E1M8b: Tech Gone Bad

16 de janeiro de 2016

E1M8b: Tech Gone Bad, ou simplesmente E1M1b, é um remake da oitava missão do primeiro episódio do Doom clássico (Phobos Anomaly) feito pelo próprio John Romero, um dos principais criadores do famoso game da id, que foi lançado no dia 15 de janeiro de 2016.

Depois de 21 anos sem lançar nenhum mapa este icônico FPS, Romero construiu esta nova fase como forma de aquecimento (leia-se promoção) do seu futuro jogo Blackroom, que até hoje a gente não sabe o que deu. Este WAD é adequado para ser jogado no single player, cooperativo ou no deathmatch.

“Já se passaram 21 anos desde que eu criei uma fase para o DOOM. Aqui é a minha versão do E1M8 usando o DOOM1.WAD” disse Romero em seu Twitter pessoal no dia 15 de janeiro de 2016. Ele também usou apenas recursos disponíveis na versão shareware do game, o que permite que o novo WAD possa ser jogado até nela, desde que o port usado não bloqueie o processo. Além disto, este foi o primeiro mapa que Romero criou usando um editor de terceiros (Doom Builder) ao invés do seu próprio DoomEd.

Achei o mapa muito interessante e desafiador. Ao mesmo tempo que ele é bem amplo, com grandes espaços abertos, ele tem vários lugares intrincados e fechados dentro das estruturas. As armadilhas e a falta de munição vão te deixar alerta o tempo todo.

O E1M8b foi um dos top 10 WADs agraciados com um Cacoward, uma espécie de Oscar do Doom, na edição de 2016 da premiação.

Vídeos

Acima, temos um vídeo fizemos jogando casualmente a E1M8b com o mod Combined Arms para ajudar na exploração do mapa. Acabou sendo uma apresentação do mesmo.

Exibir conteúdo: Mais vídeos

Enredo

Depois de deixar a Computer Station e ainda sem ter encontrado o lugar de onde os demônios estavam saindo, você sabia que o pior viria logo a seguir. A porta de aço fecha logo quando você percebe onde está: na Anomalia de Phobos. Rachaduras com infiltração do Inferno estão em toda a instalação. Agora é hora de achar o portal e impedir os demônios de atravessá-lo. Você sabe que a UAC tinha centenas de cientistas trabalhando em um laboratório de alta tecnologia em algum lugar nesta área, e o portal deve conectar-se a ele de alguma forma.

Screenshot

E1M8b

Créditos adicionais

John C., Adrian C., Tom H., Kevin C., Sandy P., Dave T., Pascal “CodeImp” vd Heiden (pelo Doom Builder), a comunidade do Doomworld e Linguica e J.P. LeBreton pelos testes.

Compatibilidade

Como dissemos acima, o E1M8b é compatível com os PWADs do Doom Shareware, Doom, The Ultimate Doom e da phase 1 do Freedoom. Entretanto, nem todo port carrega mods com o DOOM1.WAD (da versão shareware do Doom). Conseguimos fazer isto com o Zandronum 2.0.

Outro detalhe é que o E1M8b não funciona no DOOM.EXE, como você pode ter sido levado a crer. Ele necessita um port avançado que remove limites (limit-removing), servindo engines como o ZDoom, GZDoom, Zandronum, LZDoom, Crispy Doom, EDGE e outros.

Mais informações e mapas para Doom

site ou autor do arquivo John Romero tamanho do arquivo 203 KB licencaGrátis download link Download

Deixe um comentário

  • Inscreva-se na nossa newsletter!

  • Nos siga nas redes sociais!

  • Páginas

  • Áreas especiais

  • eXTReMe Tracker
    Copyright © 2001 - 2019 Gaming Room - Powered by Facínora!