Total War: Warhammer

Total War: Warhammer (2016) é o jogo da série de estratégia Total War ambientado no mundo vívido e incrível de fantasia medieval do Warhammer Fantasy Battles.

31 de março de 2022

Total War: Warhammer é um jogo que combina estratégia baseada em turnos e tática em tempo real no ambiente de fantasia medieval do Warhammer (Warhammer Fantasy). Parte da série Total War, este game foi desenvolvido pela Creative Assembly e lançado originalmente em 24 de maio de 2016.

Publicado pela Sega e disponibilizado para Windows, Mac e Linux, o Total War: Warhammer foi amplamente bem recebido pela crítica especializada e pelo mercado. Já no Steam, conta com dezenas de milhares de análises ligeiramente positivas, pelo menos até o momento.

Além de dezenas de DLCs, o sucesso do game justificou o lançamento de pelo menos duas sequências diretas, Total War: Warhammer II (2017) e Total War: Warhammer III (2022).

Vídeos

O vídeo acima explora um campo de batalha do Total War: Warhammer em 360 graus.

Já o vídeo anterior é o trailer oficial cinemático da facção Bretonnia do game.

Apresentação

O Velho Mundo ecoa o clamor da batalha incessante. A única constante é a GUERRA!

Um jogo de estratégia de fantasia de proporções lendárias, Total War: WARHAMMER é um aclamado jogo que combina uma viciante e épica campanha de construção de impérios baseada em turnos com batalhas explosivas e colossais em tempo real. Tudo ambientado no mundo vívido e incrível de Warhammer Fantasy Battles.

Desfrute de centenas de horas de jogo na alvorada de uma nova era. Total War: WARHAMMER traz um mundo de heróis míticos, monstros colossais, criaturas voadoras, tempestades mágicas e guerreiros formidáveis.

Embarque em campanhas de conquista no papel dos honrados humanos do Império, dos vingativos Anões, dos inclementes Condes Vampiros e dos brutais Orcs e Greenskins, cada facção proporciona experiências exclusivas em termos de personagens, mecânicas, unidades e jogabilidade. Lidere suas forças para a guerra com poderosos Lordes Lendários do Warhammer Fantasy Battles World, armando-os com armas lendárias, armaduras e magias mortais para as batalhas duramente conquistadas em cadeias de missões individuais.

Pela primeira vez num jogo Total War, aproveite tempestades de poder mágico para ajudá-lo na batalha e suba aos céus com criaturas voadoras, de ferozes dragões e wyverns a gigantescos grifos.

Gameplay

Total War: Warhammer é um jogo de estratégia baseada em turnos com batalhas táticas em tempo real entre exércitos. Enquanto os Total War anteriores apresentam cenários históricos, Warhammer se passa em um cenário de fantasia, o que inclui os personagens deste universo: monstros, guerreiros e heróis, controlados pelo jogador ou computador.

O jogo começa com a ascensão de Karl Franz como recém-eleito Imperador, e a recente turbulência que ocorreu com uma guerra civil e os condes do Império se ressentindo do novo governo. A tarefa do jogador é unir um império fraturado e afirmar seu domínio antes de desafiar os outros reinos que os cercam e trazer paz ao Velho Mundo.

Esta paz é desafiada pelo rancor eterno dos anões em relação aos selvagens Greenskins, e os vampiros governados pelos Von Carsteins na distante Sylvania tentando liderar um exército de mortos-vivos para o oeste e tomar o trono imperial. No entanto, no norte, a horda do Chaos está a solta, destruindo e corrompendo tudo o que se encontra em seu caminho de dominação.

O Total War: Warhammer apresentou quatro facções jogáveis inicialmente, incluindo o Império (humanos), os Greenskins (orcs e goblins), os anões e os mortos-vivos. A facção Chaos, composta por humanos e monstros malignos, estava disponível gratuitamente para aqueles que encomendaram ou compraram na primeira semana de lançamento e posteriormente disponíveis como DLC. Os Bretonnians, outra facção humana, ficou disponível desde fevereiro de 2017 para a Campaign, Skirmish and Multiplayer. Cada facção tem acesso a suas próprias unidades exclusivas e um elemento de campanha, um novo recurso no Total War. Por exemplo, a facção Greenskins, com unidades como Trolls e Giants, tem o sistema “Waaagh!”, o qual faz jogador estar sempre em pé de guerra.

