Borderlands 3

Borderlands 3 é um action-RPG e FPS shoot and loot de 2019 onde os jogadores escolhem uma de quatro classes disponíveis, assumem várias missões e evoluem seus personagens.

19 de maio de 2022

Borderlands 3 é um jogo que combina action-RPG e tiro em primeira pessoa, a sequência de Borderlands 2 (2012) e o quarto título principal de sua série. Foi desenvolvido pela Gearbox Software e lançado originalmente em 13 de setembro de 2019.

Publicado pela 2K Games e disponibilizado para Windows, PlayStation 4, Xbox One, Mac OS X, PlayStation 5 e Stadia, o Borderlands 3 foi geralmente bem recebido pela crítica, sendo indicado a vários prêmios e ganhando alguns deles. No Steam, pelo menos até o momento, conta com dezenas de milhares de análises muito positivas.
Em Borderlands 3, os jogadores completam quests e missões secundárias num cenário de faroeste espacial, tanto no single player como no multiplayer local (via split screen) e multiplayer online.

Vídeos

Acima, temos o trailer oficial da E3 do Borderlands 3.

Já o vídeo anterior é o trailer de anúncio do game.

Apresentação

O jogo original de shoot and loot voltou, trazendo zilhões de armas e uma nova aventura movida a caos! Exploda inimigos inéditos em mundos inéditos como um dos quatro Caça-Arcas novos, os caçadores de tesouros mais extraordinários das Fronteiras, com árvores de talentos, habilidades e personalização robustas. Jogue sozinho ou junte-se a amigos para enfrentar inimigos insanos, obter espólios até não poder mais e salvar seu lar dos líderes de seita mais brutais da galáxia.

Gameplay

O Borderlands 3 é um FPS com RPG e foco no loot onde os jogadores escolhem um personagem de uma das quatro classes disponíveis e assumem várias missões dadas por ​NPCs e quadros de recompensas para ganhar experiência, gold e itens, sendo que os últimos podem ser ganhos derrotando inimigos ao longo do jogo.

À medida em que se ganha nível, o jogador ganha pontos de habilidade para alocar em uma árvore. O jogo apresenta quatro novos personagens jogáveis: Amara, uma “Siren” que invoca punhos etéreos; Moze, uma jovem “Gunner” que monta o mecha Urso de Ferro; Zane, um “Operative” com uma variedade de engenhocas; e FL4K, um robô “Beastmaster” que convoca criaturas para ajudar nas batalhas.

Ao contrário dos Borderlands anteriores, onde cada personagem tinha apenas uma habilidade única que opera em um cooldown, agora se pode desbloquear três habilidades únicas, embora apenas uma (ou no caso de Zane, duas) possa ser equipada por vez, expandindo bastante o número de possíveis builds que podem ser feitas.

Este game compartilha o mesmo loop principal com seus predecessores sobre assumir missões, derrotar inimigos e obter loots de inimigos caídos ou baús especiais, na maioria das vezes na forma de armamento gerado processualmente que variam em dano, alcance, capacidade de munição e outras especiais vantagens, dando ao jogo “mais de um bilhão de armas”. As vantagens podem incluir efeitos elementais, como danificar os inimigos com fogo, gelo ou eletricidade, ou podem possuir um modo de ataque alternativo (altfire) e diferenças visuais.

Em Borderlands 2, algumas armas possuíam uma “slag” elemental, o que que revestia o inimigo por um curto período e o tornava extremamente vulnerável a um ataque de um elemento diferente. Já aqui, as armas de slag foram substituídas por radiação; o revestimento e a vulnerabilidade subsequente permanecem os mesmos da slag, mas o dano de radiação também atingira os inimigos ao longo do tempo e pode potencialmente se espalhar para outros.

