Slap Fight

18 de agosto de 2020

Slap Fight, também conhecido como Alcon nos EUA, é um jogo de tiro com rolagem vertical e estilo shoot ’em up desenvolvido pela Toaplan e lançado originalmente pela Taito em julho de 1986 para os fliperamas japoneses.

Em Slap Fight, os jogadores vão pilotar uma nave espacial que pode receber asas extras que aumentam sua capacidade ofensiva, devendo assim enfrentar aliens que invadiram um planeta tecnologicamente avançado.

Este shoot ’em up conta com gráficos e elementos que parecem inovadores para sua época, superando, pelo menos nestes aspectos, ícones do gênero, como o Xevious. Talvez, por isto, acabou recebendo alguns ports para outras plataformas, como o Amstrad CPC, Atari ST, Commodore 64, Thomson TO, ZX Spectrum e Mega Drive [1].

Vídeo

Acima, temos um vídeo de gameplay do Slap Fight de fliperama. Foi narrado e publicado pelo canal Defenestrando Jogos, é bem nostálgico e dá pra distrair bem com ele.

Enredo

No ano 2059, em outra galáxia, a humanidade colonizou um planeta alienígena chamado Theon para receber colonos que fugiram de Orac, uma outra colônia humana invadida por alienígenas 5 anos atrás. Agora, a mesma frota alienígena está atacando Theon, ameaçando este planeta de sofrer com a mesma guerra intensa que avassalou Orac. Mas, desta vez, os humanos estão prontos. A Allied League of Cosmic Nations (ALCON) recrutou pilotos do caça espacial SW475 (ou Slap Fighter, na Europa) com a missão impedir os invasores de tomarem Theon também.

Gameplay

Como dito acima, o Slap Fighter/Alcon é um shoot ’em up com rolagem vertical que conta com uns elementos em destaque: o principal é o sistema de pick-up, o qual parece ter sido emprestado do Gradius (também da Toaplan). O jogador recolhe estrelas, que podem dropar dos inimigos, e então escolhe o poder que quer ter em um menu que abre na tela:

  1. uma estrela permite escolher a velocidade (pode receber até cinco upgrades);
  2. duas permitem escolher o tiro (a arma padrão rápida, mas limitada, tendo um alcance bastante curto);
  3. três permitem escolher o tiro lateral;
  4. quatro permitem escolher o upgrade das asas (que desencadeia a animação de ampliação de nave, dá alguns segundos de invulnerabilidade e garante upgrades);
  5. cinco permitem escolher a bomba (muito poderosas, mas com alcance curto e uma taxa baixa de tiro, o que as tornam difíceis de usar);
  6. seis permitem escolher o laser (rápido e vafa a tela toda, sendo provavelmente a arma mais balanceada do jogo);
  7. sete permitem escolher os mísseis teleguiados (até 16 mísseis);
  8. oito permitem escolher o upgrade do escudo (invulnerabilidade que dura até 25 segundos ou três ataques recebidos).

Se a nave for perdida antes dos jogadores selecionarem o power-up, a estrela será “transportada” e o bloco Speed ficará ligado na próxima vida. Qualquer ataque recebido na nave a fará perder vida e os upgrades acumulados. Os inimigos são terrestres, como veículos blindados, torreões móveis ou fortificações embutidas em terreno natural.

As principais armas afetam os inimigos e o terreno de maneira diferente. Por exemplo, certas torres inimigas só podem ser destruídas com Laser ou Homing Missile, enquanto outros inimigos são destruídos muito mais rápido com armas específicas. Se a Bomb ou Homing Missile estiverem equipados, certos alvos de bônus aparecerão ou partes da paisagem podem ser destruídas para revelar bônus. Se o Laser estiver ativo, certas plantas na paisagem podem ser atiradas repetidamente para “crescer” e garantir pontos extras até saírem para fora da tela.

Slap Fight não tem fases, contando apenas com um cenário longo e contínuo com chefes intermediários, como Xevious ou Terra Cresta. Caso este seja terminado, o jogo recomeça desde o início com dificuldade aumentada, e acredita-se que acontece isso infinitamente. Além disso, o game não tem continues e para de contar pontuação depois dos 9.999.000 pontos.

Curiosidades

  • O port do Mega Drive/Genesis deste jogo é o Slap Fight MD, que é descrito em si como um novo modo de game que conta com novas fases, gráficos, armas, músicas e uma nova “smart bomb” que é usada ao custo dos upgrades das asas. A sua trilha sonora foi composta por Yuzo Koshiro. O cartucho também conta com o Slap Fight original, mas tem algumas modificações, como o temporizador do escudo e o announcer. Esta versão é reconhecida pela sua qualidade.
  • Sem nenhuma razão aparente, um Space Invader branco aparece voando pela tela algumas vezes quando você já completou mais ou menos 60% do jogo.
  • Existe um bootleg em inglês do shoot ’em up que diz “England” ao invés da mensagem de copyright antes da tela de título.
  • A música do Slap Fight original foi composta por Masahiro Yuge.

Dicas e manhas do Slap Fight/Alcon

  • Super Power-Up: inicie uma partida, não faça nenhum ponto e morra o mais rápido o possível. Você vai reiniciar com 1000 pontos, todos os power-ups e armas.
  • Super Power-Up Extra: comece uma partida, não faça nenhum ponto e sobreviva até passar pelo primeiro lago/fonte, que aparece no lado esquerdo da tela. Você recomeça bem mais na frente do jogo, com 180.000 pontos, todos os power-ups e armas.
  • Helicóptero: inicie uma partida e morra duas vezes o mais rápido o possível. Você recomeça com um helicóptero parado na primeira borda do lado esquerdo que você pode atirar por 170 pontos.

Screenshots

As screenshots acima foram tiradas da versão de fliperama do Slap Fight e foram ampliadas.

Mais shoot ’em up

Observação: se você gostou deste post ou ele lhe foi útil de alguma forma, por favor considere apoiar financeiramente a Gaming Room. Fico feliz só de ajudar, mas a contribuição do visitante é muito importante para que este site continua existindo e para que eu possa continuar provendo este tipo de conteúdo e melhorar cada vez mais. Clique aqui e saiba como. Obrigado!

Deixe um comentário

Inscreva-se na nossa newsletter!