GeForce Now, o serviço de streaming de jogos da Nvidia, chega ao Windows

15 de janeiro de 2018

O GeForce Now, o serviço de streaming de jogos da Nvidia, chega ao Windows, prometendo transformar qualquer computador com este sistema operacional em um PC gamer capaz de rodar os lançamentos mais pesados.

A ideia por traz do GeForce Now lembra serviços como Spotify ou Netflix e é extremamente inovadora, genial e também simples: leva a carga de processamento dos games para a nuvem e, através de uma boa conexão à Internet, o usuário envia os inputs e recebe sons, imagens etc. É como se estivéssemos com o teclado, mouse e joystick em casa ligados a uma CPU a uma grande distância, creio eu.

Aliás, este foi o assunto do trigésimo Notícias do Facínora, que foi narrado com um início de um skirmish no Dawn of the Tiberium Age, um mod do Tiberian Sun que foi apresentado no episódio 28 desta nossa série de vídeos de notícias e novidades:

Esta plataforma de streaming de jogos foi anunciada pela Nvidia durante a CES 2018 com a premissa de “transformar um PC de US$ 200 em uma máquina de jogos”, mas também recomendou ter pelo menos 50 Mb/s de conexão à Internet. Ou seja, você não precisará de hardware de ponta para rodar games pesados, mas vai ter que ter uma internet rápida para rodar os games sem dar lag nem nada, e isso é bem difícil de se ter, por um bom preço, nesta terra de socialistas aculturados aqui.

Tem a lista completa de games compatíveis com o GeForce Now no site da Nvidia, mas podemos destacar o Doom 2016, Paragon, Fallout 4, The Elder Scrolls V: Skyrim Special Edition, Wolfenstein II: The New Colossus, NBA 2K18, Minecraft, Counter-Strike: Global Offensive, Cuphead, Diablo III, StarCraft II, Overwatch, StarCraft Remastered, Star Wars Battlefront II, Resident Evil 7: Biohazard, Half-Life 2, Garry’s Mod e vários outros. Você vai reparar que os jogos que você vai poder jogar neste serviço não são restritos apenas aos lançamentos mais recentes.

Vídeo de apresentação do GeForce Now na CES 2017

É interessante dizer que o usuário só vai precisar de ter os jogos já adquiridos em outras plataformas, como Steam, Uplay ou Blizzard, não precisando de comprar os jogos novamente no serviço. Também parece que vai precisar de uma placa de vídeo da Nvidia, mas não tenho certeza. Tem uma lista de perguntas e respostas no site oficial da firma.

Ao menos durante a fase beta, o tempo máximo de uso contínuo do GeForce Now é de quatro horas. Depois, poderá se encerrar a sessão e começar de novo, embora não se garanta que o jogador terá acesso ao mesmo servidor. Também, nesta fase de testes, o serviço é ainda gratuito, mas está disponível apenas para a América do Norte e Europa.

Novidade

Acesse o site do GeForce NOW para se inscrever na lista de espera. Você receberá uma notificação avisando quando poderá começar a jogar e quando o GeForce NOW estará disponível em sua região, caso não esteja na América do Norte ou na Europa.

Deixe um comentário

  • Inscreva-se na nossa newsletter!

  • Nos siga nas redes sociais!

  • Páginas

  • Áreas especiais

  • eXTReMe Tracker
    Copyright © 2001 - 2018 Gaming Room. Todos os Direitos Reservados - É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste site sem o consentimento dos autores.