SIGIL

31 de maio de 2019

SIGIL é um megawad para Doom e The Ultimate Doom criado e lançado pelo John Romero, um dos principais criadores deste clássico FPS, em 2019.

Anunciado pelo próprio Romero no dia 10 de dezembro de 2018 (data quando o Doom fez 25 anos), o SIGIL é, basicamente, o quinto episódio que o The Ultimate Doom nunca oficialmente teve. Ele se passa totalmente no Inferno e é composto de 9 fases single player/cooperativas e 9 arenas para deathmatch.

O megawad teve duas datas de lançamento. Quem comprou um box cheio de badulaques, recebeu antes, no dia 22 de maio de 2019. Já o lançamento gratuito se deu no dia 31 de maio de 2019. A versão paga, além dos brindes, vem com a trilha sonora composta pelo músico Buckethead com qualidade MP3. Já a grátis conta com BGM do James Paddock, o criador do JENESIS, em MIDI, que é muito boa também.

Durante os deathmatches, dois jogadores podem abrir a área single player ativando um switch (alavanca ou comutador) ao mesmo tempo. Isto abrirá um teleporte que leva até à fase single player. O teleporte ficará, assim, permanentemente aberto, permitindo os jogadores irem e voltarem de uma área para a outra. Na verdade, tanto as arenas quanto as fases da “campanha” estão no mesmo mapa, mas as primeiras são inacessíveis pelas segundas. Isto foi uma jogada engenhosa de Romero. Nunca vi isto antes.

Vídeos

O vídeo acima, foi o Gaming DooM de número 24, o número do Master Chief. Nele, falei sobre o lançamento do SIGIL e mostrei a primeira tentativa minha de jogar no primeiro mapa do PWAD, na dificuldade Ultra-Violence. Também compartilhei nossas primeiras impressões a respeito.

O segundo vídeo é uma exploração do SIGIL feita com o Combined Arms e o Brother in Arms. A partida não ficou das mais bonitas, visto que eu não conhecia os mapas e ainda estava doente no dia que gravei. Mas vai ficar assim mesmo.

Exibir conteúdo: Mais vídeos

Enredo

Baphomet (aquele demônio vereador) estava apenas fazendo a vontade de Satanás quando colocava um poderoso sigilo no teleporte pra fora da E4M8 para te levar de volta ao Inferno. Por alguma razão, eles não entenderam que você é a razão pela qual eles falharam em primeiro lugar.

É hora de arrebentar com o lugar como seu arsenal, escapar do Inferno, voltando para a Terra para encarar os demônios mais avançados que foram enviados na frente.

Review preliminar do Tyrant120*

As minhas primeiras impressões são mais positivas do que negativas. A trilha sonora é muito boa (e isso a versão MIDI). Os secrets do primeiro mapa são intuitivos, assim como o avanço nele. A parada de ativar os switches dando tiro naqueles olhos misteriosos parece seguir o episódio inteiro e é um recurso interessante que não é sempre usado por aí.

A dificuldade é realmente desbalanceada no Ultra-Violence. É normal, por exemplo, você entrar num teleporte e dar de cara com um tanto de monstros te atacando, e isso tudo em áreas fechadas, claustrofóbicas e que não perdoam erros. A falta de munição também é um problema constante. Vale a pena vasculhar por segredos, pois podem guardar ammo, power-ups, armas etc. Uma mecânica interessante que já vi no primeiro mapa do Ancient Aliens e que tem na E5M2 do SIGIL é que você tem que matar um Cyberdemon via telefrag.

Os nomes dos mapas têm referências ao Inferno, demônios e tal, como era esperado. A segunda fase se chama “Sheol” e o primeiro é “Baphomet’s Demesne”. Os switches que terminam o mapa sempre são aquela textura do Icon of Sin em mármore, dando a entender que o WAD, além de ser o quinto capítulo do primeiro Doom, também pode servir como o prelúdio do Doom II.

Considerando que o SIGIL foi feito pro vanilla, e, por isso, o design não pôde fugir do arroz com feijão, o Romero tá de parabéns. Tá bem caprichado. Quem já jogou os dois remakes de missões do Doom original – E1M4b e E1M8b – vai ter uma noção de como é o design dos mapas.

*Este texto foi feito utilizando as impressões que o Tyrant120 compartilhou no nosso canal do Discord. Pelo o que vi a galera falando por aí e pelo pouco que joguei (até o momento), concordo com o que ele disse, mas também inseri minhas opiniões (e organizei as informações).

Screenshots

Compatibilidade

O SIGIL é um PWAD totalmente vanilla desenvolvido para rodar no engine original do Doom ou do The Ultimate Doom (DOOM.EXE) e, portanto, funciona com qualquer port avançado também. Entretanto, ele conta com duas versões no pacote para download. O PWAD com nome de arquivo sigil_compat.wad substitui o episódio 3 para os engines que não conseguem carregar os mapas do episódio 5.

Atualização: sem querer, acabei rodando o SIGIL.wad com o IWAD do Doom II: Hell on Earth e só reparei que não era o DOOM.WAD só depois que zerei o megawad. Funciona com 99,99% de compatibilidade, faltando apenas uma música da tela final do jogo. Se a calhar, então, deve pegar de boa nos IWADs do Final Doom e do Freedoom também.

Versões antigas

Saiba mais

site ou autor do arquivo John Romero tamanho do arquivo 2,8 MB licencaGrátis download link Download

Deixe um comentário

  • Inscreva-se na nossa newsletter!

  • Nos siga nas redes sociais!

  • Páginas

  • Áreas especiais

  • eXTReMe Tracker
    Copyright © 2001 - 2019 Gaming Room - Powered by Facínora!