A fabricação das armas ambém desempenha um papel maior no tipo de vantagens que um armamento pode ter. As armas Tediore podem ser atiradas quando vazias e criar efeitos adicionais, as Atlas têm balas de rastreamento para caçar inimigos em cobertura, e as Hyperion podem ter escudos que absorvem danos e usam isso para outros fins, como cura, além de ter um mecanismo de recuo reverso. Outros itens gerados aleatoriamente incluem modificadores de classe, modificadores de granada, kits de escudo e relíquias.

Ao jogar com outras pessoas, o loot de Borderlands 3 pode ser gerado por servidor, o que significa que os jogadores devem dividir o saque, mas agora eles também podem um esquema para que todos ganhem o mesmo loot, dimensionado para seu nível de personagem. Esta opção também existe para os inimigos: por padrão, estes só escalam com o nível do personagem do jogador que está operando o servidor, mas, quando ativado, cada jogador vê inimigos que correspondem aos seus níveis individuais.

Além das habilidades e armas, os personagens têm novas manobras e habilidades de combate, como agachamento influenciado pela mecânica de Titanfall e Apex Legends, e a capacidade de escalar alturas curtas. Jogadores e inimigos podem se esconder atrás de barreiras curtas, sendo que estas podem ser destruídas após um ataque contínuo.

Enquanto a partida começa no planeta Pandora, o jogador logo no início ganha acesso a uma nave espacial, Sanctuary III, que serve como um hub central entre as missões e é usada para definir destinos para novos planetas onde possíveis Vaults foram identificados. A bordo dao Sanctuary III, os jogadores podem gerenciar seu inventário, recuperar armas que deixaram em campo, refazer sua árvore de habilidades, comprar novos armamentos e upgrades e assumir missões opcionais.

O Borderlands 3 tem (ou tinha) integração com streams do Twitch, onde os espectadores podem explorar o inventário e a árvore de habilidades do streamer, e baús especiais no jogo oferecem a oportunidade para os espectadores receberem a mesma arma/item que o stream encontra por meio de um Shift Code que eles podem inserir em sua própria partida, tudo dimensionado adequadamente para seus níveis de personagens.

O diretor criativo da Gearbox, Paul Sage, estimou que os jogadores passarão cerca de 35 horas na linha de missões principal junto com algumas missões secundárias. O True Vault Hunter Mode, um tipo de New Game Plus, permite que jogar novamente a campanha depois de terminá-la com seu personagem de nível superior, lutando contra inimigos mais difíceis por maiores recompensas. O sistema Badass Rank de Borderlands 2 foi substituído por um sistema Guardian Rank, que, ao terminar desafios menores, permite que os jogadores ganhem buffs que persistem em todos os seus personagens.

O Borderlands 3 inclui novos desafios pós-jogo:

  • Os “Circles of Slaughter” encontrados em vários planetas fazem com que os jogadores tentem lutar contra ondas difíceis de inimigos por uma maior qualidade de loot. Enquanto jogadores abatidos podem ser revividos por companheiros de equipe, se todos morrerem, a partida termina e quaisquer recompensas potenciais são perdidas.
  • “Proving Grounds” é um tipo de raid que deve ser descoberto primeiro encontrando marcas ocultas nos mundos. Uma vez descobertos, os jogadores tentam derrotar todos os inimigos em três áreas em 30 minutos para completar o desafio e ganhar suas recompensas.
  • Um outro “Modo Caos” randomiza vários elementos da campanha para aumentar ainda mais o desafio para o jogador.

Enredo

Ambientação e personagens

Como parte de sua série, Borderlands 3 é centrado no planeta Pandora, onde há muitos rumores de conter Vaults (Arcas) contendo grandes quantidades de tesouros e tecnologia, deixados para trás por uma misteriosa civilização alienígena conhecida como Eridians. Nas décadas anteriores, várias corporações sitiaram Pandora para tentar encontrar os Vaults, mas o constante conflito e derramamento de sangue deixaram o planeta e sua população devastados e enlouquecidos. No entanto, ainda existem aqueles que procuram independentemente pelos Vaults, conhecidos como Vault Hunters (Caça-Arcas), que são os personagens dos jogadores.

