Syndicate Wars

Syndicate Wars é um jogo de tática em tempo real cyberpunk de 1996 onde você controla uma de duas forças sinistras que estão lutando pelo domínio do mundo. Seu objetivo é ajudá-las em 60 missões violentas.

7 de agosto de 2021

Syndicate Wars é um jogo de estratégia estilo tática em tempo real com temática cyberpunk que se passa num futuro distópico dominado por uma megacorporação que estabeleceu um controle totalitário sobre a população. Sequencia direta do primeiro Syndicate, este game foi desenvolvido pela Bullfrog Productions e lançado originalmente em 31 de outubro de 1996.

Publicado pela Electronic Arts e disponibilizado para MS-DOS, PlayStation, PlayStation 3, PSP, Mac e Windows, o Syndicate Wars foi geralmente bem recebido pela crítica. Além disso, é avaliado de forma extremamente positiva pelos jogadores no GOG, pelo menos até o momento.

Creio que o game deve ter se dado bem no mercado também, pois o $uce$$o justificaria dar à série mais sequências, diretas ou espirituais, como o Syndicate (2012), Satellite Reign (2013) e o Creation (cancelado).

Vídeos

Acima, temos um vídeo com o gameplay do Syndicate Wars.

O outro vídeo é um longplay narrado (em inglês) do game sendo jogado com a facção Church of the New Epoch. Tem 56 vídeos no total.

Sinopse

Lembre-se, os mansos não herdarão nada.” – Livro do Cataclismo

Parabéns por se tornar o nosso mais novo Executivo da EuroCorp! Agora, você tem a honra distinta de ser um dos poucos que determinarão os rumos de nossa empresa. Sua autorização EX-ALFA3 permite usar o Marionette Remote Drone Operation Suite. Seu esquadrão seguirá todas as ordens sem falhar ou questionar, e você é livre para eliminar ou destruir quaisquer alvos que achar adequado. Isso será útil para você, pois os fanáticos da Church of the New Epoch (algo como Igreja da Nova Época) pensam que podem competir com nossa corporação. Sua missão é removê-los completamente.

Para tal, transferimos 50.000 créditos EuroCorp à sua conta. Falhar em usar estes fundos com sabedoria ou em eliminar a competição exigirá sua autoeutanásia. Temos certeza de que suas habilidades e integridade garantirão que esse quadro nunca ocorrerá.

Cordialmente,
Conselho de Administração da EuroCorp.

Gameplay

Nesta sequência do Syndicate, você controla a Eurocorp Syndicate ou a Church of the New Epoch, duas forças sinistras que estão lutando pelo domínio do mundo. Seu objetivo é ajudá-las em 60 missões violentas, cujos objetivos incluem assassinatos e roubos, espalhadas por 30 cidades. O jogador comanda quatro agentes (ou acólitos, ao jogar como a New Epoch), individualmente ou em grupos.

Depois de selecionar um esquadrão de quatro homens de sua lista, você os direciona através das cidades, atirando nos inimigos conforme a situação exigir. O jogo preserva a visão isométrica do  seu predecessor, mas adiciona controles de rotação e pitch sobre essa visão. Embora a estrutura geral da missão permaneça consistente ao jogar como EuroCorp ou New Epoch, são diferenciadas nos briefings, que são entregues ao jogador na forma de um sistema de e-mail fictício.

Granadas nucleares e gás psíquico estão entre as novas armas. Tubos, um sistema de monotrilho e veículos antigravidade sem atrito dão uma sensação futurística de viajar. A IA também foi aprimorada para que os inimigos trabalhassem em equipe, enquanto no Syndicate original cada um agia como se não soubesse dos outros membros de seu grupo. Além disso, os veículos também podem ser guiados por NPCs.

