Defenestrando Jogos – Phelios de fliperama até o fim

Vídeo do canal Defenestrando Jogos, da série Fliperama Nostálgico, onde temos o Celso jogando até o fim a versão de arcade de Phelios, o shoot 'em up de 1989 da Namco. Com comentários e informações. [Acesse a descrição completa]

Newsletter:

Descrição completa

Neste vídeo do canal Defenestrando Jogos, parte da sua série Fliperama Nostálgico, temos o Celso jogando, apresentando e comentando o Phelios em sua versão original, a de arcade, até o seu fim na dificuldade Easy.

Pra quem não conhece, Phelios é um shoot ’em up que apresenta rolagem vertical desenvolvido pela Namco e lançado primeiramente em 1989. Neste jogo de tiro, você é Apolo, quem, montado em seu cavalo alado Pegasus, parte para resgatar sua amante, Artemis, a deusa da lua. Sua versão de Mega, aliás, é uma das grandes referências do gênero neste console.

Phelios tem enredo apenas vagamente baseado na mitologia grega, Nesta, Apolo é o deus do sol e irmão de Artemis, a deusa da caça que se orgulhava de nunca precisar de nenhum homem. Sua versão arcade nunca foi lançada oficialmente nos EUA, devido às cenas de Artemis em “bondage/tortura”, que são exibidas entre cada etapa e eram semelhantes aos do jogo Rolling Thunder 2, também da Namco. Nenhuma nudez é mostrada, entretanto, nas os censores achavam um essas as cenas ainda eram um tanto “forte” para ser mostrado em um jogo de arcade durante a era 16-bit.

Enfim, este vídeo foi publicado originalmente apenas para os apoiadores do Defenestrando Jogos, mas foi liberado para o publico em 8 de outubro de 2019. É bem descontraído, mas sem deixar de ser informativo e exibir bem a jogatina do título, como é de costume neste canals. Claro, dá pra tirar umas dicas também, ainda mais que o Celso sempre lança uma enquanto está jogando.

Mas diga aí o que você achou do vídeo ou do Phelios aí nos comentários.

Abraços!

Mais playthroughs


Vídeo adicionado em: 15 de novembro de 2023

Categoria(s): Vídeos

Tags: , ,

Canal(is): Defenestrando Jogos

Acessado: 65 vezes.

Duração: 31:38

Deixe um comentário