Sean Connery, ninguém menos que James Bond e o Dr. Henry Jones, falece aos 90 anos

31 de outubro de 2020

Sean Connery, o icônico e lendário ator escocês que interpretou ninguém menos que o espião James Bond e o Dr. Henry Jones, pai do Indiana Jones, falece aos 90 anos de idade.

Ele morreu hoje, dia 31 de outubro de 2020, em sua casa em Nassau nas Bahamas. O triste fato foi anunciado por sua família e pela Eon Productions, neste mesmo dia. Seu filho afirmou que o ator já “não estava bem há algum tempo”.

A informação foi confirmada à BBC pela família do ator, mas a causa da morte não foi divulgada. Pra mim, ele já tava debilitado faz algum tempo, mas não vinha a público para preservar sua imagem. Afinal, este ator sempre foi fodão, honrou as calças que vestiu e passava justamente uma postura de homem forte. Não que envelhecer seja algum demérito, mas, talvez, queriam que isto que ficasse na lembrança das pessoas, mas isso é só um palpite meu…

Enfim, nascido a 25 de agosto de 1930 em Fountainbridge, em Edinburgh, na Escócia, Sir Thomas Sean Connery ficou famoso por ser o primeiro e mais clássico James Bond nos cinemas. Também participou do Indiana Jones e a Última Cruzada (1989), um dos meus filmes preferidos de todos os tempos, ganhou um Oscar por seu papel em Os Intocáveis (outro filmaço), foi o Ramirez no Highlander e em sua sequência (foi uma bomba, mas também foi a única vez que ele reprisou um papel depois do Bond) e atuou numa outra porrada de filmes e produziu outros.

Particularmente, os papéis que mais lembro de Sean são justamente o Dr. Henry Jones, James Bond (embora o meu 007 preferido ainda seja o também finado Roger Moore), o espanhol melhor amigo de Connor MacLeod – em Highlander (1986) e Highlander II: The Quickening (1991) – o maluco do The Rock (um filmão de 1996) e o dissidente comunista do Caçada ao Outubro Vermelho (1990). Tem também aquele que é uma adaptação daquela bicheira historicamente incorreta e absurda daquele palhaço daquele Umberto Eco, mas vale só pela atuação dele, pois o enredo é uma bobajada danada.

É uma notícia triste que não queria dar hoje, mas Sean Connery é realmente um ator que deixou sua marca, indelével, no cinema. Seu legado não será jamais esquecido.

Abaixo, segue um tributo que fizeram ao ator hoje mesmo, do canal The Davies Locker:

Além de sua esposa e seu filho Jason, Connery também deixou uma enteada, Stephane, e seu irmão. Que Deus os conforte e receba a alma de Sean em Sua imensa glória.

Últimas notícias

Observação: se você gostou deste post ou ele lhe foi útil de alguma forma, por favor considere apoiar financeiramente a Gaming Room. Fico feliz só de ajudar, mas a contribuição do visitante é muito importante para que este site continua existindo e para que eu possa continuar provendo este tipo de conteúdo e melhorar cada vez mais. Clique aqui e saiba como. Obrigado!

Deixe um comentário

Inscreva-se na nossa newsletter!