Durante as missões, saúde,  escudos e energia da arma (que funciona no lugar de uma munição específica) dos agente serão recarregados com o tempo. Novas armas podem ser adquiridas recolhendo-as durante as missões ou completando pesquisas (também utilizadas para melhorar os componentes cibernéticos dos agentes). As armas disponíveis no início de uma partida incluem UZI (a arma padrão), miniguns e lança-chamas. Em estágios posteriores, armas de energia dirigida, como laser de pulso, maça de elétron, lança de plasma e arma gravitacional são disponibilizadas. Outros equipamentos incluem lançadores de foguetes, granadas de gás, explosivos, drones armados e aparatos capazes de direcionar o bombardeio orbital via satélites.

O Persuadertron, dispositivo introduzido pela primeira vez no Syndicate original, também está disponível, embora seja conhecido como Indoctrinator quando se joga pela Church of the New Epioch. Esta engenhoca é usada para converter NPCs (civis e inimigos) para seguir e lutar ao lado dos agentes do jogador. Algumas das missões também incluem objetivos que envolvem persuasão de personagens específicos.

Quase todas as estruturas do jogo podem ser destruídas, e a moeda, usada para pesquisas e compra de equipamentos, é adquirida através do roubo/destruição de bancos localizados em missões específicas.

Na versão para PC, batalhas multiplayer para 8 jogadores competitivas chamadas de Multicorp estão disponíveis via modem e rede local. Neste modo, os jogadores recebem pontos para cada agente inimigo morto.

Diferenças da versão de PlayStation

O port do PS apresenta uma outra cena de introdução e diferenças em certos níveis em comparação com a versão de PC. Alguns aspectos da jogabilidade também são diferentes: a capacidade de pesquisar itens específicos, por exemplo, não existe na versão do console da Sony, com novos itens sendo disponibilizados em uma ordem fixa, após a conclusão da missão.

A versão para PlayStation também apresenta gráficos diferentes, funcionando apenas na configuração de resolução mais baixa da versão de PC, mas também apresentando algumas melhorias gráficas, como transparência.

O port de Syndicate Wars para PS também permite o jogo cooperativo, onde até quatro jogadores cada um controla um agente individual, usando vários joysticks e uma única tela compartilhada (a boa e velha splitscreen).

Apresentação

Bem-vindo a um inferno urbano caótico e ultra-violento. Bem-vindo ao Syndicate Wars, onde você assumirá o controle de um esquadrão de agentes ciberneticamente aprimorados e causará estragos no inimigo. Canalize fundos para pesquisas que permitirão aprimorar sua equipe e transformá-la em máquinas mortíferas mais eficientes. Use o ambiente para assassinar, destruir e eliminar seus alvos, tudo de uma perspectiva isométrica clássica.

Se precisar de bucha de canhão, por que não enviar seus agentes armados com Persuadertrons para controlar grandes multidões, ou mesmo agentes inimigos, e fazer com que façam o trabalho sujo para você? Então, se está mantendo a EuroCorp dando lucros ou queimando infiéis para a New Epoch, Syndicate Wars fará com que você abra um caminho para a vitória vertiginosamente.

Bem-vindo ao futuro implacável da tática em tempo real violenta e baseada em esquadrões!

Destaques

  • Roube um banco com uma granada nuclear e toque fogo no parquinho. O ambiente é totalmente destrutível.
  • Jogue com qualquer uma das facções, EuroCorp Syndicate ou Church of the New Epoch.
  • Armas futuristas – Persuadertron, Electron Mace, Satellite Rain, Nuclear Grenade – proporcionam todos os tipos de diversão: atômica, elétrica e propagandística.

Enredo (com spoilers)

O Syndicate Wars se passa 95 anos depois (no ano de 2191) aos eventos do Syndicate original. A EuroCorp está no auge de seu poder (alcançado durante o jogo anterior), uma megacorporação que controla o mundo através de uma combinação de poder militar e econômico e controle mental usando a tecnologia de implante CHIP que desenvolveram. As decisões corporativas são facilitadas por uma série de entidades de IA conectadas por meio de uma rede de comunicações global.

