A Apogee voltou!

Ao dia 20 de abril de 2021, a Apogee – a publisher responsável por icônicos nomes dos games – anunciou que está de volta em sua forma original, lançando um vídeo que mostra o que ela está preparando para 2021 e 2022.

20 de abril de 2021

A Apogee – a icônica publisher dos anos 80 e 90 responsável por lançar nomes como Commander Keen, Duke Nukem, Wolfenstein 3D, Rise of the Triad, Raptor, Shadow Warrior, Max Payne e Prey – está de volta em sua forma original!

Desde 1996, ficou a cargo da 3D Realms, marca criada em 1994 pela própria Apogee, a tarefa publicar os jogos, com o nome da empresa caindo em desuso, até porque o pessoal achava que isto estava mais associado a games datados etc.

Entretanto, no dia 20 de abril de 2021, recebi a notícia que a companhia vai voltar (“The original indie gaming publisher is back. 🚀”) como Apogee Enterainment, e eles já liberaram até um vídeo que apresenta os jogos que eles estão no forno (2021-2022), além do anúncio em si:

O vídeo conta com apresentação do Jon St. John, o cara que emprestou a voz pro Duke Nukem e vários outros personagens, e começa mostrando cenas dos nomes clássicos citados acima, o que é pura nostalgia. Depois, exibe o que parecem ser gravações dos seus projetos em andamento.

Na verdade, o nome Apogee continuava ativo desde 2008 como Apogee Software, uma empresa fundada por Terry Nagy depois que ele adquiriu os direitos do nome e logotipo, os quais havia usado anteriormente, da 3D Realms.

De acordo com a Wikipedia, a Apogee Software lançou uns cinco jogos: Duke Nukem: Critical Mass,  
Rise of the Triad (2013), Radical Heroes: Crimson City Crisis, Crystal Caves HD e Rise of the Triad: Remastered. Os dois últimos títulos, inclusive, foram anunciados durante o evento “Realms Deep 2020” da 3D Realms, o que se deu em setembro de 2020.

Agora, a empresa entra em uma nova fase que reflete as suas velhas raízes: renomeou-se para Apogee Entertainment e promete concentrar-se exclusivamente na publicação de jogos independentes. Além deste anúncio, a firma afirma que contratou Scott Miller, o fundador da Apogee original, para ajudar a auxiliar nos esforços de publicação.

No vídeo, tem umas cenas interessantes, hein?

No que vai será que vai dar isso?

Veja também

Observação: se você gostou deste post ou ele lhe foi útil de alguma forma, por favor considere apoiar financeiramente a Gaming Room. Fico feliz só de ajudar, mas a contribuição do visitante é muito importante para que este site continua existindo e para que eu possa continuar provendo este tipo de conteúdo e melhorar cada vez mais. Clique aqui e saiba como. Obrigado!

Deixe um comentário

Inscreva-se na nossa newsletter!