Mais confusões em torno do Borderlands 3

18 de setembro de 2019

O Borderlands 3 foi lançado recentemente, no dia 13 de setembro de 2019, trazendo confusões em seu redor, pra variar.

Apesar de ter sido bem recebido pela crítica (exceto pela PC Gamer) e de parecer estar se saindo bem no mercado (segundo o CEO da desenvolvedora do Borderlands 3), o fato de não ter fórum do jogo na Epic, sendo este exclusivo desta loja, está fazendo os jogadores pedirem suporte no Steam.

Comentei este e outros fatos peculiares na 87ª edição das Notícias do Facínora, nossa série de vídeos jornalísticos do canal:

Como fundo do vídeo acima, resolvi jogar uma partida do Hack M7 do Street Fighter II’ – Champion Edition, embora eu esteja bem destreinado neste excelente Street Fighter “de rodoviária”.

Enfim, desde que ficamos sabendo do Borderlands 3, no Notícias do Facínora do Lula (51), um monte de polêmicas, sendo uma delas pura maldade, surgiram ao redor do título:

  • O jogo foi anunciado como exclusivo da loja da Epic, algo que desagradou muitos por uma série de razões. Creio que uma delas é o fato da Epic poder estar roubando dados das contas do Steam de usuários;
  • Devido à insatisfação acima, o pessoal começou a dar nota ruim nos reviews do jogo. Isto fez a Valve, quem manda no Steam, suprimir as críticas negativas nos Borderlands nesta loja, como resultado, o que pode abrir precedentes ruins, ao meu ver;
  • Randy Pitchford, o CEO da desenvolvedora do jogo, chamou os fãs de “p*tinhas”;
  • Depois, apareceu uma onda aí de um personagem do joguinho, uma espécie de robô que se identificava com não sei o que aí. Quem usasse o pronome “errado” para se referir ao tal personagem, estava sendo banido dos fóruns;
  • Teve também a grande maldade que a 2K Games, publisher do Borderlands 3, arrumou com o Supmatto, um youtuber que era fã desta série de jogos. Não apenas enviaram uns capangas para intimidar e encher o saco do cara por um erro que foi causado pela própria firma, mas depois encheram o canal do cara de strike até este ser removido do YouTube. Supmatto tinha mas de 130 mil inscritos e isso foi uma palhaçada que me deu a convicção que jamais darei um tostão furado para esses canalhas da Take-Two Interactive (a empresa matriz da Gearbox e 2K Games).

Agora, o pessoal está querendo reclamar de bugs, pedir dicas de performance ou simplesmente procurar gente para jogar junto, mas, como não tem fórum na loja da Epic, eles foram pro fórum do Borderlands 2 no Steam.

Parece que a maioria das perguntas são sinceras, e não trollagem, mas os moderadores estão apagando todos os tópicos, no máximo recomendando que procurem o fórum oficial do jogo. Não sei qual é o problema deste fórum, mas, pelo que vi, parece que não é específico para PC (o jogo foi lançado para Windows, PlayStation 4 e XBox One). Pode ter outros motivos também, como pouca gente respondendo, interface ruim, sei lá.

Enfim, parece que o jogo é bom, mas é lixado quando vem incompleto ou cheio de problemas. O que adianta corrigirem posteriormente depois que você já zerou a bagaça? Também, essa loja da Epic só anda a queimar o filme. Por estes e por outros motivos, nem vou perder meu tempo com esse Borderlands 3 aí.

Mais vídeos

No vídeo abaixo, o cara do canal The Quartering comentou as declarações de Randy Pitchford, o CEO da Gearbox (desenvolvedora do Borderlands 3):

Já o próximo vídeo, da CENTRAL, fala que esse papo do jogo ter vendido muito não é bem assim, e conta mais fuleragem desse pessoal da Take-Two:

Tem também este outro vídeo da CENTRAL que fala que estão manipulando análises do Borderlands 3 e que o jogo está cheio de problemas. Ou seja, essas análises positivas que o título recebeu, pode ser tudo mentira:

Fontes e mais notícias

Deixe um comentário

  • Inscreva-se na nossa newsletter!

  • Nos siga nas redes sociais!

  • Páginas

  • Áreas especiais

  • eXTReMe Tracker
    Copyright © 2001 - 2019 Gaming Room - Powered by Facínora!