Shadow of the Tomb Raider

Shadow of the Tomb Raider é um action-adventure de 2018 onde Lara Croft deve sobreviver em uma selva letal em sua corrida para revelar uma cidade oculta e salvar o mundo de um apocalipse maia.

31 de dezembro de 2021

Shadow of the Tomb Raider é um action-adventure que segue Lara Croft aventurando-se pelas regiões tropicais das Américas até a lendária cidade de Paititi, lutando contra a organização paramilitar Trinity e tentando impedir o apocalipse maia. Foi desenvolvido pela Eidos-Montréal e lançado originalmente em 14 de setembro de 2018.

Publicado pela Square Enix e disponibilizado para Windows, PlayStation 4, Xbox One, macOS, Linux e Stadia, o Shadow of the Tomb Raider foi geralmente bem recebido pela crítica especializada e pelo mercado. No Steam, pelo menos até o momento, o jogo conta com dezenas de milhares de análises muito positivas.

O Shadow of the Tomb Raider é o terceiro e último game da trilogia reboot que começou com o Tomb Raider (2013) e continua os eventos Rise of the Tomb Raider, de 2015.

Vídeos

Acima, temos o trailer oficial da edição definitiva do Shadow of the Tomb Raider.

O segundo vídeo é o “The End of the Beginning”, do Shadow of the Tomb Raider.

Gameplay

O Shadow of the Tomb Raider é um action-adventure jogado a partir de uma perspectiva de terceira pessoa onde se assume o papel de Lara Croft enquanto ela explora ambientes nos continentes da América Central e do Sul. Além de áreas independentes, o jogo tem um grande hub na Cidade Oculta de Paititi. Novo na série é um sistema de troca permite que os jogadores negociem e vendam vários recursos coletados nas áreas ao redor desta cidade.

Existem vários ajustes feitos na jogabilidade, que é idêntica a de Rise of the Tomb Raider. Os controles para natação foram revisados, pois Lara é capaz de prender a respiração debaixo d’água por um longo período de tempo devido à introdução de bolsões de ar. Ela tem a capacidade de descer penhascos usando seu machado de escalada e corda. A furtividade é importante, pois Lara pode evitar combate quando escapa da linha de visão dos inimigos camuflando-se na lama, escondendo-se em arbustos ou misturando-se em superfícies densamente vegetadas.

Como seus antecessores, o jogo permite caçar animais selvagens, produzir materiais usando recursos coletados, resolver quebra-cabeças e procurar tumbas opcionais e missões secundárias. Shadow of the Tomb Raider apresenta túmulos maiores para invadir e quebra-cabeças mais complexos em comparação ao resto da série reboot.

Os jogadores têm a opção de personalizar sua experiência, já que exploração, quebra-cabeças e combate têm suas próprias configurações de dificuldade. Existe um modo de imersão permite escutar conversas de fundo dos habitantes locais em seus idiomas nativos. Quando desligado, as conversas são ouvidas no idioma escolhido pelos jogadores.

Apresentação da Definitive Edition

Durante a corrida de Lara Croft para salvar o mundo do apocalipse maia, ela terá de cumprir com seu destino e se tornar a Tomb Raider.

Em Shadow of the Tomb Raider: Definitive Edition você vivenciará o último capítulo da origem de Lara, no qual ela cumprirá seu destino e se tornará a Tomb Raider. Ao combinar o jogo de base, todas as tumbas de desafios dos sete DLCs, bem como todas as armas, trajes e habilidades complementares, Shadow of the Tomb Raider: Definitive Edition é a forma definitiva de vivenciar este momento determinante de Lara.

Destaques

  • Sobreviva no lugar mais letal da Terra: domine uma selva letal para sobreviver. Explore ambientes submersos cheios de fendas e sistemas de túneis profundos.
  • Transforme-se em uma com a selva: em desvantagem, Lara precisa usar a selva a seu favor. Ataque e desapareça como um jaguar, use a lama como camuflagem e amedronte seus inimigos para semear o caos.
  • Descubra tumbas escuras e brutais: as tumbas estão mais assustadoras do que nunca, exigindo técnicas de travessia avançadas para chegar até elas e, uma vez lá dentro, estão cheias de enigmas letais.
  • Revele a história: descubra uma cidade oculta e explore a maior área já encontrada em um jogo de Tomb Raider.

