia.

5 de agosto de 2021

A Plague Tale: Innocence é um action-adventure estilo survival horror com elementos de stealth e perspectiva em terceira pessoa onde dois irmãos, um deles amaldiçoado, tentam sobreviver numa Europa devastada pela Peste Negra. Foi desenvolvido pela Asobo Studio e lançado originalmente em 14 de maio de 2019.

Publicado pela Focus Home Interactive e disponibilizado para Windows, PlayStation 4, Xbox One, Luna, Switch, PlayStation 5 e Xbox Series X/S, o jogo foi geralmente bem recebido pela crítica, inclusive sendo indicado a vários prêmios e ganhando alguns deles. Além disso, A Plague Tale: Innocence conta com, pelo menos até o momento, dezenas de milhares de análises muito positivas nas lojas do GOG e Steam.

Uma sequência direta, A Plague Tale: Requiem, tem data de lançamento em 2022 para Windows, Switch, PS5 e Xbox Series X/S.

Vídeos

Acima, temos o trailer oficial de lançamento do A Plague Tale: Innocence.

Temos também o trailer 4K UHD para PS5 e Xbox Series X e versão em nuvem no Nintendo Switch.

Apresentação

Acompanhe a soturna história da jovem Amicia e seu irmãozinho Hugo em uma angustiante jornada pelas horas mais sombrias da história. Caçados por soldados da Inquisição e cercados por enxames inexoráveis de ratos, Amicia e Hugo terão que aprender a confiar um no outro. Eles precisarão sobreviver ante as intempéries e buscar um propósito em um mundo brutal e inclemente.

Sinopse

1349. A praga devasta o Reino da França. Amicia e seu irmãozinho Hugo são perseguidos pela Inquisição por vilarejos devastados pela doença. Durante a jornada, eles terão que se juntar a outras crianças e escapar de hordas de ratos usando fogo e luz. Podendo contar apenas com o vínculo que une seus destinos, eles enfrentarão horrores indescritíveis enquanto lutam para sobreviver.

A aventura deles se inicia… quando a época da inocência finda.

Gameplay

Em A Plague Tale: Innocence, o jogador assume o controle de Amicia de Rune em perspectiva de terceira pessoa. Na maior parte, precisa-se de furtividade para evitar inimigos, que estes matarão Amicia instantaneamente se a pegarem. Ela está equipada com uma funda que pode lançar pedras para quebrar correntes, criar distrações ou atordoar os guardas por tempo suficiente para os ratos emboscá-los. Ela também pode matar inimigos com head shots se suas cabeças estiverem desprotegidas.

A funda também tem a capacidade de lançar uma variedade de substâncias alquímicas caseiras, algumas das quais podem iniciar incêndios, apagar fogo ou atrair ratos para um determinado local. Amicia pode criar munição e suprimentos especiais, que incluem pedras de enxofre que acendem braseiros, bombas fedorentas que atraem ratos ou supressores de fogo para apagar tochas carregadas por inimigos.

Uma partida consiste em uma série de quebra-cabeças de sobrevivência, que consistem principalmente em usar métodos específicos para assustar ou distrair as hordas de ratos famintos a fim de obter acesso a novas áreas ou direcioná-los aos inimigos. O principal método de afastar ratos é o fogo, já que eles raramente entram no raio de tochas e braseiros acesos.

O irmão mais novo de Amicia, Hugo, pode ser direcionado para tarefas específicas quando ela está ocupada. Ele também pode acessar certas áreas que ela não pode. No entanto, isso é arriscado, pois Hugo entrará em pânico se for deixado sozinho e pode atrair atenção indesejada. Mais tarde numa partida, o jogador pode assumir o controle de Hugo, que não pode criar itens, mas pode controlar ratos e se esgueirar por pequenos espaços.

História (com spoilers)

No final de 1348, Amicia de Rune é uma jovem de ascendência nobre que vive com sua família na Aquitânia, região invadida pelo Exército Inglês durante a Guerra dos Cem Anos. Seu irmão mais novo, Hugo, está doente desde o nascimento; sua mãe, Beatrice, uma alquimista, o trancou na propriedade da família por anos enquanto tentava inventar uma cura. Enquanto caçava com seu pai Robert na floresta, Amicia encontra sinais de praga, e seu cachorro Leão é terrivelmente consumido por uma entidade invisível.

As tropas da Inquisição francesa (inquisição com tropas kkkk), lideradas pelo cavaleiro negro Lord Nicholas, chegam à propriedade de Rune em busca de Hugo, executando Robert e massacrando os servos da família. Beatrice ajuda seus filhos a escapar e instrui Amicia a levar Hugo a um médico chamado Laurentius, antes que seja aparentemente morta por Nicholas. As crianças fogem para uma aldeia próxima, onde descobrem que hordas de ratos famintos qje espalham a peste negra (conhecida como a mordida) e devoram tudo que encontram.

Fugindo de aldeões hostis – que culpam Hugo pela praga e tentam matá-lo – e soldados da Inquisição, Amicia e Hugo chegam à fazenda de Laurentius e o encontram moribundo após ser mordido por um rato. Laurentius implora a Amicia para terminar o trabalho de sua mãe segundos antes que a fazenda seja invadida por ratos.

