Defenestrando Terra Cresta (1985)

Newsletter:

Visão geral

Assista conosco o jogo de navinha Terra Cresta sendo defenestrado em mais um episódio do Fliperama Nostálgico que estamos adicionando aqui para você ter algo decente para assistir no domingo.

O vídeo, além de mostrar o gameplay deste jogo antigo, compartilha algumas informações e curiosidades conosco, o que usamos como uma das fontes para construir esta publicação.

Terra Cresta (テラクレスタ) é um jogo de tiro estilo shoot ’em up com rolagem vertical desenvolvido e lançado pela Nichibutsu, a marca de videogames da finada Nihon Bussan, em novembro de 1985. Terra Cresta coloca o jogador no comando de uma aeronave que pode receber diversos upgrades através de fases que se passam em ilhas repletas de instalações, naves, armas e torres terrestres, dinossauros e outros inimigos.

Lançado originalmente para os fliperamas e usando o hardware da Nichibutsu, o Terra Cresta foi portado posteriormente para NES, Commodore 64, ZX Spectrum, Amstrad CPC, Sharp X68000, PlayStation 2, Switch e PlayStation 4, saindo em forma de coletânea em algumas destas plataformas. Terra Cresta 3D, uma versão tridimensional do jogo, foi também lançada apenas no Japão, em 1997 para o Saturn.

O Terra Cresta é a sequência direta do Moon Cresta, jogo lançado cinco anos antes. Ele também foi sucedido por três outros jogos da série: Dangar – Ufo Robo (1986), Terra Force (1987), Terra Cresta II – Mandoraa no Gyakushuu (1992, NEC PC Engine).

Gameplay

Em Terra Cresta, um planeta bem guardado está sendo invadido e o jogador, no comando da nave espacial Wing Galibur, terá que encarar um grande número de inimigos no ar e na superfície, incluindo tiranossauros, torreões e naves-mães.

Bases numeradas liberam power-ups quando destruídas que podem ser usados em combinação ou no Modo de Formação, cobrindo uma gama maior de posições de tiro. Quando todas as partes são coletadas, você se transforma em uma Fênix brilhante e indestrutível por um tempo limitado. Além disto, o jogador pode fazer as peças se separarem da Wing Galibur e ficarem em volta da nave em forma e triangulo, ficando invulneráveis ao fogo inimigo e podendo atirar em diversas direções. Neste modo, se a nave for atingida, ela volta a ser apenas uma peça e o jogador fica sujeito a perder vidas. Se perder todas elas, já sabe: é game over.

Cada passagem pelo planeta termina com uma nave-mãe chefona, sendo que a terceira e final só pode ser morta se a nave estiver no poder máximo. Uma vez vencida, o jogo recomeça do primeiro mundo.

Curiosidades

  • Você vira a Fênix da tela de título se recolher todas as partes das naves, como poderia-se imaginar;
  • A Pony Canyon/Scitron lançou uma edição limitada com a trilha sonora do Terra Cresta (G.S.M. Nichibutsu 1 – D28B0004) no dia 21 de setembro de 1988.

Dicas

Atire nos silos terrestes numerados de 2 a 5 para dropar outras partes das naves que aumentam o poder de fogo. As partes são 2 – tiro mais amplo, 3 – tiro traseiro, 4 – canhão frontal e 5 – escudo traseiro.

Saiba mais


Vídeo adicionado em: 19 de agosto de 2018

Categorias: Arcade, Tiro, Vídeos

Tags: , , , , , , ,

Autor/Canal: Defenestrando Jogos

Visto/Jogado: 5 vezes.

Link Deste Vídeo:

Deixe um comentário

eXTReMe Tracker
Copyright © 2001 - 2018 Gaming Room. Todos os Direitos Reservados - É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste site sem o consentimento dos autores.