Esse status quo totalitário é ameaçado pelo surgimento de um vírus chamado “Harbinger” no sistema de comunicação global, danificando os implantes CHIP de controle da mente e deixando os cidadãos vulneráveis à cooptação. Algumas das pessoas recém-libertadas, apelidadas de unguided citizens (“cidadãos não guiados”), decidem-se engajar em uma insurreição armada. Os Unguided aparecem nas primeiras missões como elementos antagonistas aleatórios, mas, com o tempo, formam uma milícia bem organizada.

O dano viral à rede global causa interrupção nas coordenadas do Syndicate, com estações individuais se isolando para evitar o recebimento de comunicações não autorizadas. A estação de Londres, como sede da EuroCorp, tenta recuperar a autoridade por meio da intervenção direta de quartetos de agentes fortemente armados.

O vírus foi lançado pela Church of the New Epoch, uma seita liderada por um grupo chamado “Os Nove” e, seguindo um texto religioso conhecido como “O Livro do Cataclismo”, está tentando minar o domínio mundial das corporações, buscando submeter seus seguidores a sua própria variedade de controle mental.

O Harbinger foi o primeiro passo para demolir a ordem mundial existente. Os Nove começaram como Otherworld Research Group (ORG, algo como “Grupo de Pesquisa do Outro Mundo”), cientistas de ponta que estavam pesquisando tecnologia alienígena encontrada em um sítio arqueológico perto de Reykjavik. ORG escondeu-se para continuar suas pesquisas sobre “O Codex”, um conjunto criptografado de informações tecnológicas alienígenas, posteriormente formando a New Epoch.

A maior parte do jogo revolve em torno do conflito armado entre a EuroCorp e a New Epoch. À medida que as insurreições se estabelecem, o jogador também deve realizar missões para controlar dissidentes dentro do próprio sindicato, à medida que várias subcorporações mudam de lealdade ou tentam a independência.

O conflito culmina em uma batalha pelo controle da Lua (acessível através de um sistema de transporte chamado de orbital elevator), com os Nove buscando converter o equipamento de calibração da ionosfera localizado lá em uma arma (conhecido como “ion gate”) e destruir toda a vida na Terra. No entanto, os Nove são eliminados e o lançamento da arma fracassa.

Os paralelos irônicos entre os objetivos da Church of the New Epoch e a própria EuroCorp são abundantemente claros. É revelado no início de uma partida jogada com a New Epoch que o “discípulo” no controle dos agentes desta facção é um ex-agente da EuroCorp que foi convertido.