O mapa da campanha é semelhante ao apresentado em Total War: Attila, com a principal diferença sendo as maiores mudanças no terreno físico e no clima à medida que se move de um ponto específico no mapa para outro. O mapa da campanha abrange desde os desertos do Chaos no norte até as terras infestadas de Greenskin no sul e do Grande Oceano no oeste até os reinos dos Anões nas montanhas da World’s Edge ao leste.

Enquanto Total War: Warhammer é construído em torno do sistema Total War de construção de cidades e unidades, manobra do exército e diplomacia com outras facções, o jogo apresenta vários novos elementos que diferem dos títulos anteriores desta série. Além dos já mencionados, estes incluem a capacidade dos agentes de participar de batalhas para dar vantagem ao seu exército; uma maior variedade de animações, com 30 tipos diferentes de esqueletos e tipos de corpo em comparação com apenas cinco ou seis anteriormente; unidades voadoras como dragões, que fazem uso da nova capacidade de animação; a corrupção agora é causada pela presença de Vampire Counts ou exércitos do Chaos, em vez de fatores internos; a renomeação de generais como Lordes, que agora lutam como indivíduos, em vez de incorporados a uma unidade de guarda-costas e podem ser atualizados por meio de árvores de habilidades e equipamentos para aumentar seus poderes e os de seu exército; e a adição de um modo de missão que encarrega os jogadores de completar missões e batalhas para receber itens e habilidades desbloqueáveis.

Um dos novos elementos mais significativos, no entanto, é a magia. Diferentes facções têm diferentes quantidades de acesso aos vários tipos de magia, com alguns, como os anões, não tendo nenhum acesso. Unidades com acesso às mandingas podem mudar o rumo das batalhas – suas habilidades são muito mais poderosas do que qualquer unidade disponível no campo de batalha em jogos anteriores.

DLCs

Como dito acima, o Total War: Warhammer tem uma porrada de conteúdo para download/expansões disponibilizadas desde o seu lançamento. Algumas são grátis, outras pagas.

DLCs gratuitos

  • Wurrzag (Outubro de 2016) – Adiciona Wurrzag como um novo lorde Greenskin lendário, liderando o Bloody Handz.
  • Grey Wizard (Dezembro de 2016) – Adiciona o novo herói Grey Wizard ao Império.
  • Jade Wizard (Dezembro de 2016) – Adiciona o new hero Jade Wizard to the Empire.
  • Grombrindal (Janeiro de 2017) – Adiciona Grombrindal como um novo senhor lendário anão. Grombrindal já estava disponível como parte de uma promoção especial.
  • Bretonnia (Fevereiro de 2017) – Atualiza a facção Bretonnia, fazendo-as jogável na campanha e no multiplayer, liderada agora por by Louen Leoncoeur. Também adiciona novas subfacções jogáveis: Bordeleaux, liderada por Alberic d’Bordeleaux, e Carcasonne, liderada pela Fay Enchantress. Mais tarde, foi incluído na Dark Gods Edition.
  • Isabella von Carstein (Fevereiro de 2017) – Adiciona Isabella von Carstein como uma nova lady lendária Vampire Counts, liderando os Von Carstein. Também migra Vlad von Carstein à facção Von Carstein.
  • 30th Birthday Regiments of Renown (Agosto de 2017) – Adiciona vários Regiments of Renown ao DLC e raças Free-LC. Isto requer cadastro no Total War Access.

DLCs comerciais

  • Chaos Warriors Race Pack (Maio de 2016) – Adiciona os Warriors of Chaos como uma facção jogável na campanha do Velho Mundo, multiplayer e batalhas personalizadas. Mais tarde foi incluído em Dark Gods Edition e Savage Edition.
  • Blood for the Blood God (Junho de 2016) – Adiciona vários efeitos de sangue, carnificina e desmembramento às batalhas. Ao obter este DLC, os jogadores também recebem Blood for the Blood God II de graça.
  • Call of the Beastmen (Julho de 2016) – Adiciona os Beastmen como uma raça jogável na campanha do Velho Mundo e sua própria minicampanha, An Eye For An Eye. Mais tarde, foi incluído na Savage Edition.
  • The Grim and the Grave (Setembro de 2016) – Adiciona os lordes lendários Volkmar the Grim ao Império, e Helman Ghorst aos Vampire Counts na campanha, multiplayer e batalhas personalizadas.
  • The King and the Warlord (Outubro de 2016) – Adiciona as subfacções Clan Angrund e Crooked Moon, lideradas por Belegar e Skarsnik, bem como novas unidades para Dwarfs e Greenskins.
  • Realm of the Wood Elves (Dezembro de 2016) – Adiciona os Wood Elves como uma raça jogável na campanha, multiplayer etc. Adiciona a campanha The Season of Revelation.
  • Norsca (Agosto de 2017) – Atualiza a facção Norsca e a subfacção Wintertooth, e os faz uma raça jogável na campanha, multiplayer e batalhas personalizáveis. Foi incluído depois na Dark Gods Edition.