Curiosidades

  • A desenvolvedora do game, Eidos-Montréal, é uma subsidiaria da Square Enix.
  • O Shadow of the Tomb Raider foi construído usando o engine Foundation, inicialmente construído pela Crystal Dynamics. Este é o mesmo motor usado no Rise of the Tomb Raider, mas foi aprimorado pela Eidos Montreal.
  • O Shadow of the Tomb Raider custou cerca de US$ 110 a 135 milhões para ser desenvolvido, tornando-o um dos jogos mais caros já feitos.
  • Após seu lançamento, Shadow of the Tomb Raider teve um início lento nas vendas, atribuído pelo presidente da Square Enix, Yosuke Matsuda, à falta de originalidade em comparação com outros títulos da época. Entretanto, até o final de dezembro de 2018, o jogo havia vendido 4,12 milhões de cópias em todo o mundo. Embora tenha visto vendas menores do que muitos outros títulos daquele ano, a Eidos-Montréal ficou muito feliz com suas vendas, bem como sua recepção crítica, levando-os a produzir os DLCs. Em dezembro de 2021, Shadow of the Tomb Raider atingiu a marca de 8,9 milhões de cópias vendidas.
  • Em uma coprodução conjunta entre a Netflix e a Legendary Entertainment, foi anunciado que uma adaptação da série em estilo anime baseada na franquia reboot estava em andamento e que se passaria principalmente após os eventos de Shadow of the Tomb Raider.
  • A atriz britânico-americana Camilla Luddington reprisou seu papel dos dois jogos anteriores, e foi capaz de ajudar a Eidos-Montréal a manter a caracterização de Lara consistente com estes. Assim como em Tomb Raider e Rise of the Tomb Raider, Luddington forneceu a captura de movimento da nossa heroína. Ela considerou Shadow of the Tomb Raider uma das performances emocionais mais difíceis de seu tempo interpretando Lara.
  • Os elementos furtivos do jogo – incluindo camuflagem e o uso de táticas de medo – se inspiraram em filmes como Rambo e O Predador.
  • O diretor Daniel Chayer-Bisson descreveu o design de níveis estabelecido como “um pesadelo”, porque eles tiveram que levar em consideração a experimentação do jogador e a possível quebra de sequência ao implementar novas mecânicas, como escalar saliências etc.
  • Durante pesquisas feitas entre os fãs, a equipe ouviu desejos tanto de quebra-cabeças mais difíceis quanto da remoção de auxílios visuais de escalada. Como removê-los completamente tornaria o jogo intimidador para os novatos, eles criaram as configurações de dificuldade para chegar a um meio termo.
  • Outro fator implementado em Shadow of the Tomb Raider para que fosse convidativo para os recém-chegados foi a seção de abertura, que serve tanto como uma introdução narrativa quanto como um tutorial para as habilidades de Lara.
  • No The Game Awards de 2018, o game foi indicado ao prêmio de “Best Action/Adventure Game”.
  • No Gamers’ Choice Awards de 2018, Shadow of the Tomb Raider levou o prêmio de “Fan Favorite Female Voice Actor”, graças à atuação de Camilla Luddington.
  • No National Academy of Video Game Trade Reviewers Awards de 2019, o game ganhou o prêmio “Original Dramatic Score, Franchise”.
  • No 2019 G.A.N.G. Awards, o Shadow of the Tomb Raider conquistou os prêmios “Best Original Soundtrack Album“, “Best Interactive Score” e “Best Game Audio Publication, Presentation, or Broadcast“. O game foi indicado em várias outras premiações.
  • Várias cenas pós-créditos diferentes foram consideradas para o jogo. Quando lançado pela primeira vez, uma das cenas descartadas foi incluída por engano, com um patch pós-lançamento substituindo-o pela cena certa.
  • O cenário e a narrativa foram inspirados na mitologia maia, asteca e inca, incluindo seu foco recorrente na adoração do sol, sacrifício e as eras da humanidade. A influência maia foi escolhida devido à fixação dessa cultura em astronomia e datas. Durante a apresentação inicial do projeto, os designers queriam que Lara descobrisse uma verdadeira tumba perdida com pessoas vivendo ao seu redor, um conceito anteriormente limitado pela tecnologia disponível na época.
  • Durante a pesquisa, os designers escolheram a cidade de Paititi devido ao seu precedente histórico em vez de locais puramente lendároos como El Dorado. A cultura de Paititi foi baseada na suposição de que elementos astecas e maias das culturas mesoamericanas poderiam ter migrado para o Peru. A cultura e o povo de Paititi foram baseados em relatos históricos dos povos maias, astecas e incas. As roupas do povo foram baseadas em exemplos e relatos históricos. A equipe consultou historiadores para garantir que suas representações culturais fossem precisas e respeitosas. Será que eles fizeram uma viagem ufoarqueológica junto com o Mateus, a Ana e o Alcione?
  • A música de Shadow of the Tomb Raider foi composta por Brian D’Oliveira. Ele foi contratado devido à sua habilidade com instrumentos sul-americanos e, durante a gravação em Montreal, trabalhou com músicos nativos para obter o som certo para cada local.
  • Ao seguir os estilos musicais estabelecidos desde o reboot de 2013, a equipe adicionou novos elementos estéticos, incorporando a cultura local e o retrato mais sombrio de Lara e sua missão.
  • Martin Stig Andersen trabalhou como Ambient Sound Designer, se concentrando na transição de som para segmentos subaquáticos.
  • A equipe trouxe de volta “The Instrument”, um instrumento de percussão especialmente projetado criado para a trilha sonora do reboot de 2013 criado por Matt McConnell. “The Instrument” foi usado para ajudar a transmitir os aspectos primordiais da personagem de Lara, além de referenciar sua aventura em Yamatai no jogo de 2013.
  • Em 15 de março de 2018, a Square Enix confirmou que uma sequência de Rise of the Tomb Raider estava em desenvolvimento e programada para sair em 14 de setembro de 2018 para Windows, PlayStation 4 e Xbox One. Neste mesmo dia, um teaser trailer foi lançado mostrando Lara em um ambiente montanhoso.
  • As versões para Windows e Stadia foram desenvolvidas pela Nixxes Software, que trabalhou em vários Tomb Raider anteriores para a plataforma.
  • O jogo foi revelado em 27 de abril de 2018 com um trailer, screenshots e uma demo de uma hora para membros da imprensa.
  • O Shadow of the Tomb Raider foi portado para macOS e Linux pela Feral Interactive e lançado em 5 de novembro de 2019.
  • O game saiu para Stadia em 19 de novembro como parte da linha de lançamento da plataforma junto com o Tomb Raider 2013 e Rise of the Tomb Raider.
  • Uma versão que reúne o jogo principal e os DLCs, Shadow of the Tomb Raider: Definitive Edition, foi também lançado em 4 de novembro. Os ports da Feral Interactive e o de Stadia foram baseados nesta versão.

