Beneath a Steel Sky

Beneath a Steel Sky é um adventure point and click independente com temática cyberpunk lançado originalmente em 1994 que conta com gráficos e gameplay clássicos e locais concebidos pelo artista Dave Gibbons, do Watchmen.

1 de junho de 2020

Beneath a Steel Sky é um adventure point and click independente com temática cyberpunk desenvolvido pela Revolution Software e lançado originalmente em março de 1994 para MS-DOS e Amiga.

Publicado pela Virgin, aclamado pela crítica da época de seu lançamento e sucesso comercial, o Beneath a Steel Sky conta com mais de 100 locais concebidos pelo escritor e artista inglês de quadrinhos, Dave Gibbons, famoso pelo Watchmen. Inclusive, o game vem com uma H.Q. desenhada pelo próprio Gibbons.

Além disto, o adventure apresenta gameplay e gráficos clássicos do gênero, combinados com uma atmosfera claustrofóbica, paranoica e psicótica, onde o jogador e seu companheiro androide precisam sobreviver na Austrália em um futuro distópico.

Outro destaque do adventure é contar com muitos personagens interessantes que se movem livremente e vivem suas próprias vidas, graças ao então inovador sistema de Teatro Virtual (Virtual Theatre) da Revolution Software.

O Beneath a Steel Sky também ganhou versões para o Amiga CD32 (1994), Windows (2008) e um remaster para iOS chamado Beneath a Steel: Remastered (2009). O jogo foi aclamado pela crítica é tido como um título clássico e cult até os dias de hoje.

Vídeos

O vídeo acima mostra uns nove minutos de jogatina do Beneath a Steel Sky. Dá para ter uma boa noção do jogo.

Já o anterior é um clipe publicitário da versão de iOS do game, o Beneath a Steel Sky: Remastered.

Sinopse do enredo

Num futuro não tão impossível, no caldeirão de Union City, todos os problemas sociais do homem estão vindo a tona. População paranoica. Criminosos psicóticos. Corporações com fome de poder. Governo estilo Big Brother. Os que têm e os que não têm.

Sob a tampa claustrofóbica de um céu de aço, desde o poço do nível industrial ao centro do setor comercial – as esferas onde ficam os ricos e poderosos – é homem contra homem. Homem contra máquina. Homem contra o tempo. É um inferno urbano do qual só você pode libertar… Talvez.

Neste mundo, Robert Foster é um forasteiro inocente preso em uma grande cidade onde os civis oprimidos vivem e trabalham aumentando blocos de torres, enquanto os políticos burros reinam, avarentos, corruptos, ricos e protegidos de toda a poluição, no subsolo. Sozinho, para salvar uma placa de circuito robô, Foster deve lutar pela sobrevivência e descobrir a verdade sinistra por trás de seu sequestro…

Gameplay

Beneath a Steel Sky é um adventure 2D jogado de uma perspectiva de terceira pessoa onde uma interface point and click similar aos antigos jogos do gênero da LucasArts é usada para interagir com o ambiente e guiar o protagonista Robert Foster pelo mundo.

Para resolver quebra-cabeças e progredir, o jogador coleta itens que podem ser combinados, usados ​​no ambiente ou dados a personagens NPCs (não àqueles do Twitter). O protagonista conversa através de árvores de diálogo para aprender sobre os enigmas e enredos do jogo, podendo obter pistas e outras informações são obtidas clicando nos itens do inventário e nos objetos do ambiente.

Diferentemente da maioria dos adventures da época, a morte do protagonista é possível e, depois disso, o jogador começa a partir do último ponto de savegame.

Na versão iOS remasterizada, a interface point and click é substituída por uma sensível ao toque, um sistema de dicas é adicionado e os pontos de acesso são destacados.

Análise*

Os gráficos de Beneath a Steel Sky são ótimos, apresentados em 256 cores VGA, com animação suave e uma quantidade razoável de detalhes. Naturalmente, hoje com alta resolução em placas de vídeos modernas, podem não impressionar muito, mas são bons o suficiente, especialmente para quem curte jogos antigos. Já a trilha sonora, embora um pouco alta demais, é simplesmente brilhante e monumental.

Os quebra-cabeças do game são um desafio, mas envolvem principalmente lógica (assim, você não terá que procurar a solução mais louca possível) e também não tem que temer que um único erro vai resultar em uma morte frustrante.

No geral, a experiência de jogo de Beneath a Steel Sky é soberba.

*essa análise foi traduzida e adaptada do finado site Freehare.