Os irmãos fogem com o aprendiz de Laurentius, Lucas, em busca do escondido Chateau d’Ombrage, que pertenceu à família de Rune. Enquanto cruzam um campo de batalha ocupado por soldados ingleses, Lucas explica que o sangue de Hugo carrega um mal sobrenatural chamado Prima Macula, que permaneceu adormecido em certas linhagens nobres desde a Peste de Justiniano. Beatrice e Laurentius estavam tentando encontrar um elixir que mitigasse os sintomas de Hugo, enquanto Vitalis Benevent, o Grande Inquisidor da França, busca controlar o poder de Hugo para que a Inquisição possa governar a França. Hugo e Amicia são brevemente capturados pelos ingleses, mas escapam com a ajuda dos irmãos ladrões Melie e Arthur, quem é capturado enquanto os outros escapam para o Chateau d’Ombrage.

Lucas precisa de um livro proibido chamado Sanguinis Itinera para completar um elixir que pode ajudar Hugo. Amicia se infiltra em uma universidade fechada perto do Bastião de Vitalis (a catedral que abriga a sede da Inquisição) para recuperar o livro, enquanto Melie resgata seu irmão. Amicia recupera o livro e conhece um jovem ferreiro chamado Rodric, que a ajuda a escapar. Arthur revela que Beatrice de Rune ainda está viva e sob custódia da Inquisição. Amicia insiste para que não digam a Hugo, mas ele ouve a conversa e seu estado se deteriora.

Amicia e Lucas voltam para a propriedade de Rune, procurando a pesquisa de Beatrice. Em um laboratório oculto, escondido em antigas ruínas romanas, eles completam o elixir e o administram a Hugo para aliviar seus sintomas. Furioso com sua irmã por não lhe contar a verdade, Hugo foge e se junta à Inquisição para encontrar Beatriz. Vitalis injeta-se com o sangue de Hugo para que possa possuir o poder da Macula, mas, devido ao elixir de Lucas, é incapaz de atingir plenamente os poderes de Hugo.

Hugo foge e encontra Beatrice. Antes de sua recaptura, ela revela que a Macula lhe dá o poder de controlar os ratos. Vitalis ameaça a vida de Beatrice para forçar os poderes de Hugo a despertar totalmente. Chateau d’Ombrage é então atacado por um enxame de ratos guiados por Hugo, ainda com raiva de Amicia. Nicholas, que o acompanhava, mata Arthur e ordena que Hugo mate Amicia, mas ela convence seu irmão a rejeitar a Inquisição, e trabalham juntos para lutar contra Nicholas até que os ratos o consumam.

Com o Chateau não mais seguro, as crianças decidem enfrentar Vitalis. Enquanto lutam para chegar ao Bastião, Rodric se sacrifica para proteger Hugo e Amicia. Vitalis aguarda sua chegada, tendo criado milhares de ratos brancos que só ele pode controlar. Vitalis e Hugo usam seus poderes para enviar hordas de ratos um contra o outro, até que Amicia golpeia o primeiro na cabeça com uma pedra e o mata. Três dias depois, os ratos e a praga desapareceram e a vida começa a voltar ao normal, embora muitos continuem desconfiados de Hugo e de seu poder, incluindo Melie, que se separa do grupo. Amicia, Hugo, Lucas e uma Beatrice doente partem em busca de um novo lar.

DLCs e expansões

O Coat of Arms é um DLC disponível para todas as três plataformas e vem junto com a versão de pré-venda do jogo. Adiciona três skins alternativas para as roupas e brasões de Amicia e Hugo, tudo de natureza cosmética.

Curiosidades

  • A Plague Tale: Innocence foi lançado para Windows, PlayStation 4 e Xbox One em maio de 2019, enquanto os ports para PlayStation 5 e Xbox Series X/S foram lançados em julho de 2021, juntamente com uma edição baseada em nuvem para o Switch.
  • O título foi o nono jogo mais vendido no varejo no Reino Unido em sua semana de lançamento.
  • Em julho de 2020, a publisher Focus Home declarou que o game vendeu mais de 1 milhão de cópias.

Screenshots

Sobre o download

O A Plague Tale: Innocence é um jogo normalmente pago que pode ser obtido para PC nas lojas do GOG, Epic e Steam. A versão do game que temos disponível para download aqui é a do GOG, a qual vem sem DRM (não precisa ficar online para jogar etc.) e com garantia de 30 dias de satisfação ou seu dinheiro de volta. Na página oficial do game, deve-se encontrar links para outras plataformas.

Idiomas

  • Áudio: inglês, francês e alemão.
  • Texto: inglês, francês, alemão, italiano, tcheco, espanhol (Espanha), japonês, chinês simplificado, chinês tradicional, polonês, português, espanhol (América Latina), coreano e russo.

Requerimentos em sistema

Mais informações e survival horror

site ou autor do arquivo Asobo Studio tamanho do arquivo 36,2 GB licencaComercial sistemas operacionais compativeisWindows 7/8/10 (64-bit) download link Download

Observação: se você gostou deste post ou ele lhe foi útil de alguma forma, por favor considere apoiar financeiramente a Gaming Room. Fico feliz só de ajudar, mas a contribuição do visitante é muito importante para que este site continua existindo e para que eu possa continuar provendo este tipo de conteúdo e melhorar cada vez mais. Clique aqui e saiba como. Obrigado!

Deixe um comentário

Inscreva-se na nossa newsletter!