Idoso falsamente acusado bate recorde de inscritos em seu canal do YouTube

Idoso falsamente acusado pela turma do lacre bate recorde de mais inscritos num só dia em seu canal do YouTube, recorde que era previamente do PewDiePie.

7 de fevereiro de 2019

Idoso falsamente acusado pela turma do lacre bate recorde de mais inscritos num só dia em seu canal do YouTube, recorde que era previamente do PewDiePie, o maior youtuber do mundo na atualidade.

Nilson Izaías Papinho, conhecido também como Vovô do Slime, é um senhor aposentado de 72 anos criou um canal para fazer amigos, pois se sentia muito sozinho e tal. Um belo dia, começaram a forçar o canal dele, compartilhando os seus vídeos com palavras carinhosas e tal, mas isto só durou até suspeitarem que ele era eleitor de Jair Bolsonaro. Daí, não demorou a aparecerem perfis fakes acusando-o de pedofilia, numa clara tentativa de assassinato de reputações. Parece que até um youtuber boçal aí também entrou na onda, publicando tweets irresponsáveis que incentivaram uma onda de vídeos acusando o velho.

Entretanto, isto só serviu para impulsionar o canal do velhinho, que, em 4 dias, pulou da casa dos 1 mil inscritos para mais de 2 milhões. Enfim, este foi o assunto que tratamos na 44 edição das nossas Notícias do Facínora, que inclusive contou com a participação do Emerald, do canal Monk’s, o nosso grande apoiador:

No vídeo, falamos e comentamos o caso e ressaltamos algumas lições importantes que devemos tirar disto tudo: a primeira é não ter mentalidade de gado [2]. É fácil a pessoa entrar na hype e na histeria da turba enfurecida e sair atacando os outros sem ter certeza de que são culpadas, e isso não é nem perto de bom. Aliás, mesmo que quem embarca nessa o faça para sinalizar virtudes, de virtuoso isso não tem nada: é coisa de gente Maria vai com as outras e injustas, portanto cretinas e más. Objetivamente.

A segunda é que não existe publicidade ruim. Se você não gosta de alguma pessoa, evite falar nela, se não vai acabar promovendo-a. Para entender, veja abaixo o crescimento espetacular do canal do sr. Nilson, que inclusive bateu o recorde do PewDiePie três vezes:

Além disso, o Pyong Lee (que também ajudou o Careca TV) auxiliou o aposentado a monetizar o seu canal. Ele afirmou em um de seus vídeos que sofria de várias doenças e faltava dinheiro para comprar os remédios. Agora, certamente o Sr. Nilson resolveu seus problemas financeiros.

Portanto, além de ser uma atitude digna de sociopatas atacar injustamente um senhor debilitado, acusando-o falsamente de algo que pode lhe custar muito (inclusive a vida) ainda é coisa de gente limítrofe, de QI 70. Em outras palavras, a pessoa que iniciou esta polêmica por motivos fúteis impulsionou extraordinariamente o canal do seu desafeto ao invés de prejudicá-lo.

Pra deixar ainda mais curioso (na falta de uma palavra melhor), segundo este artigo do site Teleguiado, a feminista responsável por esta presepada parece não sentir o menor remorso de fazer esta maldade e confessou que foi por acreditar que Nilson votou no político que ela não gosta. Com o backlash que sofreu, ela deletou o tweet com a acusação ao idoso e trancou o perfil. Ouvi falar também que vai ter repercussões judiciais.

O sr. Nilson tentou esclarecer a celeuma num vídeo, que acabou desaparecendo.

Quem fez um vídeo muito bom sobre o caso foi o Izzy Nobre (e ele também foi acusado falsamente por uns dementes de ter atacado também o véio em um vídeo anterior). Nós comentamos sobre isto também no Notícias do Facínora 44:

No fim das contas, deu tudo certo. A internet acabou fazendo a justiça que o estado jamais conseguiria fazer, mas poderia ter acontecido algo muito trágico. Não vamos dar sorte pro azar e usar a cabeça antes de pagar de mongolão online, okay? Obrigado.

Fontes e veja mais

Observação: se você gostou deste post ou ele lhe foi útil de alguma forma, por favor considere apoiar financeiramente a Gaming Room. Fico feliz só de ajudar, mas a contribuição do visitante é muito importante para que este site continua existindo e para que eu possa continuar provendo este tipo de conteúdo e melhorar cada vez mais. Clique aqui e saiba como. Obrigado!

Deixe um comentário

Inscreva-se na nossa newsletter!