Marvel vs. Capcom: Clash of Super Heroes

9 de fevereiro de 2018

Marvel vs. Capcom: Clash of Super Heroes (マーヴル VS. カプコン クラッシュ オブ スーパー ヒーローズ), ou apenas Marvel vs. Capcom, é um jogo de luta desenvolvido e lançado pela Capcom, originalmente, no dia 23 de janeiro de 1998 para os fliperamas. O terceiro game da série de crossovers entre a Marvel e Capcom traz 15 personagens das HQs e das franquias de games jogáveis (além dos assistentes) lutando para ver quem vai enfrentar e derrotar o terrível vilão Onslaught.

Uma das novidades do Marvel vs. Capcom é que ele conta com lutadores não apenas dos Street Fighters, mas também de outras franquias da desenvolvedora japonesa, ao contrário do que acontecia com o jogo anterior desta série, Marvel Super Heroes vs. Street Fighter.

O Marvel vs. Capcom é reconhecidamente um jogo muito bom, embora um tanto quanto fácil (como muitos desta série). Sua recepção tanto de crítica quanto de público justificou portes para o Dreamcast (25 de março de 1999) e o PlayStation (11 de novembro de 1999). Além destas versões, o game também foi relançado em 2012 na coleção Marvel vs. Capcom Origins para o PlayStation 3 e Xbox 360, que contavam com alta definição, partidas online, replays e desafios. Eu joguei a versão de Dreamcast na época e, embora minha memória possa estar a me pregar peças, lembro que era bastante fiel ao original do CPS-II. Já a do PlayStation parece que era meio capada (sem tag team battles, por exemplo) devido à menor capacidade de RAM deste console.

Além dos ports, o Marvel vs. Capcom ganhou uma sequência direta lançada em 2000, o Marvel vs. Capcom 2: New Age of Heroes.

Vídeo

O vídeo acima é o nosso vigésimo terceiro episódio do Velharia (nossa série a respeito de jogos antigos), onde eu mostrei uma partida do Marvel vs. Capcom: Clash of Super Heroes sendo zerada com o Ryu e o Captain Commando, demonstrei algumas manhas do jogo e partilhei algumas informações e curiosidades sobre este delicioso game de luta 2D.

Enredo

O game se passa na continuidade dos quadrinhos da Marvel, quando o Professor Charles Xavier convoca os heróis para impedi-lo antes que ele se funda com a consciência do Magneto e se transforme no Onslaught (Massacre), uma entidade maligna com superpoderes formidáveis que combinam e excedem os de Xavier e Magneto.

Gameplay

O Clash of Super Heroes é um jogo de luta 2D que tem a jogabilidade similar aos dos outros jogos da série Marvel vs. Capcom e mantém o esquema de batalha de duplas visto no Marvel Super Heroes vs. Street Fighter. Os gráficos e efeitos sonoros e estilo do game continuam basicamente os mesmos também, mas o game de 1998 conta com algumas inovações em relação aos títulos anteriores, como a habilidade de chamar assistentes diferentes (antes era o lutador parceiro que assistia), escolhidos aleatoriamente pra cada batalha e com uso limitado; e o “Duo Team Attack”, onde os dois lutadores atacam o adversário simultaneamente, inclusive usando os especiais a vontade por um certo limite de tempo. Como a versão de PlayStation não tem tag team, o Duo Team Attack apenas chama o assistente repetidamente, ao invés de permitir que ambos lutadores ataquem simultaneamente o adversário.

O resto é basicamente a mesma coisa de sempre: o jogador vai enfrentando os outros personagens selecionáveis normalmente até chegar no Onslaught, o chefão. Ele tem duas formas: na primeira delas, é o único componente que é mais complicado de vencer do game, mas tem manha, como você pode ver no nosso vídeo com o playthrough do Marvel vs. Capcom acima.

Curiosidades

  • A primeira revisão do MvC data de dezembro de 1997, mas a maioria dos fliperamas não receberam o jogo até janeiro de 1998;
  • Marvel vs. Capcom é conhecido como o vigésimo oitavo game lançado para o CPS-II;
  • O game foi exibido na AOU Amusement Expo de 1998, no Japão;
  • Existem rumores que a razão do War Machine estar disponível ao invés do Homem de Ferro (apesar que o Hyper-Armor War Machine do jogo tenha golpes similares aos do Homem de Ferro) é que a Capcom não tinha os direitos para usar o Iron Man na ocasião;
  • Os backgrounds do jogo são inspirados principalmente na famosa saga Onslaught, ou Massacre, publicada em 1996. Como nas HQs, o Onslaught aparece em duas formas, onde depois da primeira ser derrotada, é revelada sua aparência definitiva;
  • O recorde oficial deste jogo é de Shirley Burton, com 1119300 pontos;
  • O jogo tem uma trilha sonora memorável que foi lançada em edição limitada pela Suleputer em 21 de março de 1998;
  • Este é mais um das máquinas que o Michael Jackson tinha em casa e que também foi vendida no leilão do cantor, no dia 24 de abril de 2009.

Saiba mais

Deixe um comentário

  • Inscreva-se na nossa newsletter!

  • Nos siga nas redes sociais!

  • Páginas

  • Áreas especiais

  • eXTReMe Tracker
    Copyright © 2001 - 2018 Gaming Room. Todos os Direitos Reservados - É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste site sem o consentimento dos autores.