The Vanishing of Ethan Carter

The Vanishing of Ethan Carter é um adventure de terror de 2014 com perspectiva em primeira pessoa onde um detetive com mentalidade ocultista investiga um misterioso assassinato e o desaparecimento de uma criança.

19 de dezembro de 2021

The Vanishing of Ethan Carter é um adventure independente de terror open world em primeira pessoa que foca na exploração e conta com elementos de stealth. Foi desenvolvido pelos polacos do The Astronauts e lançado originalmente em 26 de setembro de 2014.

Publicado pela própria The Astronauts e disponibilizado para Windows, Switch, PlayStation 4 e Xbox One, o The Vanishing of Ethan Carter foi geralmente bem recebido pela crítica especializada e pelo mercado. Além disso, conta com milhares de análises muito positivas no Steam e avaliação de 4.1/5 no GOG, pelo menos até o momento.

Vídeos

Acima, temos o trailer Gamescom 2014 do The Vanishing of Ethan Carter.

Temos também um vídeo de gameplay comentado (em inglês) do game.

Sinopse

Paul Prospero, um detetive com mentalidade ocultista, recebe uma preocupante carta de Ethan Carter. Percebendo que o menino está correndo um enorme perigo, Paul chega à casa de Ethan em Red Creek Valley, onde as coisas acabam se mostrando ainda piores do que ele imaginava. Ethan desaparece logo após um brutal assassinato e Paul percebe rapidamente que este pode não ser o único assassinato ocorrido no local que vale a pena investigar.

Gameplay

The Vanishing of Ethan Carter é ambientado em um ambiente de mundo aberto que pode ser explorado à vontade. Logo na sua abertura, o game observa que “não segura a mão [do jogador]” e, como tal, apresenta muito pouco como explicação para a mecânica.

Para juntar as peças da história, o jogador deve resolver as mortes da família Carter. Ao encontrar um corpo morto, se pode usar habilidades paranormais para recriar os eventos: primeiro, ele deve sentir onde os objetos importantes estão localizados e restaurar a cena ao seu estado original, e então remontar a linha do tempo de eventos ligados a uma morte certa.

O game também apresenta “histórias” adicionais que devem ser totalmente descobertas para obter o seu final definitivo. Algumas delas são quebra-cabeças, outras são mais parecidas com um jogo furtivo que dá game over se falhar.

Apresentação

The Vanishing of Ethan Carter é uma aventura de mistério em primeira pessoa centrada em explorações e descobertas. Como o detetive de mentalidade ocultista Paul Prospero, reconstitua a verdade por trás do desaparecimento de Ethan e o destino de sua família.

Inspirado pela estranha ficção (e outros contos macabros) do início do século XX, The Vanishing of Ethan Carter pretende expandir significativamente a narrativa envolvente dentro dos jogos. Embora conte com um detetive particular e alguns desafios mentais, The Vanishing of Ethan Carter não é exatamente um jogo cheio de quebra-cabeças. Nosso foco está na atmosfera, no astral e na humanidade essencial de nossos personagens.

Mesmo assim, as descobertas não vão acontecer sozinhas ou sem a sua ajuda. Usando tanto o dom sobrenatural de Paul de falar com os mortos, quanto seus próprios poderes de observação, você descobrirá o mistério por trás de uma trilha de cadáveres, as raízes de uma força ancestral e sombria à espreita em Red Creek Valley e o destino de um menino desaparecido.

Destaques

  • Explore e interaja com o lindo, porém sinistro mundo de Red Creek Valley, criado com a revolucionária tecnologia de fotogrametria.
  • Comunique-se com os mortos e veja como eles morreram para reunir pistas que o ajudem a reconstituir a verdade.
  • Experimente, de forma não linear, uma história que reúne os prazeres do conto pulp, um detetive particular e a ficção de terror.
  • Conduza a investigação em seus próprios termos e em seu próprio ritmo. O jogo não tem nenhum tipo de combate e algumas de suas partes mais assustadoras têm menos a ver com o terror e mais a ver com uma pegajosa inquietação.

Enredo (com spoilers)

Em 1973, o investigador paranormal Paul Prospero recebe uma carta de um fã, Ethan Carter, de 12 anos, inspirando-o a viajar para a cidade natal de Ethan, Red Creek Valley, Wisconsin. Ao chegar, ele descobre que Ethan está desaparecido e começa a encontrar fenômenos paranormais perturbadores, bem como evidências de violência recente na pequena vila de mineração.