Os eventos se passam sete anos após a morte de Handsome Jack em Borderlands 2 e a destruição da Estação Hyperion Helios em Tales from the Borderlands. Em Borderlands 2, descobriu-se que existem vários outros Vaults em outros planetas da galáxia. No vácuo de poder deixado pela derrota de Jack, os irmãos gêmeos Troy e Tyreen Calypso formam os Children of the Vault (COV), uma violenta seita formado a partir dos remanescentes das muitas facções de bandidos do planeta, para obter a posse dos outros Vaults, especificamente um chamado ‘Great Vault’. Lilith, membro de uma raça de mulheres com poderes alienígenas chamada ‘Sirens’ e atual líder dos Crimson Raiders, uma força de resistência criada para proteger Pandora, recruta novos Vault Hunters para ajudar a impedir os Calypsos.

Vários personagens dos Borderlands anteriores retornam. Os caçadores de arcas anteriormente jogáveis Lilith, Claptrap, Zer0, Maya, Brick e Mordecai aparecem como NPCs. Aurelia, irmã de Sir Hammerlock e uma das Caça-Arcas jogáveis em Borderlands: The Pre-Sequel, também aparece como chefe. Os NPCs que retornam incluem o vendedor de armas Marcus Kincaid, a especialista em explosivos Tiny Tina (agora apenas Tina), a empresária Miss Mad Moxxi e sua filha mecânica Ellie, o caçador de ciborgues Sir Alistair Hammerlock, a arqueóloga Patricia Tannis, o fabricante de armas Mr. Conde Louco. Rhys Strongfork, um dos dois protagonistas jogáveis em Tales from the Borderlands, e seu melhor amigo Vaughn também aparecem. Vault Hunters jogáveis de títulos anteriores, incluindo Timothy Lawrence de The Pre-Sequel e Gaige, Krieg, Axton e Salvador de Borderlands 2, são apresentados como NPCs nas campanhas e modos de DLC do jogo.

Sinopse (com spoilers)

Atendendo a uma chamada de recrutamento dos Crimson Raiders, uma equipe de Vault Hunters (Amara, Moze, Zane e FL4K) chega em Pandora e encontra Lilith, que ordena que recuperem um mapa do Vault perdido que os Children of the Vault obtiveram recentemente. Os Vault Hunters encontram o mapa, que os direciona para a cidade-planeta de Promethea, a localização do primeiro Vault descoberto e a sede da corporação Atlas. No entanto, antes que possam partir, são emboscados por Tyreen e Troy, que revelam que ambos são Ninfas (Sirens) por terem sido unidos no nascimento e que Troy precisa dos poderes de Tyreen para sobreviver. Tyreen rouba os poderes de Lilith com suas habilidades de drenagem de vida, então pega o mapa e parte para Promethea com Troy.

Os Vault Hunters e Crimson Raiders levam a nave Sanctuary III para Promethea. Na chegada, encontram o planeta sob ataque da corporação Maliwan e das forças COV, já que o CEO da Maliwan, Katagawa Jr., uniu forças com os Calypso Twins em uma tentativa hostil de aquisição da Atlas, agora propriedade de Rhys. Os Vault Hunters ajudam Rhys a parar o ataque, após o que ele os direciona para o planeta Athenas, onde a Promethean Vault Key é mantida.

Em Athenas, os Vault Hunters ajudam Maya e sua aprendiz Ava a recuperar a Key (Chave), descobrindo que é apenas um terço do artefato. Maya e Ava se juntam aos Crimson Raiders, e os Vault Hunters retornam a Promethea, desativam o canhão laser orbital de Maliwan alimentado pela segunda parte da Key e matam Katawaga Jr. Rhys lhes dá a última parte da Key e a localização do Vault. Dentro, os Vault Hunters derrotam o Rampager, uma fera alienígena mantida lá. Os Gêmeos Calypso chegam, e Tyreen absorve o poder do Rampager, revelando seu plano de absorver o poder dos monstros do Vault em seu caminho para o Great Vault. Ava tenta lutar contra eles, mas é dominado. Maya intervém para salvá-la, mas Troy a mata drenando sua força vital e poderes.

