Defenestrando o P.O.W.: Prisoners of War (1988)

Confira o gameplay do P.O.W.: Prisoners of War feito pelo Defenestrando Jogos, para você assistir alguma coisa decente neste domingo e não precisar de ligar a TV e dar de cara com o Faustão ou algo pior.

O vídeo, como o de costume, compartilha informações e curiosidades de uma forma bem descontraída, as quais usamos para montar esta publicação.

P.O.W.: Prisoners of War, lançado no Japão como Datsugoku – Prisoners of War, é beat ’em up desenvolvido pela Electrocoin e a SNK e lançado por esta empresa em agosto de 1988. O jogo foi lançado originalmente para os fliperamas e, apesar de ser um título clássico, só rendeu um port para o Nintendo 8-bit em 1989, que apresentava mudanças substanciais no gameplay.

Em P.O.W., dois prisioneiros de guerra escapam da prisão e tentam se infiltrar na base inimiga, tentando não apenas fugir deste inferno mas acabar com a operação. O jogo não apresenta uma jogabilidade das melhores, porém conta com aspectos memoráveis como o tema, as armas, bons gráficos (pra época) e bela trilha sonora.

Enredo

Depois de escapar da prisão, os protagonistas devem se infiltrar na base do exército inimigo e frustrar os planos de um vilão megalomaníaco, derrotando-o e voltando para casa. A luta não será fácil. O esquadrão inimigo tem armamento e pessoal altamente treinado que vai fazer de tudo pra te trazer os heróis de volta ao cativeiro, vivos ou mortos.

Gameplay

Como dissemos, o P.O.W.: Prisoners of War é um beat ’em up que pode ser jogado por até duas pessoas simultaneamente. Cada um encarna um prisioneiro de guerra que começam o jogo com apenas com seus punhos, descritos como armas letais que devem ser usadas do melhor modo possível. No decorrer do game, eles podem recolher armamento (que variam de facas até armas de fogo) dropado pelos inimigos, Além das armas e socos, os heróis podem também chutar, saltar, combinar golpes (como voadoras e cabeçadas) e movimentar em oito direções.

A versão do Nintendinho, embora mantenha a premissa original do game, é apenas single player e apresenta substanciais mudanças nos controles, devido ao fato deste console possuir apenas dois botões, e no gameplay em geral. O jogador pode recolher aqui também granadas em certos pontos do game, encarar novos inimigos e um chefão diferente. O P.O.W.: Prisoners of War do NES conta com power-ups que são obtidos em umas cabanas e salas das fases, após derrotados os inimigos que se encontram dentro.

Curiosidades

  • P.O.W.: Prisoners of War apresenta elementos do Street Smart, outro título do SNK, indicando que deve ter sido tomado por base para este game.

Deixe um comentário

eXTReMe Tracker
Copyright © 2001 - 2017 Gaming Room. Todos os Direitos Reservados - É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste site sem o consentimento dos autores.