Algumas Idéias Para Adaptar Em RPGs

18 de fevereiro de 2011

ideia para um jogo

Vou escrever um pequeno artigo (ou sei lá) com algumas idéias que eu já tive para fazer RPGs no RPG Maker, mas por falta de tempo nunca comecei a fazê-los. Seriam basicamente adaptações de desenhos, filmes, livros ou outros jogos. Sinta-se livre para usá-las, observando os pontos positivos ou negativos de cada uma.

Para cada um dos temas, vou tentar fornecer um link, seja das tags da Gaming Room, se houver, ou alguma entrada na Wikipédia, etc, cabendo ao maker pesquisar mais a fundo a idéia, para desenvolvê-la do jeito melhor. Ah, lembre-se que a Wikipedia não é confiável plenamente, mas com certeza é um bom ponto de partida para pesquisas mais detalhadas.

ThunderCats

O famoso desenho dos anos 80 é uma atmosfera praticamente “RPGistica”. A mistura de fantasia com alta tecnologia dá mil possibilidades. Planetas com vastos territórios desconhecidos, várias raças, veículos, personagens, magia, antigos espíritos do mal…  Muito farto o conteúdo. Já deve existir algum RPG de livro ou eletrônico dos ThunderCats, não é possível. Antigamente quase iniciamos um RPG na Gaming Room com antigos membros do site (Maverick e Monsterman) que andavam por aqui, mas sumiram e assim o projeto não saiu do estágio de arranjar recursos.

Pontos positivos

  • Ambiente rico, praticamente não precisa de adaptar muito para criar um RPG. É, apesar disto, bastante simples. Não é necessário pesquisar a fundo, nem dominar o assunto totalmente. Qualquer um que assistia (ou assiste) o desenho é capaz de criar um jogo com um enredo que pode ser considerado fiel;
  • Muitas fontes para pesquisar mais a história e também fazer e criar recursos. Provavelmente já existem vários prontos por aí.

Pontos negativos

  • O desenho é antigo (1983). Talvez os jogadores mais novos não conheçam ou somente ouviram falar. Por outro lado, o maker pode fazer um jogo massa e atrair o interesse deles pro assunto.

Links para pesquisa

Heretic

Heretic é um jogo de tiro/ação em primeira pessoa que usa a mesma engine do Doom 1 e 2 com um tema de fantasia medieval. Precisa falar mais? Como se não bastasse conta com uma sequência (heXen). Imagina Heretic RPG? Um jogo de fantasia medieval com elementos de terror e uma atmosfera sinistra! Poxa, se não existe, devia existir. Porque você não faz?

Pontos positivos

  • Armas, monstros, cenários, ítens, sons, músicas fáceis de achar. Se não for muito fácil de achar recursos prontos, são facílimos de ripar, visto que o jogo tem o código aberto. Basta ter as ferramentas próprias, como Wintex.
  • A história canônica não é muito detalhada, dando mais liberdade ao enredo.

Pontos negativos

  • Originalmente é um jogo de ação. Sendo assim, se o desenvolvedor quiser manter o tiroteio, vai ter que achar ou criar algum Custom Battle System que atire, etc. Mas isso não é mandatório.

Links para pesquisa

Duna

O complexo, impressionante e vasto universo de Frank Herbert também dá um bom RPG. É ficção científica que mistura vários outros elementos, dando várias possibilidades para mais um jogo baseado em Duna.

Pontos positivos

  • O ambiente misterioso, e história rica e extensa são facilmente transformados em enredo num RPG, não precisa de ficar focado na história como um todo, pode pegar uma parte da história e desenvolvê-la mais;
  • Não precisa necessáriamente utilizar o romance original para fazer seu jogo. Pode usar de ponto de partida algum game do Dune que já existe e adaptar em RPG;
  • Fazer/ripar recursos é relativamente fácil. Existem vários jogos, e extenso material na web sobre o romance e suas continuações e prequels.

Pontos negativos

  • A história é muito inteligente, mas também complexa e adulta (não, nada pornô apesar q tem uns :war). Não é simplesmente o bem contra o mal. Se você quiser fazer um jogo fiél ao tema original, vai ter que dar uma pesquisada boa no assunto. Recomendo essa idéia para quem já é fã do livro ou pelo menos do filme ou da minissérie.

Links para pesquisa

Wolfenstein

A épica batalha de BJ Blazkowicz contra os nazistas num plano de fundo que mistura Segunda Guerra Mundial, ocultismo, tecnologias secretas, mortos vivos e outras coisas cabulosas é uma idéia boa para um RPG também. Tanto que nesse caso já sabemos que existe, mas nada impede que você faça o seu.

Pontos positivos

  • Vários recursos já disponíveis e/ou fáceis de ripar;
  • Muitos ítens, monstros, labirintos, passagens secretas. Muitas opções aqui também;

Pontos negativos

  • Sofre o mesmo problema que citamos do Heretic: originalmente é um jogo de ação, não tem muito diálogo. Vai caber ao maker enriquecer o jogo neste sentido (se assim o desejar);
  • Algumas podem achar o tema controverso.

Links para pesquisa

Pois bem, é isso que eu tava querendo escrever. Ficou muito simples, eu sei, mas é de propósito, pra deixar mais livre mesmo. Acho que antes de começar o seu projeto, você deve analisar tais pontos, para ter uma idéia de quão fácil, estimulante ou até mesmo para saber se é viável começar a criar o jogo, além, é claro, de qual maker ou ferramenta utilizar para desenvolvê-lo. Mesmo se você não quiser usar as idéias, pode aproveitar o raciocínio, sei lá. Também você pode usar a idéia com outra ferramenta, sem ser necessáriamente um RPG Maker.

Um comentário para “Algumas Idéias Para Adaptar Em RPGs”

  1. DouglasEagle disse:

    Boa, achei interessante o artigo.

    As ideias contidas em cada um realmente poderiam ser utilizadas para criar um jogo. Mas também seria bacana se o maker pegasse apenas um ponto de cada coisa e fazer uma ideia mais original, juntando esses poucos elementos.

    Acho que deveria montar mais posts do mesmo objetivo (com outras ideias, é claro), seria interessante deixar mais ideias do que o próprio maker poderia ter. XD

    E também achei engraçado o emoticon pensante.

    Falou, parabéns!

Deixe um comentário

  • Inscreva-se na nossa newsletter!

  • Nos siga nas redes sociais!

  • Páginas

  • Áreas especiais

  • eXTReMe Tracker
    Copyright © 2001 - 2018 Gaming Room. Todos os Direitos Reservados - É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste site sem o consentimento dos autores.