Os Vault Hunters e os Crimson Raiders retornam a Pandora para resgatar Tannis. Durante o resgate, Tannis revela que ela também tem poderes de Ninfa herdados de Angel após sua morte, um fato que ela e Lilith mantiveram em segredo. Tannis avisa que os Gêmeos Calypso estão se preparando para abrir o Great Vault e drenar a energia do monstro dentro dele.

Os Vault Hunters atacam a sede principal do COV, mas são tarde demais para impedir que Troy ative a Chave do Vault, que é a lua inteira de Elpis. Os Vault Hunters lutam e matam Troy, resultando em Ava herdando os poderes de Siren que ele havia roubado de Maya. No entanto, o Great Vault começa a se abrir e Tyreen absorve a energia de Troy antes de escapar. Os Vault Hunters são contatados por Typhon DeLeon, o primeiro Vault Hunter, que avisa que o Great Vault contém um monstro interdimensional chamado Destroyer, que pode consumir todo o universo. Ele convoca os Vault Hunters para o planeta natal perdido de Eridian, Nekrotafeyo.

Em Nekrotafeyo, Typhon explica que o Great Vault não está simplesmente localizado em Pandora, mas na verdade é o próprio planeta inteiro. Os Eridians o criaram para atuar como uma prisão e sacrificaram toda a sua civilização para capturar o Destroyer, mas deixaram para trás a máquina que usaram caso a criatura escapasse.

Enquanto reúnem as quatro chaves do vault necessárias para alimentar o dispositivo, Tyreen revela que Typhon é o pai dela e de Troy. Typhon admite que tentou manter os gêmeos com ele em Nekrotafeyo para protegê-los, mas viram isso como uma prisão, tornando-se amargos e sedentos de poder. Tyreen desativa a máquina antes que possa ser usada e fere mortalmente Typhon antes de fugir para Pandora.

Os Vault Hunters alcançam Tyreen assim que ela se funde com o Destroyer. Eles a derrotam e Lilith recupera seus poderes de Ninfa. No entanto, Elpis ainda ameaça destruir Pandora enquanto continua a abrir o Great Vault. Lilith se sacrifica para desligar Elpis, deixando um sinal flamejante de Firehawk marcado na lua. Durante os créditos, as cenas retratam os Vault Hunters, os Crimson Raiders e seus aliados homenageando e homenageando Lilith e todos olhando para o símbolo Firehawk em Elpis.

Destaques

Segundo o distribuidor, o jogo promete:

  • Uma jornada eletrizante – Impeça que os Gêmeos Calypso unam os clãs de bandidos e controlem o maior poder da galáxia.
  • Preparar, apontar, saquear – Com milhares de armas e dispositivos, toda luta é uma chance de obter itens novos. Armas de fogo com escudos balísticos de autopropulsão? Confere. Rifles que geram vulcões cuspidores de fogo? Claro. Armas que criam pernas e perseguem inimigos enquanto metralham xingamentos? Sim, tem isso também.
  • Novas fronteiras – Desbrave mundos além de Pandora, cada um com novos ambientes para explorar e inimigos para erradicar. Atravesse desertos hostis, abra caminho em cenários urbanos assolados por guerras, avance por pântanos mortais e mais!
  • Ação cooperativa rápida e fácil – Jogue com quem quiser, quando quiser, tanto online ou em tela dividida, seja qual for seu nível e seu progresso nas missões. Vença inimigos e desafios em equipe, mas receba recompensas que são só para você; ninguém fica sem espólios.
  • Gore e violência frequentes.