Conforme sua investigação avança, Prospero descobre o segredo sombrio da família Carter: Ethan havia libertado um espírito malévolo conhecido como Sleeper através da bruxaria, ameaçando suas vidas. Quando seu tio Chad e sua mãe Missy tentaram sacrificá-lo para apaziguar o Sleeper, Ethan escapou com a ajuda de seu pai Dale. Missy então matou Chad quando ele atacou Dale, quem mais tarde matou Missy. Dale então cometeu suicídio em um esforço para não ser possuído pelo Sleeper como o irmão mais velho de Ethan, Travis, agora era.

Travis se vira contra Ethan, forçando seu avô Ed a matar Travis. Ethan e Ed tentam destruir as câmaras do Sleeper, mas Ed prende Ethan dentro da câmara e espera morrer do lado de fora enquanto Ethan ateia fogo. Próspero encontra Ethan, mas ele desaparece de repente depois que ambos percebem que o detetive chegou muito tarde.

Se Prospero descobrir todas as histórias de Ethan ao redor do mundo, usando então um mural elaborado criado por Ethan, Prospero descobre que ele é na verdade uma invenção da imaginação de Ethan. O culto do Sleeper foi uma invenção, assim como as mortes dos membros da família durante a investigação de Próspero. Ethan construiu um santuário dentro de uma mansão na cidade para escapar de sua família, principalmente de sua mãe autoritária e de irmão e tio abusivos.

Quando sua mãe acidentalmente incendeia a mansão, prendendo Ethan no quarto sem nenhuma maneira de salvar a si mesmo, ele conjura Próspero para fornecer conforto enquanto ele é consumido pela fumaça ao encenar uma série fictícia de eventos. Tendo cumprido seu propósito, Próspero diz a Ethan para deixá-lo ir, e que uma nova história o aguarda antes que ambos desapareçam do mundo.

Curiosidades

  • O The Vanishing of Ethan Carter foi desenvolvido originalmente sobre o Unreal Engine 3.
  • Este game foi portado para Unreal Engine 4 e lançado para o PlayStation 4 em 15 de julho de 2015. Este port foi lançado para PC em 11 de setembro de 2015, sob o título Vanishing of Ethan Carter Redux. Além do novo engine, esta edição revisada inclui um novo sistema de salvamento e elimina o backtracking desde a sequência final do jogo.
  • The Vanishing of Ethan Carter recebeu o Prêmio de Melhor Inovação em Jogo no British Academy Games Awards (BAFTA) de 2015.
  • O jogo foi desenvolvido por três ex-funcionários da People Can Fly, que já haviam trabalhado em FPS com a empresa. A equipe estava interessada em entrar em jogos com mais história e quase lançaram Come Midnight como uma colaboração com a THQ, embora isto tenha sido cancelado. Ao formar sua própria empresa, The Astronauts, a equipe teve a liberdade de que precisava para trabalhar como queria.
  • Desde o início, o jogo sempre foi focado no terror. Ao dissecar o gênero, o designer principal Adrian Chmielarz descobriu o gênero de weird fiction e se inspirou em “An Occurrence at Owl Creek Bridge”, um conto de 1890 da Guerra Civil Americana. Embora tenha declarado que tinha a ideia básica em mente antes de lê-la, a história ajudou a solidificar o conceito na mente de Chmielarz.
  • Sentindo que as ambientações dos jogos em geral eram inerentemente “um pouco artificiais”, a equipe foi inspirada para criar um mundo de sentimento mais natural. O cenário em particular se inspira nas montanhas polonesas de Karkonosze. Chmielarz descreveu o jogo como “gravado” ali. A equipe usou tecnologia de fotogrametria para criar o ambiente do jogo e torná-lo parecido com uma cordilheira. Realmente interessante.

Screenshots

Sobre o download

O The Vanishing of Ethan Carter é um jogo normalmente pago que pode ser obtido para PC (Windows) nas lojas do GOG, Epic e Steam. A versão que temos download aqui é a do GOG, que sem DRM (dá pra jogar offline etc). Na página oficial do jogo, encontram-se links para outras plataformas.

Idiomas

  • Áudio: inglês e polonês.
  • Interface: inglês, francês, alemão, italiano, espanhol (Espanha) e polonês.

Requerimentos em sistema

Veja também

autor, site, canal ou publisher The Astronauts tamanho 5,1 GB licençaComercial sistemas operacionais compativeisWindows XP (SP3)/Vista/7/8/10 download link Download

Observação: se você gostou deste post ou ele lhe foi útil de alguma forma, por favor considere apoiar financeiramente a Gaming Room. Fico feliz só de ajudar, mas a contribuição do visitante é muito importante para que este site continua existindo e para que eu possa continuar provendo este tipo de conteúdo e melhorar cada vez mais. Clique aqui e saiba como. Obrigado!

Deixe um comentário

Inscreva-se na nossa newsletter!