Curiosidades

  • O Syndicate Wars foi desenvolvido sobre uma versão modificada do engine usado no Magic Carpet, também da Bullfrog. Segundo consta, isto permitiu superar uma deficiência de câmera do seu predecessor, onde os agentes dos jogadores acabavam ficando escondidos atrás de alguma estrutura, por exemplo, o que acabava avacalhando o expediente.
  • O game é listado no livro 1001 Video Games You Must Play Before You Die (algo como “1001 Games que Você Tem que Jogar Antes de Morrer”), de autoria do General Editor Tony Mott. Outros jogos listados nesta obra são o MDK e o Serious Sam: The First Encounter.
  • O produtor do jogo e principal programador, Mike Diskett descreveu o modo multiplayer do Syndicate Wars como “uma mistura de Quake e Command & Conquer, porque você tem o aspecto Quake de sair por aí matando tantas pessoas quanto possível, mas também constrói bases”. Diskett também afirma que isso não foi projetado, mas acabou sendo o jeito como “como acabamos jogando”. Interessante.
  • Syndicate Wars saiu primeiro para DOS, em 31 de outubro de 1996. Depois, foi lançado para PlayStation (julho de 1997), PlayStation 3 (27 de novembro de 2008), PSP (27 de novembro de 2008), Mac (21 de março de 2013) e Windows (21 de março de 2013).
  • A versão do GOG é a que foi lançada em 2013 para Windows e Mac. Ela usa o DOSBox.
  • Em 2008, uma distribuição digital da versão de PlayStation do jogo foi lançada na European PlayStation Network.
  • Na versão alemã do game, todo o sangue e gritos de medo dos civis foram removidos. Esses caras gostam de uma frescura, hein?
  • Alguns veículos (como o carro e o caminhão) são baseados nos designs do Hi-Octane, um game de corrida pouco conhecido da Bullfrog lançado um ano antes.
  • O Syndicate Wars ganhou ganhou o prêmio de jogo de ação do ano da revista Computer Games Strategy Plus em 1996. 
  • O instalador da versão de DOS foi aparentemente apressado, pois tem algumas peculiaridades. Quando pede o idioma, por exemplo, sempre mostra todas linguagens em que o jogo foi lançado, mas só pode clicar naquelas que estão realmente disponíveis no disco. Em segundo lugar, embora se possa configurar um dispositivo para música, cobrindo tudo, de Adlib a General MIDI, e até mesmo testar suas configurações ouvindo uma música de fundo, o jogo em si não suporta nenhuma fonte de música além do CD-DA.
  • O manual de instruções do Syndicate Wars aborda especificamente o jogador como um executivo recém-contratado da EuroCorp, no entanto, pode-se escolher controlar os acólitos da Church of New Epoch também.
  • No CD, encontra-se um arquivo MISC\PRIME1.TXT que tem aproximadamente 260 KB cujos dados começam com: “The Largest Known Prime, 2 ^ 859433-1 (258716 dígitos decimais) = 129498125604 […]”. Este era o maior número primo da época. O maior número primo encontrado em 2008 é 50 vezes maior, então esse arquivo teria cerca de 13 MB.
  • Foi originalmente anunciado que o Syndicate Wars seria lançado exclusivamente para PlayStation no segundo trimestre de 1996. Em vez disso, naquele ano mesmo, foi lançado para DOS, com a versão do PlayStation chegando em 1997. Uma versão para Saturn também começou a ser desenvolvida, mas foi cancelada em 1997, com o chefe de conversões do Bullfrog, Steve Metcalf, explicando que o mercado de Saturn não era grande o suficiente para cobrir os custos de desenvolvimento.
  • O Syndicate Wars apresentava publicidade no jogo, embora nada intrusivo e sim na forma de painéis de vídeo colocados nos cenários. Os anúncios incluíam o Ghost in The Shell da Manga Entertainment, Judge Dredd da 2000 AD e o então projeto em desenvolvimento da Bullfrog Productions, Creation.

Screenshots

Sobre o download

O Syndicate Wars é um jogo normalmente pago que pode ser obtido para PC (Windows e Mac) no GOG, que é a versão que temos para download aqui. Ela usa o DOSBox, não tem DRM (dá pra jogar sem precisar de ficar online e tal) e vem com garantia de 30 dias de satisfação ou seu dinheiro de volta, manual, avatares, papéis de parede e card de referências.

Idiomas: inglês, francês, italiano, alemão, sueco e espanhol.

Requerimentos mínimos em sistema

Mais Syndicate Wars e tática em tempo real

autor, site, canal ou publisher Bullfrog Productions tamanho do arquivo 461 MB licençaComercial sistemas operacionais compativeisWindows e Mac OS X download link Download

Observação: se você gostou deste post ou ele lhe foi útil de alguma forma, por favor considere apoiar financeiramente a Gaming Room. Fico feliz só de ajudar, mas a contribuição do visitante é muito importante para que este site continua existindo e para que eu possa continuar provendo este tipo de conteúdo e melhorar cada vez mais. Clique aqui e saiba como. Obrigado!

Deixe um comentário

Inscreva-se na nossa newsletter!