Blizzard perde patrocínio milionário por banir jogadores que apoiam Hong Kong

31 de outubro de 2019

O caos na Blizzard não apenas permanece, como elevou seu grau, com a firma agora perdendo um patrocínio milionário após banir jogadores que apoiam Hong Kong contra a tirania comunista.

Segundo um site lixo aí que eu não quero citar o nome, mas rima com a parte do corpo onde os seus articulistas e leitores gostam de tomar, a Mitsubishi Motors decidiu parar de financiar todos os eventos de eSports da Blizzard, o que fazia através de uma filial taiwanesa.

A galera começou a perceber que, desde o início do mês, o logotipo da fabricante japonesa parou de aparecer ao lado dos casters da Blizzard. Eventualmente, o encerramento do patrocínio foi confirmado por um representante desta empresa no Daily Beast.

Também rola aí uns papos que muita gente vai para a Blizzcon 2019, evento que deve se iniciar amanha (1/11), para protestar contra essas presepadas que a Blizzard anda a aprontar. Pelo visto, nem se tiver anúncio do Diablo IV, mesmo que o jogo pareça perfeito (o que eu duvido), a empresa vai conseguir desviar o foco.

Atualização (1/11/2019): Abriram a BlizzCon 2019 anunciando Diablo IV, Overwatch 2 e outras bicheiras.

Vídeos

Os vídeos abaixo comentam a perda do patrocínio milionário da Blizzard e assuntos relacionados:

Fontes e mais notícias

Deixe um comentário

  • Inscreva-se na nossa newsletter!

  • Nos siga nas redes sociais!

  • Páginas

  • Áreas especiais

  • eXTReMe Tracker
    Copyright © 2001 - 2019 Gaming Room - Powered by Facínora!