Seu caça-arcas, seu estilo

Seja um dos quatro incríveis Caça-Arcas, cada um com habilidades, árvores de talentos, estilos de jogo únicos e diversas opções de personalização próprios. Todo Caça-Arcas é capaz de causar o caos sozinho, mas nada pode com eles quando se unem:

  • Moze como a Atiradora: quando Moze precisa de reforços, ela digiconstrói seu mecha (Urso de Ferro) para um golpe de poder de fogo adicional.
  • Amara como a Ninfa: lutadora confiante e competente com a habilidade de invocar punhos etéreos, Amara usa seus poderes de Ninfa para esmagar os inimigos.
  • FL4K como o Domaferas: a vida de FL4K é a caça. E também das feras leais que seguem cada comando de seu mestre. Sua presa favorita? Bandidos desprevenidos, coitados.
  • Zane como o Agente: especializado em equipamentos para o campo de batalha, Zane é muito bom em entrar no combate, criar o caos e sair de fininho como se nunca tivesse estado lá.

DLCs, expansões etc.

A Gearbox planeja lançar conteúdo adicional por meio de DLCs pagas para Borderlands 3, embora não estes não incluam nenhum personagem jogável adicional.

Os quatro pacotes abaixo estaavam disponíveis como o primeiro passe de temporada disponível desde o lançamento do jogo:

  • O primeiro pacote de conteúdo, Moxxi’s Heist of the Handsome Jackpot, foi lançado em 19 de dezembro de 2019 para todas as plataformas, apresentando os jogadores ajudando Moxxi a recuperar um cassino que Handsome Jack roubou dela antes de sua morte.
  • O segundo DLC, Guns, Love and Tentacles: The Marriage of Wainwright & Hammerlock foi lançado em 26 de março de 2020, contando com tema de Lovecraft e se concentrando nos personagens Wainwright Jakobs e Sir Hammerlock, que estão planejando seu casamento no planeta Xylourgos, o qual é controlado por uma seita.
  • O terceiro pacote de conteúdo, Bounty of Blood, foi lançado em 25 de junho de 2020 e é inspirado no Velho Oeste, mas também incorpora a estética japonesa.
  • O quarto pacote de conteúdo, Psycho Krieg and the Fantastic Fustercluck, apresentando o retorno do personagem Krieg de Borderlands 2, foi lançado em 10 de setembro de 2020.

Em abril de 2020, a Gearbox adicionou “Borderlands Science”, um minigame de combinação de peças desenvolvido em conjunto com a McGill University, Massively Multiplayer Online Science e The Microsetta Initiative. O jogo foi projetado para apresentar quebra-cabeças formulados a partir de sequências de DNA de estudos médicos de pesquisas sobre o microbioma intestinal humano. Se um jogador conseguir atingir uma pontuação mínima para um determinado nível, isso indica que ele encontrou uma possível correspondência que pode ser sinalizada para pesquisadores para estudos adicionais, pois nem todas as sequências necessariamente terão uma correspondência possível. Os jogadores são recompensados com skins especiais e boosters loot por tempo limitado para completar esses quebra-cabeças.

Um segundo passe de temporada foi anunciado para o segundo ano do jogo, disponível em 10 de novembro de 2020. Este inclui dois novos DLCs, intitulados Designer’s Cut e Director’s Cut. Designer’s Cut inclui uma nova árvore de habilidades para cada um dos personagens do jogo e apresenta um novo modo intitulado “Arms Race”, a versão de Borderlands do gênero battle royale. Director’s Cut apresenta pequenas missões de história e apresenta um encontro de chefe de ataque, além de uma nova seção de menu que permite ver artes conceituais e vídeos dos bastidores.