Curiosidades

  • Beneath a Steel Sky é listado no livro 1001 Video games you must play before you die (“1001 jogos que você precisa jogar antes de morrer”) escrito pelo General Editor Tony Mott. Outros games deste livro que já adicionamos aqui são o MDK e o Diablo, para você ter uma ideia.
  • O lançamento de CD do jogo contém falas completas dos personagens.
  • A versão do GOG usa a máquina virtual multiplataforma ScummVM para disponibilizar o Beneath a Steel Sky para usuários do Windows, Mac e Linux.
  • O título de desenvolvimento do jogo era Beyond the Abyss.
  • O adventure também foi chamado de Underworld. Se tornou Beneath a Steel Sky depois do lançamento Ultima Underworld.
  • Em 02 de agosto de 2003, o Beneath a Steel Sky tornou-se oficialmente freeware. Os criadores do ScummVM, uma interface de jogo criada para tornar jogáveis antigos adventures em sistemas operacionais modernos (se você possui o software original) perguntaram ao desenvolvedor Revolution se eles podiam dar uma olhada no código-fonte para dar suporte total ao jogo em sua interface. Eles conseguiram mais do que esperavam quando a Revolution disponibilizou o jogo completo (versão em CD com música e fala) pra geral.
  • Como dito acima, existe uma história em quadrinhos desenhada do Beneath a Steel Sky por Dave Gibbons. Ela era incluída na caixa na versão original do jogo e serve como uma introdução ao jogo. A partir de 2000, a revista em quadrinhos vem de brinde no GOG e pode ser encontrada online.
  • Durante o jogo, o pequeno robô Joey fala um palavrão (bulls**t), algo que deu o maior rebu à época. Ele também tem fotos dos seios das mulheres na sala de cirurgia plástica. Será que foi daí que surgiu a inspiração para o Bender do Futurama?
  • Como também supracitado, o Beneath a Steel Sky foi um jogo muito bem recebido pela crítica. Ele ganhou prêmios de algumas revistas, como a Amiga Joker (02/1995 – #2 Melhor Adventure de 1994) e a PC Powerplay da Alemanha (06/2005) deu o prêmio de Personagem Secundário Adorável ao Joey.

Mensagem dos programadores no Amiga

Os programadores da versão de Amiga deixaram informações no arquivo executável principal do jogo que descrevem grandes problemas que tiveram com o hardware deficiente desta plataforma*:

“No começo, os programadores estavam felizes e se alegraram a tarefa, pois o Amiga antes brilhava e estava cheio de promessas. Mas então olharam mais de perto e viram a terrível verdade: seus disquetes eram pequenos e lentos (raro era seu disco rígido). E tão pequena era a memória que inicialmente parecia grande; suas configurações também eram estranhas. Então, encontraram outro Amiga, e isso foi um pouco diferente do primeiro. Então um terceiro, e isso foi diferente novamente. Todos diferentes, mas não realmente melhores, pois todos eram pseudo compatíveis com versões anteriores. Mas, eventualmente, aconteceu que o Steel Sky foi implementado em um CBM Amiga legal de 1 metro. E os programadores olharam e viram que era realmente um milagre. Mas eles não estavam felizes e choraram porque ninguém sabia exatamente o que havia sido feito.”

*Traduzido mais ou menos.

Desenvolvimento e lançamento

 O Beneath a Steel Sky foi originalmente iniciado para a Mirrorsoft, em 1991. Quando o jogo estava entrando em seus estágios finais, Robert Maxwell, o proprietário da Mirrorsoft, morreu em um acidente de iate, e a editora, uma vez grande, acabou falindo em dezembro daquele ano. O resultado foi que o jogo ficou em segundo plano por um tempo.

Em março de 1992, a Revolution se aproximou da Virgin e perguntou aos editores se eles queriam publicar Underworld, como o jogo era chamado então, assim como fizeram com o Lure of the Temptress. Isso foi acordado com a condição de que o Revolution usasse o sistema Virtual Theatre 2 – uma atualização do engine usado em Lure of the Temptress.

Foram necessárias cerca de £ 40.000 para fazer o jogo, uma quantia enorme para a empresa na época, mas Beneath a Steel Sky vendeu muito bem no varejo, cerca de 400.000 cópias, quase todas na Europa.

Screenshots

Sobre o download

A versão do Beheath a Steel Sky que temos disponível é a do GOG, a qual é livre para baixar e jogar, necessitando apenas criar uma conta no sistema (caso ainda não tenha uma) e adicionar o game à sua conta.

Além da gratuidade, essa versão já está pronta para rodar no Windows, Mac e Linux (não precisa de você mexer com DOSBox) e vem com brindes diversos: avatares, papeis de parede em HD, a revista em quadrinhos inspirada pelo Beneath a Steel Sky, o manual (15 páginas) e os manuais de segurança.

Idiomas

  • Áudio: inglês;
  • Texto: inglês, alemão, espanhol, francês e italiano.

Requerimentos mínimos em sistema

Veja também

site ou autor do arquivo Revolution Software tamanho do arquivo 87 MB licencaGrátis sistemas operacionais compativeisWindows, Mac e Linux download link Download

Observação: se você gostou deste post ou ele lhe foi útil de alguma forma, por favor considere apoiar financeiramente a Gaming Room. Fico feliz só de ajudar, mas a contribuição do visitante é muito importante para que este site continua existindo e para que eu possa continuar provendo este tipo de conteúdo e melhorar cada vez mais. Clique aqui e saiba como. Obrigado!

Deixe um comentário

Inscreva-se na nossa newsletter!