Defenestrando Disney’s Aladdin do Mega Drive

Para aliviar a domingueira, trazemos aqui o Disney's Aladdin de Mega Drive sendo jogado pelo Celso no seu canal Defenestrando Jogos. Tem quase 1 hora de jogatina.

Newsletter:

Visão geral

Para aliviar a domingueira, trazemos aqui o Disney’s Aladdin de Mega Drive sendo jogado pelo Celso no seu canal Defenestrando Jogos. A quase 1 hora de jogatina, apesar de ser de um game tenso, é maneira de assistir.

Disney’s Aladdin é um jogo de plataforma com rolagem lateral baseado no filme de mesmo nome de 1992, desenvolvido pela Virgin Games e Disney Software. O jogo foi lançado pela Sega para o Mega Drive/Genesis em 11 de novembro de 1993 como um dos vários baseados neste filme, incluindo o lançado pela Capcom para o Super Nintendo (são jogos diferentes).

O Aladdin é um dos maiores sucessos comerciais do Mega de todos os tempos, com quatro milhões de cópias vendidas. Também recebeu várias ports para plataformas, como MS-DOS, Amiga, NES, Game Boy, Linux e Game Boy Color. Em outubro de 2019, o título foi relançado para Windows no GOG, vindo no pacote Disney Classic Games, junto com o The Lion King, outro jogo baseado num desenho da Disney.

Enredo

Nas distantes terras do oriente, uma lenda sobre uma incrível lâmpada guardava um gênio com o poder de realizar três desejos, mas, para consegui-la, um profecia devia ser realizada. Apenas um jovem que vivia como ladrão nas ruas de Agrabah seria capaz de adentra a cavernas das maravilhas e trazer seu precioso prêmio. Com isso, ele se torna príncipe e tenta conquistar o amor da jovem princesa do reino!

Gameplay

O jogador controla Aladdin, que deve percorrer vários níveis com base nos locais do filme, desde a ruas e telhados de Agrabah, a Caverna das Maravilhas e a masmorra do sultão até o confronto final no palácio do Grande Vizir Jafar. Aladdin pode se mover, agachar-se, olhar para cima, pular e escalar cordas, varais e outras plataformas aéreas.

Os guardas do sultão e também os animais do deserto querem impedir Aladdin em seu caminho. Ele pode se defender com a sua cimitarra ou jogando maçãs. Além das maçãs, que são um recurso finito encontrado em abundância pelo game, Aladdin também pode coletar gemas que podem ser trocadas por vidas e continues com um comerciante viajante. Ocasionalmente, “bombas inteligentes” na forma de lâmpadas negras podem ser encontradas e acionadas, o que resultará na eliminação de todos os inimigos na tela.

A saúde de Aladdin é indicada por uma trilha de fumaça que emana da lâmpada do Gênio no canto superior esquerdo da tela. A fumaça diminui sempre que Aladdin é atacado por um inimigo ou cai em algum perigo do cenário. A saúde pode ser restaurada coletando corações azuis do Gênio espalhados pelos níveis. Se Aladdin ficar sem saúde, uma vida será perdida. Vasos azuis atuam como checkpoints, onde o jogador será revivido ao perder vida. Vidas extras podem ser recebidas coletando ícones dourados na forma da cabeça de Aladdin escondidos nos níveis. A quantidade de vidas e maçãs com que se inicia a partida é determinada pela dificuldade, que pode ser ajustada no menu principal do game. Claro, se o jogador ficar sem vida, é game over.

Encontrar os ícones do Gênio ou de Abu e terminar uma fase permite rodadas de bônus, as quais consistem em jogos de azar disputado por maçãs, pedras preciosas ou vidas extras. Na rodada de bônus de Abu, o jogador controla o macaquinho que precisa pegar itens de bônus que caem do céu, mas sem tocar em nenhum dos objetos indesejados, como pedras e vasos.