Screenshots

Sobre o download

O nosso link de download do Shadow of the Tomb Raider é o da Shadow of the Tomb Raider: Definitive Edition. Trata-se de um jogo normalmente pago que pode ser obtido para PC na Epic e Steam. Na página oficial do jogo, encontram-se links para outras plataformas. Existe também uma versão demo gratuita no Steam.

Idiomas

  • Áudio: inglês, francês, italiano, alemão, espanhol (Espanha), árabe, chinês simplificado, chinês tradicional, polonês, português (Brasil) e russo.
  • Interface: inglês, francês, italiano, alemão, espanhol (Espanha), árabe, chinês simplificado, chinês tradicional, coreano, polonês, português (Brasil) e russo.

Requerimentos em sistema

Veja também

autor, site, canal ou publisher Square Enix tamanho 40 GB licençaComercial sistemas operacionais compativeisWindows, Mac e Linux download link Download

Observação: se você gostou deste post ou ele lhe foi útil de alguma forma, por favor considere apoiar financeiramente a Gaming Room. Fico feliz só de ajudar, mas a contribuição do visitante é muito importante para que este site continua existindo e para que eu possa continuar provendo este tipo de conteúdo e melhorar cada vez mais. Clique aqui e saiba como. Obrigado!

Deixe um comentário

Inscreva-se na nossa newsletter!