Action DooM

Action DooM é uma conversão total para Doom II criada pelo Stephen Browning que busca simular o gameplay de jogos de tiro antigos, como Contra ou Metal Slug, no clássico FPS da id Software.

3 de março de 2021

Action DooM é uma conversão total para Doom II criada pelo Stephen “Scuba Steve” Browning e lançada em 2004 que busca simular o gameplay de jogos de tiro run and gun antigos, como Contra ou Metal Slug, no clássico FPS da id Software.

O Action Doom apresenta alguns gráficos retrô combinados com mapas próprios, mecânicas típicas de sidescrolling shooters (você morre com um tiro, por exemplo), arsenal novo e a perspectiva 3D garantida pelo ZDoom e seus derivados.

Uma prequela, Action Doom 2: Urban Brawl foi lançada em 2008, embora apresente um estilo mais focado em reproduzir beat ’em ups antigos.

Vídeo

Acima, temos a resenha que o Icarus fez do Action DooM do jeito dele. Em inglês.

Gameplay

Na tradição dos jogos antigos, não existem armas de hitscan, apenas projéteis. E, assim como no Contra, tanto você como todos os inimigos, exceto pelos chefões e subchefes, tem apenas um ponto de vida.

Para tornar as partidas mais 2D e menos frustrantes, o jogador nunca é atacado por trás nesse mod, e seus níveis são inteiramente lineares (mas não tanto como no Linear Doom, claro).

Em termos de duração, Action DooM tem quatro níveis, com um quinto nível opcional se jogado no nível de dificuldade “Contra”. A jogabilidade e a vida útil do PWAD são expandidas pela inclusão de cinco caminhos separados para seguir, cada um com seu próprio tema exclusivo, embora nenhum deles tenha qualquer impacto no final.

Enredo

O ano é 2174. A Union Aerospace Corporation (UAC) está mexendo com forças além do seu controle. Em uma ilha remota no Golfo do México, o governo americano financiou a construção de laboratórios ultrassecretos Site 4 Labs da UAC, e ela deveria ser responsável pelo trabalho que o governo não quis mostrar ao público. Originalmente, a base foi construída para investigar formas de vida terrestre enterradas profundamente abaixo da superfície do nosso planeta. Recentemente, no entanto, cientistas e oficiais do exército juntos começaram experimentos de teletransporte para outras dimensões. Usando esta nova tecnologia de portal, o governo dos Estados Unidos criou um portal para o Inferno.

Como se as coisas não pudessem ficar ainda mais complicadas, os cientistas no UAC Site 4 começaram a alterar geneticamente os demônios trazidos de volta do inferno, com o DNA dos alienígenas encontrados no local de acidente. Se ao menos eles pudessem ficar sem fazer nada…

Mas já se passou uma semana desde que qualquer contato foi feito com Site 4, e o governo tem apenas uma opção restante, os homens e mulheres da força-tarefa governamental de elite conhecida como I.M.P.S.E, que deve partir para o local e descobrir o que aconteceu com a instalação da UAC.

Curiosidades

  • Lançado em 2004, o Action Doom teve como objetivo não apenas criar um mod, mas também inventar e comercializar um produto imaginário com a intenção de simular o ambiente da era dourada dos games do início dos anos 90 e revigorar a comunidade de Doom que estava estagnada à época.
  • Como parte dos seus esforços em direção ao objetivo descrito acima, o autor tentou gerar o máximo de entusiasmo e interesse enquanto não mostrava quase nenhuma screenshot ou informação preliminar do projeto, deixando esses itens para a imaginação da comunidade.
  • O desenvolvimento do Action DooM começou em 2001 como um mod de armas que disparava projéteis em vez de hitscan, e chegou a ser chamado de “Metal Slug Doom”.
  • O Scuba Steve obteve ajuda de ajuda adicional de Mike “Cyb” Watson, Julian Aubourg e Kara “Nanami” Rader para criar esta conversão total.
  • O autor dedicou uma porção significativa de tempo para criar “anúncios” em blogs e realizou vários concursos distribuir prêmios relacionados ao Action DooM
  • Action DooM trouxe seis canções até então inéditas, todas criadas por Julian Aubourg.

Screenshots e imagens

Compatibilidade

O autor garante que o Action DooM deve funcionar com o ZDoom 2.63 ou versões mais recentes deste port. Testei com o GZDoom 4.5.0 e parece que foi tudo de boa. Deve ir suave com qualquer versão do LZDoom. Ele também precisa do IWAD do Doom II: Hell on Earth, sendo que os do Final Doom e o da Phase 2 do Freedoom devem servir também (testa aí e me fala).

Não sei se isso ainda é relevante nos ports mais modernos, mas o criador do PWAD recomenda entrar no Options > Display Options > Messages e ativar “Scale Text in High Res”, mas isso não é obrigatório.

Mais informações e mods para Doom

site ou autor do arquivo Stephen Browning tamanho do arquivo 13,9 MB licencaGrátis download link Download

Observação: se você gostou deste post ou ele lhe foi útil de alguma forma, por favor considere apoiar financeiramente a Gaming Room. Fico feliz só de ajudar, mas a contribuição do visitante é muito importante para que este site continua existindo e para que eu possa continuar provendo este tipo de conteúdo e melhorar cada vez mais. Clique aqui e saiba como. Obrigado!

Deixe um comentário

Inscreva-se na nossa newsletter!