Além disso, a Gearbox tem a capacidade atualizar e corrigir o jogo, permitindo que ofereçam eventos por tempo limitado. Um dos primeiros eventos desse tipo foi um de aniversário de dez anos da série, lançada em outubro de 2009. Em Borderlands 3, vários eventos de uma semana oferecendo melhores saques e desafios únicos foram disponibilizados em outubro de 2019.

Em 24 de outubro de 2019, Borderlands 3 ativou seu primeiro evento sazonal com tema de Halloween, “Bloody Harvest”, que durou até 5 de dezembro de 2019. “Maliwan Takedown”, uma atualização de conteúdo gratuita, foi adicionada permanentemente em 22 de novembro de 2019, adicionando um novo desafio de final para jogadores com novos inimigos e raids aos chefes. Em 23 de abril de 2020, o segundo evento sazonal, “Revenge of the Cartels”, foi adicionado, durando até 4 de junho de 2020.

Curiosidades

  • O Borderlands 3 foi desenvolvido sobre o Unreal Engine 4.
  • O game saiu inicialmente (13 de setembro de 2019) para Windows, PS4, Xbox One e em 30 de outubro de 2019 para Mac. O port do Stadia saiu em 17 de dezembro de 2019. Versões para Xbox Series X e Series S e PS5, incluindo atualizações gratuitas para usuários nas versões anteriores do console, foram lançadas em 10 e 12 de novembro de 2020, respectivamente.
  • Embora o Borderlands 3 não tivesse crossplataforma na época, a Gearbox procurou adicionar esse recurso após o lançamento.
  • Quatro edições diferentes do game foram lançadas, com vários add-ons, em diferentes faixas de preço, incluindo bônus físicos.
  • O lançamento de Borderlands 3 foi precedido por um evento de crossover por tempo limitado na décima temporada de Fortnite Battle Royale e Fortnite Creative da Epic Games. Os jogadores podem explorar uma parte do planeta Pandora em uma pequena parte do mapa principal do modo Battle Royale, bem como comprar o personagem Psycho com Claptrap como backwear.
  • Apesar de ter sido bem recebido pela crítica e o mercado, na época de seu lançamento, o fato do Borderlands 3 não ter fórum na Epic, quando este jogo ainda era exclusivo desta loja, fez os jogadores pedirem suporte no Steam. Devido a isto, o pessoal começou a dar nota ruim nos reviews do jogo. Isto fez o Steam suprimir as críticas negativas nos Borderlands nesta loja.
  • Documentos revelados durante o julgamento Epic Games v. Apple revelaram que a Epic pagou US$ 146 milhões à 2K pela exclusividade no Borderlands 3.
  • Esta foi somente uma polêmica relacionada a este game. Teve também questões relacionadas a pronomes, o CEO da Gearbox, Randy Pitchford, chamando os fãs de Borderlands de p*tinhas e a maldade que a publisher, 2K, fez com o youtuber SupMatto em 2019: a firma enviou uns capangas para assediá-lo e ainda aplicou centenas de strikes em seu canal, com mais de 130 mil inscritos na época, para destruí-lo. Em resposta, os pedidos de boicote ao jogo começaram a aparecer no Twitter.
  • De acordo com a 2K, Borderlands 3 vendeu mais de cinco milhões de cópias em cinco dias após o lançamento. Além disso, as vendas para Windows nessa época foram as mais altas para qualquer título da publisher até o momento, e mais de 70% de todas as compras foram feitas por meio de distribuição digital. Com essas vendas, a franquia total de Borderlands gerou mais de US$ 1 bilhão em receita. O jogo vendeu mais de 8 milhões de cópias até o final de 2019, de acordo com a Take-Two, empresa da qual a 2K é subsidiária.
  • O game foi desenvolvido em conjunto pelos estúdios Texas e Quebec da Gearbox. A firma terminou Borderlands e sua sequência consecutivamente, deixando o estúdio um pouco esgotado com a franquia. Para tentar fazer algo diferente, a Gearbox focou no Battleborn com a bênção da 2K Games, pra dar uma espairecida nas ideias. O Battleborn não foi um grande sucesso, mas a Gearbox não ficou desanimada com isso. De acordo com o diretor de arte Scott Kester, enquanto desenvolviam Battleborn, tiveram várias ideias de como tocar o próximo Borderlands, e muitos da equipe, assim que Battleborn foi completado, começaram a concretizar essas ideias para o Borderlands 3.
  • O jogo foi anunciado com um trailer na PAX East em 28 de março de 2019 que recebeu críticas mistas de sites de videogame, alguns dos quais o caracterizaram como muito semelhante em aparência e conteúdo a entradas anteriores da série, como Borderlands 2.
  • Para ajudar a preencher as lacunas entre Borderlands 2 e Tales from the Borderlands e o Borderlands 3, a Gearbox lançou um novo DLC para Borderlands 2 chamado Commander Lilith & the Fight for Sanctuary em junho de 2019, tornando-o gratuito por tempo limitado para os atuais proprietários de Borderlands 2.
  • Vários dubladores reprisaram seus papéis, incluindo Ashly Burch, como Tiny Tina, e Chris Hardwick, como Vaughn de Tales from the Borderlands. A reformulação de outros dubladores causou controvérsia. Pitchford (de novo esse prego) brigou no Twitter com os dubladores Troy Baker (Rhys) e David Eddings (Claptrap) sobre as razões pelas quais ambos não foram contratados para dublar seu antigo personagem novamente. Eddings disse que foi intimidado e agredido fisicamente por seu ex-chefe Pitchford, e, de acordo com Baker, a Gearbox se recusou a querer lidar com membros do sindicato dos dubladores, SAG-AFTRA (isso até que foi bom). Baker e Eddings foram substituídos por Ray Chase como Rhys e Jim Foronda como Claptrap.
  • Falando em atuação de voz, o icônico Ice-T dubla um personagem chamado Balex, uma inteligência artificial presa no corpo de um ursinho de pelúcia. Penn & Teller fornecem sua semelhança para os personagens Pain & Terror, com Penn Jillette também fornecendo sua voz para Pain.
  • The Heavy gravou uma música original para o jogo intitulada “Put It On The Line”.
  • Em junho de 2019, a Gearbox convidou Trevor Eastman, um fã da série com câncer terminal, para jogar uma versão prévia do Borderlands 3. Eles o deixaram dar o nome a uma arma, a “Trevonator”.

