Galaga

16 de abril de 2020

Galaga é um shoot ’em up desenvolvido pela Namco e lançado originalmente em setembro de 1981 pros fliperamas japoneses que coloca o jogador pilotando uma nave espacial com a missão de destruir os alienígenas que aparecem no canto superior da tela.

Sequencia direta do Galaxian, o Galaga é um dos jogos de mais sucesso comercial (embora não tenha vendido tanto como o antecessor) e de crítica de sua época, recebendo ports para um grande número de plataformas e gerando ainda mais sequências, além de remakes, relançamentos e incontáveis clones.

Além do estrondoso sucesso, o Galaga deixou um enorme legado, sendo referenciado inúmeras vezes na cultura popular até os dias de hoje.

Vídeo

Como hoje é domingo, vamos adicionar aqui um gameplay pra você ter algo decente pra assistir, o do Galaga, um clássico e antigo SHMUP do início dos anos 80. O vídeo foi feito pelo canal Defenestrando Jogos e é bem informativo e divertido.

Gameplay

Em Galaga, você controla um caça espacial que só se move para a esquerda e direita na parte inferior da tela e tem que atirar nos invasores alienígenas, evitando bombas e ataques suicidas deles. A tela não tem rolagem, como em vários shoot ’em ups que vieram depois, mas fica um background no fundo simulando movimento.

O objetivo em Galaga é pontuar o máximo o possível, destruindo os inimigos que tem aspecto de insetos e vêm em formações do topo da tela. Há um número infinito de fases e, a cada três, vem um estágio de desafio (Challenging Stage) no qual vêm 40 aliens que não lançam bombas te dando a chance de atirar no máximo que puder para acumular pontos de bônus (se todos forem destruídos, garante-se 10.000 pontos).

A partir da 4ª fase, um esquadrão de bônus especiais chamados “transforms”, as Abelhas (Bees) que pulsam e saem da formação e se transformam em bônus, começam a aparecer. Eles aparecem na forma de escorpiões amarelos nas fases 4, 5 e 6, “Spy Ships” verdes de um jogo chamado Bosconian nas fases 8, 9 e 10, e Galaxian Flagships nas fases 12, 13 e 14. Depois disso, as três transformações diferentes são repetidas na mesma ordem e são sempre alvos que valem a pen,a porque não são muito agressivas e valem mais do que os outros inimigos. Se todas as três transformações forem destruídas, pontos extras serão concedidos.

Certos alienígenas têm um raio trator que podem capturar uma das naves do jogador. Se não for a última vida e este alien for destruído, a nave é recapturada e pode-se controlar as duas ao mesmo tempo, duplicando seu poder de fogo. Caso contrário, a navinha vai mudar de cor e se juntará aos aliens.

A dificuldade em Galaga é progressiva: na primeira fase, os inimigos não largam bombas, mas depois que se progide pelo game, começam a fazer isso, ficam cada vez mais rápidos e se juntam formações cada vez mais complexas.

A configuração padrão para vidas extras as concede uma pontuação de 20.000, 70.000 e a cada múltiplo de 70.000. No entanto, não importam as configurações: depois de passar de 1.000.000 pontos, não se concederá mais vidas extras. Além disso, o segundo jogador pode ter pontuações de até 8 dígitos, sendo este o primeiro jogo de arcade de vídeo a ter esse recurso. A exibição de high score, no entanto, atinge o máximo de seis dígitos.

Outra das novidades que o Galaga traz em relação ao primeiro jogo da série é uma tela de resumo que aparece quando o jogo acaba, dando a você tanto a pontuação final quanto a “taxa de acerto” final – o número de mísseis disparados, inimigos destruídos e a porcentagem de alvos atingidos. Outras são a chance de controlar duas naves ao mesmo tempo, como dito acima,e a opção de rapid fire, onde o jogador simplesmente aperta o botão de tiro e a nave espacial dispara continuamente dois projéteis em direção ao exército Galaga.

Pontuação

  • Bee (Abelha): 50 pontos em formação ou 100 pontos em voo;
  • Butterfly (Borboleta): 80 pontos em formação ou 100 pontos em voo;
  • Chefe Galaga (o que captura sua nave): 150 pontos em formação ou 100 pontos em voo;
  • Chefe Galaga: 800 pontos em voo com 1 wingman;
  • Chefe Galaga: 1.600 pontos em voo com 2 wingman;
  • Scorpions (Escorpiões): 160 pontos cada, 1,000 pontos por destruir todos os 3.
  • Bosconian Spy Ships: 160 pontos cada, 2.000 pontos por destruir todos os 3.
  • Galaxian Flagships: 160 pontos cada, 3.000 pontos para destruir todos os 3.
  • Nave capturada: 500 pontos em formação ou 1000 pontos em voo;
  • Challenging Stage (Fase de Bônus): 100 pontos por alien destruído se menos de 40;
  • Challenging Stage: 10.000 pontos por destruir todos os 40 aliens (Perfect);
  • Challenging Stage: 1.000 pontos nos dois primeiros Challenging Stage, 1.500 pontos no 3º e 4º, 2.000 pontos no 5º e 6º e 3.000 pontos a partir do 7º para a destruição de uma formação completa de 8 aliens.

