Zandronum

29 de agosto de 2016
Zandronum

Zandronum é um port avançado do Doom que é focado em uma experiência multiplayer modernizada, oferecendo novos modos de game como capturar a bandeira, invasão ou dominação.

O port, que é compatível com todos os jogos que compartilham a engine do game, Doom, Doom II, Heretic, Hexen, Strife etc.), é derivado de outro port, o Skulltag (que, por sua vez, é baseado no ZDoom 2.3.1 r1551 e no renderizador do GZDoom r127). A sua primeira versão, a 1.0, foi lançada no dia 24 de agosto de 2012.

O objetivo do Zandronum difere do Skulltag em vários aspectos, visto que o antigo port começou como um mod e, por isso, tinha uma porção de recursos e modificações a uns elementos do jogo já existentes. Isto fora útil quando a engine era mais primitiva, mas com o ZDoom permitindo a galera a adicionar estes e outros recursos sem modificar o código fonte original, perdeu a sua necessidade e ainda causavam problemas de compatibilidade entre ambos os mods. O Zandronum retirou a maioria destes conteúdo, mas procurou deixar no esquema para manter a compatibilidade com o Skulltag.

Atualmente, quem lidera o desenvolvimento do Zandronum é um sujeito chamado Torr Samaho, (Benjamin Berkels) que já contribuiu bastante para a comunidade doomer, inclusive ele foi um co-desenvolvedor do Skulltag.

Funcionalidades Chave

  • Suporta até 64 jogadores nos modos cooperative, deathmatch, team deathmatch, capture the flag, possession, domination, invasion, Last Man Standing, survival e outros.
  • Suporta a maioria das funcionalidades do ZDoom e do GZDoom, incluindo o renderizador acelerado por hardware deste.
  • Compatibilidade contínua com as edições exclusivas do Skultag (announcers, skins, runes, bots etc.);
  • Console, definição de teclas no estilo do Quake (key binding), free look (mouselook), pular e outros controles avançados.
  • Como já dissemos, é totalmente compatível com os jogos que partilham a engine do Doom (Doom, Doom II, Heretic, Hexen, Strife etc.);
  • Conta com versões para Windows, Mac OS X e Linux;
  • É open source, numa tal de Sleepycat license, o que significa que ele pode modificado e redistribuído, desde que se respeite as condições lá (esse negócio de PI é coisa de quem tem bumbum guloso).

Curiosidade

O Zandronum continuou o desenvolvimento do Skulltag 98e, mas não poderia usar o nome “Skulltag”, a pedido do Brad “Carnevil” Carney (o criador deste port) e então pediram à comunidade por sugestões para batizar a nova engine.

As duas opções mais populares foram “Andromeda” e “Infernum”, nomes que se relacionam a elementos do Doom, enquanto outras pessoas queriam que o nome do port começasse com a letra “Z”, para ressaltar a afiliação com o ZDoom. O resultado foi misturar tudo, resultando em Zandronum.

Como Usar

Fizemos um “Tutorial Nubizaço” em vídeo para ensinar como usar o Zandronum para rodar o Doom (e os outros games compatíveis), com ou sem seus mods, além de apresentar o mod e tal:

Tutorial passo-a-passo, em texto

O processo de usar o Zandronum é bastante similar ou análogo ao do GZDoom, apresentando apenas algumas modificações:

  1. Após baixar o Zandronum aqui, descompacte o arquivo em alguma pasta de sua escolha. O Zandronum conta com versões com instalador e que não precisam de instalação.
  2. Você agora vai precisar de configurar o port para rodar com um IWAD, ou Internal Wad, aquele arquivo do jogo que vem com os recursos todos originais do jogo (tipo o DOOM.WAD ou o DOOM2.WAD) e é necessário para poder também jogar os PWADS (os arquivos PK3 ou WAD) dos mods. A primeira vez que você abrir o Zandronum, ele vai pedir para você escolher o diretório do seu Doom. Daí, você deve escolher uma pasta que tenha algum dos seus IWADs, de preferência um registrado, para poder rodar os mods, se quiser.
  3. Uma vez feito isso, já está praticamente pronto. você pode pegar o arquivo do mod que você quer jogar (por exemplo, o D4D.PK4 do Doom 4 Doom), clicando em cima dele com o mouse, arrastando e soltando executável do Zandronum (Zandronum.exe). Vai faltar você configurar os controles, definir se quer o mouselook, os comandos especiais e tal. Isso vai de cada um e ainda pode variar de mod pra mod. Então, você se vira aí.
  4. Se não quiser carregar mod algum, pra jogar o Doom puro (ou Vanilla), basta fazer um clique duplo sobre o executável (Zandronum.exe). Claro que pode ser outro jogo, dependendo do IWAD que você configurou no passo 2.
  5. Você pode carregar mais de um mod ao mesmo tempo, bastando selecionar os arquivos PK3 ou WAD desejados ao mesmo tempo, pressionando a tecla CTRL e soltando-os em cima do executável. Note que a ordem que você seleciona os arquivos faz diferença e nem todos os mods são compatíveis entre si.

Observações

  1. O Zandronum também vai gerar um arquivo de configuração (zandronum-NomeDeUsuário.ini). Procure e edite-o com o seu bloco de notas (clica com o botão direito do mouse em cima e escolhe “editar”), caso queira configurá-lo manualmente ou com mais de um IWAD.Logo no início do arquivo, você vai achar umas linhas assim:
    # These are the directories to automatically search for IWADs.
    # Each directory should be on a separate line, preceded by Path=
    [IWADSearch.Directories]
    Path=.
    Path=$DOOMWADDIR
    Path=$HOME
    Path=$PROGDIR

    Daí, você vai apertar a tecla ENTER logo depois do $PROGDIR e digitar $Path= seguido do endereço da pasta que contem o seu IWAD.

    Vai ficar, por exemplo, assim:

    # These are the directories to automatically search for IWADs.
    # Each directory should be on a separate line, preceded by Path=
    [IWADSearch.Directories]
    Path=.
    Path=$DOOMWADDIR
    Path=$HOME
    Path=$PROGDIR
    Path=c:\DOOM

    Você pode repetir o processo, criando uma linha nova para cada pasta que contenha um IWAD diferente.

  2. Caso você não tenha nenhum IWAD registrado, que não são gratuitos, você baixar o Freedoom, pois nem toda versão do Zandronum aceita carregar mods com os sharewares (DOOM1.WAD ou HERETIC1.WAD).
  3. Se você tiver configurado o port com mais de um IWAD, vai aparecer a opção pra você escolher com qual deles você deseja carregar o mod.
  4. Se você tiver usado o instalador, ele vai perguntar se você quer associar os arquivos de mods com o Zandronum. Se você quiser tal opção, basta clicar duas vezes em cima do arquivo pra carregar o mod.

Saiba Mais

  • Freedoom – A versão grátis do Doom, que citamos e demonstramos no tutorial, que pode ser usada para carregar a grande maioria dos mods existentes.
  • Fórum do Zandronum – Para você participar da comunidade do Zandronum, aprender umas paradas, divulgar seus mods e tal.
site ou autor do arquivo Torr Samaho & Zandronum Team tamanho do arquivo 3,6MB licencaOpen Source (Sleepycat) sistemas operacionais compativeisWindows, Mac OS X e Linux Download

Deixe um comentário

  • Seja social e nos siga!

           
  • Páginas

  • Tags Especiais

  • Categorias

  • Parceiros

  • eXTReMe Tracker
    Copyright © 2001 - 2017 Gaming Room. Todos os Direitos Reservados - É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste site sem o consentimento dos autores.