Curiosidades

  • A animação deste jogo do Aladdin foram feitos pelos artistas da Disney que trabalharam no filme original;
  • O jogo apresenta alguns arranjos musicais do filme, os quais são facilmente reconhecíveis, juntamente com arranjos originais compostas por Donald Griffin e Tommy Tallarico. Tallarico (olha esse nome) também trabalhou em jogos como MDK e Earthworm Jim.
  • A versão de PC do Disney’s Aladdin tem música digital durante todo o jogo, usando arquivos .AMF, um formato de módulo digital semelhante ao .MOD. AMF é o formato usado pela Interface de som e música digital da Otto Chrons, ou DSMI. Outro jogo que usa DSMI para som é o Archon Ultra;
  • A música do jogo foi composta no Notator para o Atari ST como um arquivo MIDI, depois convertida para o NES;
  • A versão do NES é curiosamente baseada na de Mega Drive, não na de Super Nintendo;
  • No nível em que Aladdin tem que escapar da Masmorra do Palácio, os espectadores de olhos de águia podem identificar um conjunto familiar de orelhas de rato (do Mickey) localizadas em um dos crânios ao fundo;
  • No nível do deserto do Mega Drive, (provavelmente também em outras versões), há uma linha de roupas com apenas algumas roupas e um chapéu de Mickey Mouse;
  • Em segundo plano no nível “Inside the Lamp”, um Sega Genesis pode ser visto em segundo plano;
  • Em uma sessão “Devs Play” com Double Fine em 2014, Louis Castle, o co-fundador da Westwood Studios que mais tarde trabalhou em The Lion King, revelou que o estúdio tinha um projeto de um novo jogo do Aladdin que apresentaria sprites 3D pré-renderizados, na mesma época do jogo Amiga Stardust e um ano antes de serem usados no Donkey Kong Country, mas o projeto foi descartado pela Disney;
  • Na segunda fase da versão de Mega Drive, as cobras se parecem muito com Sir Hiss (capanga do príncipe John) do longa-metragem da Disney em 1973, Robin Hood.

Recepção

Como dito acima, o Disney’s Aladdin foi um grande sucesso de mercado, sendo o terceiro jogo de Mega Drive mais vendido de todos os tempos, depois de Sonic the Hedgehog e Sonic the Hedgehog 2, mas ele também foi geralmente muito bem recebido pela crítica especializada.

No lançamento, a revista Famicom Tsūshin deu 35 em 40 para a versão de Genesis/Mega Drive. O jogo foi premiado como Melhor Jogo de Gênesis e Melhor Animação de 1993 e pela Electronic Gaming Monthly. A revista Dragon #211 fez um review do Aladdin em 1994 que lhe deu 5 de 5 estrelas. A Mega colocou o jogo na 12ª posição no seu Top jogos de Mega Drive de todos os tempos. Levi Buchanan, da IGN, deu ao título 8/10, chamando-o de “um jogo de plataforma que provou que o Genesis, mesmo envelhecendo, ainda era capaz de ótima jogabilidade e obras de arte deliciosas”.

O jogo também ganhou os seguintes prêmios:

  • Amiga Joker – Edição 1996 – Best Dexterity Game em 1995 (eleição dos leitores);
  • FLUX – Edição #4 – 13º colocado na sua lista “Top 100 Video Games of All-Time”;
  • GamePro – 1993 (Vol. #6, Edição #2) – Genesis Game of the Year;
  • Power Play – Edição 02/1994 – Best Genesis Game em 1993 e Most Cuddly Sprite em 1993 (para o Aladdin).

Sobre o download

Temos aqui disponível a versão completa do Disney’s Aladdin que é paga, mas já vem pronta para rodar no Windows e ainda vem junto do The Lion King, no pacote Disney Classic Games, como dito acima.

Requerimentos em sistema

  • Sistema operacional: Windows 7 ou superior (64-bit). Recomendado: Windows 10 (64-bit);
  • Processador: Intel Core i3-530 / AMD Phenom II X4 940. Recomendado: Intel Core i3 @3.0Ghz ou AMD equivalente;
  • Memória: 2 GB. Recomendado 8 GB;
  • Placa de vídeo: GeForce GT 630 1GB / AMD Radeon HD 6570 1GB ou superior. Recomendado:  GeForce 8800GT / ATI Radeon HD 4800 Series ou superior.
  • DirectX: Versão 11;
  • Armazenamento: 3 GB de espaço livre em disco.

Veja também


Vídeo adicionado em: 12 de abril de 2020

Categorias: Plataforma, Vídeos

Tags: , , , , , , ,

Autor/canal: Defenestrando Jogos

Acessado: 15 vezes.

Duração: 51:00

Deixe um comentário