Murder in a Wheel

20 de julho de 2020

Murder in a Wheel é um adventure retrô e independente de curta duraçào desenvolvido por Renzo Thönen e lançado em 2007 que guarda semelhanças inconfundíveis com clássicos da LucasArts do gênero, como Day of the Tentacle, Maniac Mansion e Monkey Island.

O jogo, cujo enredo desenrola-se ao redor de um misterioso assassinato do hamster de uma dondoca, foi criado com o AGS (Adventure Game Studio) e é disponível para Windows. O autor levou um semestre de trabalho na Zurich University of the Arts de para desenvolver o Murder in a Wheel, o que lhe rendeu o Prêmio de Melhor Jogo AGS Curto em 2007.

Vídeo

O vídeo acima é do canal skullkid3 e faz um gameplay comentado (em inglês) do Murder in a Wheel.

Enredo

Roderick, o hamster de estimação de Lady Blackwin, foi cruelmente assassinado. Seu marido, Lord Blackwin, procura o detetive amador/entregador de pizza Lionel Ulmer para resolver o caso e encontrar o assassino do bichinho tão amado por sua esposa. Curiosamente, Roderick foi morto em uma sala que permaneceu trancada por toda a noite…

Gameplay

O Murder in a Wheel é bastante curto, mas é um jogo feito para garantir risadas ao logo do caminho. Ele usa uma interface simples e clássica point and click e existem algumas palavras na parte inferior da tela (Give, Open, Talk to, Pick Up etc.), que Lionel pode usar para interagir com o mundo. Os itens de inventário estão no canto inferior direito da tela e são mostrados como ícones. Pode-se também salvar, carregar ou sair do game a qualquer momento, bastando pressionar [F5].

Ao tentar resolver os quebra-cabeças do MiaW, Lionel solta, por vezes, alguns comentários muito engraçados, mas o tempo todo mantendo uma cara séria. Isto meio que resume o tom do jogo.

Análise*

O estilo gráfico do MiaW lembra bastante o Day of the Tentacle, um dos melhores adventures de todos os tempos, contando com bastante pixel art, cores vibrantes e fortes, um bom nível de detalhamento no fundo, proporções malucas e fluidas e personagens animados caricaturalmente.

O design de som desse jogo, por sua vez, é ótimo para o que se propõe. Conta com barulhos do sininho do hamster, de passos, portas abrindo e fechando etc. A trilha sonora é composta de interpretações em MIDI de músicas de outros jogos e, portanto, embora tenham sido boas escolhas que combinam perfeitamente com o resto e adicionam apelo cômico, não são originais.

Já os quebra-cabeças do Murder in a Wheel apresentam dificuldade média, mas são criativos o suficiente para serem interessantes. O objetivo deste adventure é solucionar um assassinato: uma vez que você obtém evidências, deve apresentá-las ao seu cliente para provar um ponto, o que é uma mecânica muito bem feita.

Por fim, o Murder in a Wheel é um game que deve agradar os fãs da velha guarda do gênero, combinando um enredo original e bem humorado com elementos e interface emprestados dos clássicos. Sim, no caso das músicas foram emprestados até demais, mas isso é café pequeno.

*essa análise foi traduzida e adaptada do finado site Freehare.

Screenshots

Veja também

site ou autor do arquivo Renzo Thönen tamanho do arquivo 3,7 MB licencaFreeware sistemas operacionais compativeisWindows download link Download

Observação: se você gostou deste post ou ele lhe foi útil de alguma forma, por favor considere apoiar financeiramente a Gaming Room. Fico feliz só de ajudar, mas a contribuição do visitante é muito importante para que este site continua existindo e para que eu possa continuar provendo este tipo de conteúdo e melhorar cada vez mais. Clique aqui e saiba como. Obrigado!

Deixe um comentário

Inscreva-se na nossa newsletter!