Anthem pode estar destruindo consoles PlayStation

4 de março de 2019

Segundo o canal The Quartering, o jogo Anthem, uma das bicheiras que a EA lançou nestes dias, pode estar destruindo os consoles PlayStation dos trouxas que compraram essa porcaria.

Esta seria apenas mais uma das polêmicas acerca deste jogo, que deu uma treta com o Gggmanlives, por ele ter feito um review negativo do título da Bioware, a desenvolvedora do Anthem que também andou banindo uns jogadores injustamente por aí. O The Quartering tratou da notícia em seu vídeo logo abaixo (em inglês):

Uns jogadores foram ao Reddit e outros fóruns para reclamar que Anthem parece estar com um problema que pode variar de voltar ao menu principal ou ao dashboard do PS4 até bloquear o PlayStation 4 de alguém.

Depois que o console é desligado, é meio pouco complicado para reiniciá-lo novamente. Alguns jogadores informaram que não conseguiram reiniciar o console pressionando o botão de força da frente do PS4, outros tiveram que desconectar o console e conectá-lo novamente para que ele retornasse ao funcionamento e teve um que falou que o console ficou brikado. Achei mais informações neste site aqui (em inglês também).

(Atualização) parece que o Anthem está zuando também outras plataformas, tipo reiniciando o Xbox one e PCs:

(Atualização 2): Jogadores de Anthem entram oficialmente em greve

(Atualização 3): Novo bug do Anthem faz com que jogadores tenham dano maior sem equipamento

Enfim, o fato é que, como eu disse neste artigo sobre a hype, o melhor é não dar uma de gado e sair comprando essas tranqueiras logo de cara, especialmente se for AAA ou dessas firmas porcalhonas como a EA. Espere um pouco pra ver se o jogo é o que você esperava mesmo e se não é bugado como esse tal de Anthem.

P.S.: Tem a versão em vídeo do texto para quem não gosta de ler:

Deixe um comentário

  • Inscreva-se na nossa newsletter!

  • Nos siga nas redes sociais!

  • Páginas

  • Áreas especiais

  • eXTReMe Tracker
    Copyright © 2001 - 2019 Gaming Room. Todos os Direitos Reservados - É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste site sem o consentimento dos autores.