Curiosidades

  • O Total War: Warhammer é, até o momento, o Total War mais vendido, alcançando o número de meio milhão de cópias nos primeiros dias de venda.
  • Em dezembro de 2012, a Sega, como publisher, anunciou uma parceria com a Games Workshop para desenvolver vários títulos da série Warhammer. A firma encarregou a Creative Assembly, a criadora da série Total War, de desenvolver os títulos. O primeiro jogo foi programado para “além de 2013”. Nesse momento, a Creative Assembly tinha cinco títulos em desenvolvimento, que incluíam Total War: Rome II (2013) e Alien: Isolation (2014).
  • Em 13 de janeiro de 2015, o jogo vazou através de um artbook chamado The Art of Total War.
  • Para comemorar seu 15º aniversário, a Creative Assembly lançou um teaser do Total War: Warhamer. No entanto, o jogo não foi anunciado oficialmente até 22 de abril de 2015, quando a Sega lançou um trailer de estreia cinematográfica para o título.
  • O Total War: Warhammer foi projetado para ser dividido em três partes, sendo este jogo inicial o primeiro episódio. Os dois outros episódios são as sequências supracitadas, Total War: Warhammer II e Total War: Warhammer III.
  • O jogo deveria ter sido lançado para Windows em 28 de abril de 2016. No entanto, em 3 de março de 2016, a Creative Assembly anunciou que o jogo foi adiado para 24 de maio de 2016. A versão de Linux foi lançada pela Feral Interactive em 22 de novembro de 2016, com a versão macOS em 18 de abril de 2017.
  • Como um concurso promocional para o jogo multiplayer de arena de batalha Dota 2, a comunidade com tema de Warhammer criou cosméticos para personagens jogáveis naquele game que foram lançados em setembro de 2016.
  • O Chaos Warriors foi o primeiro DLC a ser lançado para Total War: Warhammer, sendo disponibilizado para compra junto com seu lançamento inicial e foi incluído para aqueles que fizeram a pré-compra. Isso foi amplamente criticado pelos jogadores pelos fãs de Warhammer em particular, com a Creative Assembly, desenvolvedora, afirmando que ficaram “desanimadas” com a reação. Em 29 de abril de 2016, entretanto, foi anunciado que o Chaos Warriors estaria disponível gratuitamente por uma semana após seu lançamento.
  • Em maio de 2016, a Creative Assembly anunciou que os mods e os recursos do Steam Workshop seriam suportados no Total War: Warhammer, com a empresa lançando vários próprios junto com o game, enquanto os jogadores podem criar mods com ferramentas oficiais.
  • Em 26 de setembro de 2018, uma edição limitada expandida do jogo intitulada Total War: Warhammer: Dark Gods Edition foi anunciada no site oficial. Esta incluía Warriors of Chaos, Bretonnia e Norsca junto às quatro raças principais.
  • Em 30 de julho de 2020, foi anunciada uma segunda edição limitada expandida chamada Total War: Warhammer: Savage Edition, que incluía Warriors of Chaos novamente, bem como os Beastmen, sem incluir seu DLC vinculado ao pacote de raças Wood Elves.

Screenshots

Sobre o download

O Total War: Warhammer é um jogo normalmente pago que pode ser obtido para PC (Windows) nas lojas da Epic e Steam, sendo que o nosso link de download leva a essa última, onde tem pra Mac e Linux também.

Idiomas

  • Áudio: inglês.
  • Interface e legendas: português (Brasil), inglês, francês, italiano, alemão, espanhol (Espanha), coreano, polonês, russo, turco, checo, chinês simplificado e chinês tradicional.

Requerimentos em sistema

Veja também

autor, site, canal ou publisher Creative Assembly tamanho 35 GB licençaComercial sistemas operacionais compativeisWindows, Mac e Linux download link Download

Observação: se você gostou deste post ou ele lhe foi útil de alguma forma, por favor considere apoiar financeiramente a Gaming Room. Fico feliz só de ajudar, mas a contribuição do visitante é muito importante para que este site continua existindo e para que eu possa continuar provendo este tipo de conteúdo e melhorar cada vez mais. Clique aqui e saiba como. Obrigado!

Deixe um comentário

Inscreva-se na nossa newsletter!