Action Doom 2: Urban Brawl

28 de setembro de 2017
Action Doom 2: Urban Brawl

Action Doom 2: Urban Brawl é um jogo que roda com o ZDoom e que simula o esquema de um beat ‘em up com a perspectiva em primeira pessoa do Doom. Foi desenvolvido principalmente pelo “Scuba” Stephen Browning, com ACS de Mike Watson e James Bauer, e lançado em setembro de 2008.

Ele apresenta gráficos no estilo de HQs, atuações de voz, um enredo e cutscenes inspirados em Sin City e inúmeras referências a antigos clássicos do gênero. Note que, apesar do título, o Action Doom 2 é um prequel do Action Doom, mas com o gameplay totalmente diferente. Embora tenha também um pouco de tiro, o combate do Urban Brawl é focado mais na pancadaria, seja com os punhos ou com armas de combate a curta distância.

Vale frisar que os sprites do inimigos foram todos desenhados a mão, sendo a maioria típica dos antigos e queridos beat ’em ups. As armas, o lado decadente da cidade e elementos de cenário também são velhos clichês deste tipo de game. Além disto, o jogo conta com BGM original, composta pelo Ralphis. Certamente, estas características merecem destaque aqui.

Vídeo

Gameplay

A perspectiva do Action Doom 2: Urban Brawl é a clássica do Doom, em primeira pessoa, mas o foco é bem maior no melee do que no tiro, embora existam armas de fogo no jogo. O jogador vai enfrentando um grande número de inimigos, podendo combinar golpes ou utilizar garrafas, tacos de baseball, canos de ferro, facas e outros objetos para ajudar. Se você apertar duas vezes o altfire, você manda um uppercurt. Mas este golpe não é muito fácil de encaixar, especialmente em determinados inimigos.

Como nos beat ’em ups, você só pode usar uma arma por vez, exceto as de fogo e a motosserra. Você pode descartar a arma de combate corpo a corpo atual pressionando a tecla definida no options, ou esperar ela exaurir, como acontece na maioria dos títulos deste gênero.

Algumas armas possuem características especiais, como a garrafa de Jack Daniels que, quando consumida, aumenta sua resistência antes de ser quebrada e usada para espetar os inimigos. O extintor de incêndio, por sua vez, além de usado para apagar fogo (em algumas partes do jogo) pode congelar os inimigos e quebrá-los quando pressionado o altfire.

Em algumas partes do jogo você conta com a ajuda do seu amigo, Flynn Haggar. Ele é uma referência, ao mesmo tempo, do Abobo (Double Dragon) e do Jesse Ventura, um ex-lutador de luta livre americano. Ele vai te ajudar a porrar os vagabundos da fase, mas pode morrer também.

É interessante a relativa possibilidade de interação com o cenário. Não poderia faltar comida achada dentro das latas de lixo pra recuperar health, outra das marcas registradas dos beat ’em ups. O hidrante, quando recebe uma certa quantidade de golpes, atira sua tampa causando grande dano nos inimigos ou no próprio protagonista, se não tiver mais ninguém por perto. Existe também uma parte do jogo onde você detona um carro, possivelmente uma referência ao Final Fight ou ao Street Fighter II.

O jogo oferece também escolhas que podem alterar as próximas fases e até o seu final. Segundo consta, existem seis finais diferentes e nem todos são bons…

Screenshots

Compatibilidade

Apesar de ser também um mod, o Action Doom 2: Urban Brawl é um game standalone. Ele vem com o seu próprio executável, embora eu o tenha rodado aqui como um IWAD no GZDoom 2.4 mesmo.

Saiba Mais

site ou autor do arquivo "Scuba" Stephen Browning tamanho do arquivo 56,9MB licencaGrátis sistemas operacionais compativeisWindows Download

Deixe um comentário

  • Seja social e nos siga!

           
  • Páginas

  • Tags Especiais

  • Categorias

  • Parceiros

  • eXTReMe Tracker
    Copyright © 2001 - 2017 Gaming Room. Todos os Direitos Reservados - É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste site sem o consentimento dos autores.