Chase H.Q.

7 de dezembro de 2018

Chase H.Q. (チェイスH.Q.) é um jogo desenvolvido e lançado pela Taito em novembro de 1988 para os fliperamas. Em Chase H.Q., o jogador assume o papel de um policial chamado Tony Gibson que, junto com o seu parceiro Raymond Broady, tem que partir em perseguições em alta velocidade para impedir que criminosos escapem. O jogo tem controles muito bons, o que somado a boa trilha sonora e gráficos torna-o potencialmente bastante divertido, porém é bem papa-fichas.

Considerado um sucessor espiritual do Full Throttle, um jogo da Taito (e não o adventure da LucasArts de 87), o Chase H.Q. foi sucesso de crítica, o que justificou o surgimento de quatro sequências oficiais: S.C.I. – Special Criminal Investigation (1989), Super Chase – Criminal Termination (1992), Ray Tracers (1997) e Chase H.Q. 2 (2007), além de dois spin offs: Crime City (1989) e Quiz H.Q. (1990). Isto também foi incentivo para o game ser portado para diversas outras plataformas, inclusive como parte de coletâneas.

Embora superficialmente semelhante em tecnologia ao Out Run, lançado pela Sega dois anos antes, o Chase H.Q. apresenta avanços técnicos em relação a este título, no que concerne as perspectivas, colinas e divisões de pistas. O jogo foi muito bem recebido pela crítica, assim como as versões portadas pela Ocean Software para os computadores pessoais. Além disto tudo, o Chase H.Q. é considerado o precursor de títulos como Driver e Burnout.

Enredo

Tony Gibson, membro do Chase Special Investigation Department (algo como “Departamento de Investigação Especial de Chase”), junto com seu parceiro, Raymond Broady, são dois policiais disfarçados que devem impedir criminosos perigosos de escapar em perseguições de alta velocidade, guiando um Porsche preto, no melhor estilo do seriado oitentista Miami Vice.

Vídeo

O vídeo acima mostra o gameplay e compartilha vários dados e curiosidades a respeito deste game. Foi feito pelo canal Defenestrando Jogos e é a principal fonte de dados para esta publicação.

Gameplay

Em Chase H.Q., o jogador tem um determinado tempo em segundos para pegar o criminoso e depois mais um prazo para danificar e inutilizar o seu carro, impedindo-o de fugir. É parecido com aqueles joguinhos de perseguição para browsers, só que com perspectiva e gráficos bem parecidos com os de Out Run. Aliás, como neste jogo da Sega, o Chase H.Q. tem as famosas bifurcações que oferecem aos jogadores escolha de rotas, embora a rota selecionada seja apenas um desvio temporário e determina a rapidez com que o criminoso é pego.

O Porsche do jogador é equipado com um número limitado de turbo (ou nitro) que, quando utilizado, dá uma aceleração extra bem potente, embora sacrifique o controle do carro. O turbo deve ser usado com sabedoria, senão o jogador não terá a chance de capturar o criminoso antes de acabar o tempo.

O jogo tem cinco fases. Tanto o limite de tempo inicial para chegar ao criminoso quanto a extensão para pegar o vagabundo são 60, 65 ou 70 segundos. Os vilões da versão de fliperama são:

  1. Ralph, the Idaho Slasher (White Lotus Esprit);
  2. Carlos, the New York armed robber (Yellow Lamborghini Countach);
  3. Chicago pushers (Silver Porsche 959);
  4. L.A. kidnapper (Blue Ferrari 288 GTO);
  5. Eastern Bloc Spy (Red Porsche 928).

Screenshots

As screenshots acima foram tirados da versão de arcade do Chase H.Q. e foram ampliadas. A resolução original é raster, 320×240.

Ports

Como disse acima, o Chase H.Q. foi levado para outros sistemas além dos fliperamas:

  • ZX Spectrum (1988);
  • CPC (1989);
  • Amiga (1989);
  • Atari ST (1989);
  • Famicom (8 de dezembro de 1989);
  • Commodore C64 (1990);
  • Master System (1990);
  • PC Engine (26 de janeiro de 1990);
  • Game Boy (1991);
  • Sharp X68000 (1992);
  • FM Towns PC (1993).
  • Game Gear (8 de março de 1991);
  • Saturn (9 de agosto de 1996);
  • Game Boy Color (EU, agosto de 1999), Chase H.Q. – Secret Police;
  • Game Boy Color (26 de maio de 2000), Taito Memorial – Chase HQ – Secret Police;
  • PlayStation 2 (29 de março de 2007), Taito Memories II Gekan;
  • Wii (28 de julho de 2008);

Curiosidades

  • Chase H.Q. foi, sem dúvida, o primeiro jogo que utilizou sprite-scale depois que a Sega lançou o lendário Out Run, mexendo com o imaginário de todos que jogavam e produziam jogos na época;
  • No início de cada fase, quando Nancy, no QG da Chase liga para a rádio, a frequência é sempre 144.X MHz. Esta é, na verdade, a banda de 2 metros de frequências radioamadoras;
  • Como eu já falei, a inspiração do Porsche preto veio do seriado Miami Vice, um programa muito popular dos anos 80, embora eu ache ele meio ruim;
  • O policial Tony Gibson é o branco e o Raymond Broady é o negro, assim como era a dupla de protagonistas do Miami Vice;
  • A Ocean Software que portou o Chase H.Q. para os computadores pessoais;
  • A versão japonesa tem diferentes vozes, já que conta com atuações de voz neste idioma;
  • O Chase H.Q. foi premiado no EMAP Golden Joystick Awards 1990 (revista ACE #33, 1990/6) como Winner Best 8-Bit Soundtrack;

Deixe um comentário

  • Inscreva-se na nossa newsletter!

  • Nos siga nas redes sociais!

  • Páginas

  • Áreas especiais

  • eXTReMe Tracker
    Copyright © 2001 - 2018 Gaming Room. Todos os Direitos Reservados - É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste site sem o consentimento dos autores.