Defenestrando Xexex (1991)

Newsletter:

Visão geral

Como é domingo, estou trazendo aqui mais um gameplay de jogo antigo, o do Xexex, para você dar uma curiada e ter algo para assistir neste dia onde só passa podreira na televisão.

O vídeo foi publicado e comentado em mais um episódio do Fliperama Nostálgico, do canal Defenestrando Jogos, e é bem descontraído e informativo. Inclusive, é a principal fonte de dados para esta publicação. Como ele foi exibido originalmente em uma live, o conteúdo começa de fato na minutagem 10:56.

Xexex (ゼクセクス) é um jogo de tiro estilo shoot ’em up com rolagem lateral que conta com muitos elementos do R-Type e Gradius, combinando-os com a mecânica de tentáculos do jogo XMultiply. Xexes foi desenvolvido e lançado pela Konami em 1991 para os arcades e só veio a ser portado para outras plataformas em 2007, quando foi incluído na compilação do PSP, Salamander Portable, que saiu apenas no Japão.

A falta de ports não deve ter sido por falta de popularidade, pois o Xexex foi bem recebido pela crítica na época. O shoot ’em up ganhou prêmios (1992 Gamest Awards) de melhor gráficos (vencendo Virtua Racing) e melhor música (vencendo Metal Black), sendo também indicado como Jogo do Ano (ficando em 4º), melhor jogo de tiro (2º) e Melhor Direção (6º), perdendo para Street Fighter II′: Champion Edition, Sonic Wings e Art of Fighting, respectivamente.

Apesar de não ter saído para muitas outras plataformas, alguns consideram o Xexex predecessor espiritual de um outro shooter espacial, o Axelay, que foi lançado para Super Nintendo em 1993.

Enredo

Num futuro onde a humanidade alcançou o conhecimento avançado de poder viajar a imensas distâncias, podendo visitar inúmeros planetas da galáxia, a princesa Elaine, do planeta E-Square, pede ajuda aos humanos para que seu planeta não seja aniquilado por forças maléficas. O piloto, comandando a Flintock, uma nave espacial com partes orgânicas, tem a missão de resgatar a princesa de cabelo azul e encontrar e destruir as hordas inimigas sob o comando do lorde maligno chamado Klaus.

Gameplay

Em Xerex, os pilotos (pode ser jogado por até duas pessoas simultaneamente) irão passar por vários estágios lindamente desenhados, com inúmeros inimigos, algumas naves gigantes, toneladas de efeitos e um super tiro bem único. Existem dez planetas diferentes em Xerex, cada um representando uma fase do jogo e contendo um chefão. Entre os estágios, detalhes do enredo são exibidos em cutscenes similares às do Phelios.

A nave controlada pelos jogadores, a Flintlock (ou Flint Lock), tem uma orbe destacável chamada Flint que se comporta de maneira semelhante ao Force Device do R-Type. Os controles consistem um botão de tiro, que pode ser pressionado para carregar e aumentar o seu poder de fogo, o que lança ou chama de volta o Flint e o direcional de 8 direções. Power-ups podem ser obtidos na versão japonesa para aumentar o poder do Flint, sua velocidade de movimento, mudar a arma principal, ou até mesmo dar ao jogador uma vida extra.

Existem diferentes mecânicas de jogo entre o lançamento japonês original e os internacionais. A versão japonesa tem vidas (com pontos de respawn) em vez de uma barra de vida e uma maior variedade de armas. As internacionais removem todas as armas, exceto uma atualizável. Os padrões do inimigo também são alterados ligeiramente. Na versão japonesa, o jogador começa com o Proton Laser, um fino fluxo de balas fracas. Certos inimigos podem dropar novas armas e o nome do armamento atual é exibido na parte inferior da tela. Nas versões internacionais, a arma primária disponível é o Proton Laser (mísseis são secundários), que pode ser melhorada com power-ups.

As armas da versão japonesa são:

  • Proton Laser: a arma inicial que emite um fluxo estreito de projéteis;
  • Homing Laser: um laser de 3 direções com os fluxos superior e inferior contando com um dobramento ligeiro teleguiado;
  • Shadow Laser: um feixe de laser que cria uma sombra que causa dano quando a nave sobe e desce;
  • Round Laser: um tiro difuso incomum (diferente da arma principal da versão internacional);
  • Spiral Laser: um laser espiral de largura considerável;
  • Search Laser: um laser teleguiado que segue trajetórias retangulares;
  • Ground Laser: dispara um Proton Laser atualizado junto com um feixe de laser que percorre o solo.

Curiosidades

  • A Konami lançou quatro cartas do Yu-Gi-Oh! Trading Card Game, Flint, Flint Lock, Flint Attack (Flint Missile) e King of Destruction – Xexex, como uma referência ao Xexex;
  • Xexex foi lançado na América do Norte com o nome Orius. Em japonês o título é lido como zekusekusu, que em português pode ser pronunciado como “zeksex”;
  • Além disto, alguns consideram o Xexex predecessor espiritual de um outro shooter espacial, o Axelay, que foi lançado para Super Nintendo em 1993;
  • King Records lançou um álbum com a trilha sonora em uma edição limitada para este jogo (Xexex: Konami Kukeiha Club), no dia 21 de outubro de 92.

Fontes e mais coisas interessantes


Vídeo adicionado em: 6 de janeiro de 2019

Categorias: Arcade, Tiro, Vídeos

Tags: , , , , , , ,

Autor/canal: Defenestrando Jogos

Acessado: 12 vezes.

Link deste Vídeo:

Deixe um comentário

eXTReMe Tracker
Copyright © 2001 - 2019 Gaming Room. Todos os Direitos Reservados - É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste site sem o consentimento dos autores.