Screenshots

Sobre o download

O Borderlands 3 é um jogo normalmente pago que pode ser encontrado nas lojas do Steam e Epic, sendo que o nosso para download aqui leva a esta última. Na página oficial do jogo, encontram-se links para outras plataformas.

Atenção

  • Este jogo pode conter conteúdo não apropriado para todas as idades ou pode não ser apropriado para visualização no trabalho, o que inclui conteúdo maduro como temas sexuais.
  • Este game incorpora DRM de terceiros: Denuvo Anti-Tamper.

Idiomas

  • Áudio: inglês, francês, italiano, alemão, espanhol (Espanha), coreano, chinês simplificado e japonês.
  • Interface: inglês, francês, italiano, alemão, espanhol (Espanha), português (Brasil), russo, coreano, chinês simplificado, chinês tradicional e japonês.

Requerimentos em sistema

Veja também

autor, site, canal ou publisher Gearbox Software tamanho 75 GB licençaComercial sistemas operacionais compativeisWindows e Mac download link Download

Observação: se você gostou deste post ou ele lhe foi útil de alguma forma, por favor considere apoiar financeiramente a Gaming Room. Fico feliz só de ajudar, mas a contribuição do visitante é muito importante para que este site continua existindo e para que eu possa continuar provendo este tipo de conteúdo e melhorar cada vez mais. Clique aqui e saiba como. Obrigado!

Deixe um comentário

Inscreva-se na nossa newsletter!