Zerando o jogo

Embora o Galaga seja um jogo infinito, o que acontece depois de terminar fase 255 depende do nível de habilidade definido nos DIP switches:

  • No fácil, o jogo é reiniciado;
  • no médio, o game vai para “Estágio 0”, o qual é tipo um estranho cruzamento entre o 2º estágio de bônus e um nível comum onde os inimigos atiram. O jogo avançará para o estágio 1 após a conclusão e ficará fácil novamente;
  • no difícil, as palavras “Estágio 0” permanecem na tela para sempre e nenhum inimigo a mais aparece. O jogador pode continuar a mover e disparar com a nave, mas não há como avançar para o próximo nível ou morrer. Para jogar novamente, a máquina deve ser reinicializada;
  • no mais difícil, o game vai para o “Estágio 0”, que joga como o Estágio 1 (sem inimigos extras ao voar na tela), mas ainda é tão difícil quanto o Estágio 255. O jogo avançará para o Estágio 1 após a conclusão e vai ficar fácil de novo.

P.S.: você pode encontrar dicas, truques e easter eggs do Galaga aqui!.

Curiosidades

  • Embora Galaga fosse um jogo superior, não vendeu tanto como o Galaxian.
  • A sua trilha sonora foi composta por Nobuyuki Ohnogi.
  • Galaga foi um dos primeiros jogos com uma fase de bônus.
  • O score do game “rola” o atingir 999.990 pontos. O contador de pontuação 1P tem seis dígitos, mas o contador 2P tem sete dígitos. Portanto, a maioria dos bons jogadores inicia um jogo de 2 jogadores mas usa exclusivamente o controle do 2P, de modo que sua pontuação não seja “rolada” aos 999.990.
  • Se o jogador tiver mais de sete naves extras, o marcador da tela mostrará apenas 7 1/2 naves restantes. Os caças extras ainda serão creditados, mesmo que não sejam exibidos.
  • No Japão, as abelhas (Bees) são chamadas de ‘Zako’ e as borboletas são chamadas de ‘Goei’.
  • Stephen Krogman detém o recorde oficial do Galaga com 15,999,990 pontos.
  • Uma máquina de Galaga aparece nos filmes WarGames (1983), Spring Break (1983), The Karate Kid (1984), Planes, Trains and Automobiles (1985) e The Avengers (2012). Também apareceu no Two and a Half Men no segundo episódio da 5ª temporada deste sitcom americano que só foi bom até a s02. Estes são apenas alguns exemplos de como este clássico foi referenciado na cultura pop.

Ports

Como dito acima, saíram versões do Galaga para várias outras plataformas, sendo que, em algumas delas, este jogo fez parte de alguma coletânea.

Screenshots

Série

O Galaga também é o segundo jogo de uma série de 13 títulos:

  1. Galaxian (1979);
  2. Galaga (1981);
  3. Gaplus ou Galaga 3 (1984);
  4. Galaga ’88 (1987);
  5. Galaxian 3 Theatre 6 – Project Dragoon (1990);
  6. Galaxian 3 Theatre 6 J2 – Attack of the Zolgear (1994);
  7. Galaga Arrangement – Parte da Namco Classics Collection Vol.1 (1995);
  8. Galaga – Destination Earth (2000, GBA, PC e PlayStation);
  9. Galaga Arrangement – parte da Namco Museum Battle Collection (2005, PSP);
  10. Galaga Remix – parte da Namco Museum Remix (2007, Wii);
  11. Galaga Legions (2008, XBLA);
  12. Galaga Legions DX (2010, PSN, XBLA);
  13. Galaga 3D Impact – Parte do Pac-Man & Galaga Dimensions (2011, Nintendo 3DS).

Veja também

Observação: se você gostou deste post ou ele lhe foi útil de alguma forma, por favor considere apoiar financeiramente a Gaming Room. Fico feliz só de ajudar, mas a contribuição do visitante é muito importante para que este site continua existindo e para que eu possa continuar provendo este tipo de conteúdo e melhorar cada vez mais. Clique aqui e saiba como. Obrigado!

Deixe um comentário

Inscreva-se na nossa newsletter!