Cardinal Quest Demo

19 de novembro de 2019

cardinal questCardinal Quest Demo é um adventure em Flash com elementos de RPG que se passa num mundo de fantasia medieval inspirado em Gauntlet, Golden Axe e na icônica caixa vermelha do Dungeons & Dragons.

Os gráficos do Cardinal Quest são retrô (se parecem com games antigos) e o jogo é bem divertido em si, no estilo roguelike, onde a posição dos inimigos e os mapas são sempre diferentes a cada jogo.

O único porém deste game é que é apenas uma demo, com umas 4 fases só, se não me engano. Mas dá pra divertir, de bobeira.

Controles

  • Use as setinhas para movimentar.
  • Para atacar um monstro, abrir portas ou arrombar os baús, simplesmente mova pra cima deles.
  • F1: Ajuda
  • ESC: Abre o menu.

Clique Aqui Para Jogar

Anthem deverá ser refeito e relançado

18 de novembro de 2019
Anthem deverá ser refeito e relançado

Parece que o Anthem, uma bomba lançada pela EA aí que deu muita dor de cabeça pros trouxas que o compraram, deverá ser refeito e relançado.

Segundo consta, fontes próximas à BioWare, a desenvolvedora dessa bicheira, dizem que a empresa planeja fazer uma revisão completa do jogo, com as fontes se referindo a ele como “Anthem 2.0” ou “Anthem Next”.

Fiquei sabendo do próximo capítulo desta novela no vídeo da CENTRAL que encontra-se a seguir: Leia o resto desse post »

Modelos de inimigos do Blood são, na verdade, Power Rangers

18 de novembro de 2019
Modelos de inimigos do Blood são, na verdade, Power Rangers

Marphy Black, um usuário do Twitter, descobre que modelos de alguns inimigos do clássico FPS Blood, como os zumbis e cultistas, são, na verdade, bonecos dos Power Rangers dos anos 90.

Depois que a gente fragou o brinquedo usado como base para a BFG 9000 do Doom, fica parecendo que os desenvolvedores daquela década gostavam mesmo de aproveitar essas coisas para criar seus jogos de tiro.

Embora eu não tenha certeza se isto era realmente algum segredo trancado a sete chaves, resolvi falar a respeito como bônus no final do quarto vídeo da nossa série de Curiosidades: Leia o resto desse post »

John Carmack é premiado por suas contribuições para a VR, mas decide largar e trabalhar com outra coisa

17 de novembro de 2019
John Carmack é premiado por suas contribuições para a VR, mas decide largar e trabalhar com outra coisa

John Carmack, gênio e um dos principais criadores do Doom, é premiado por suas contribuições para a VR (Realidade Virtual), mas, dizendo estar atrás de outros desafios, decide largar e trabalhar com outra coisa.

Em seu discurso de aceitação do seu Lifetime Achievement Award (algo como “Prêmio de Realização de Vida”) dado pelos VR Awards deste ano, Carmack, quem estava trabalhando pro Mark Fvckerberg na Oculus VR, afirmou que não está satisfeito com ritmo que a realidade virtual está progredindo e vai se dedicar no desenvolvimento de outra sigla, AI, ou Inteligência Artificial.

Resolvi gravar a 104ª edição das Notícias do Facínora a respeito dessa parada toda: Leia o resto desse post »

Defenestrando X-Men (1992)

17 de novembro de 2019
Defenestrando X-Men (1992)

Como hoje é domingo, trazemos aqui uma jogatina de uma máquina de fliperama, a do X-Men, para você ter algo que presta para assistir neste dia onde só passa porcaria na TV.

O vídeo mostra o game sendo completamente detonado, tem mais de uma hora de duração e foi feito, comentado e publicado pelo canal Defenestrando Jogos e é descontraído e informativo. Trata-se também da maior fonte de informações desta publicação.

X-Men (エックス・メン) é um jogo de luta estilo beat ’em up com rolagem lateral baseado nos personagens da Marvel de mesmo nome que foi desenvolvido e lançado pela Konami em abril de 1992, originalmente nos fliperamas.

Em X-Men, os jogadores controlam um dos seis super-heróis jogáveis para derrotar seu inimigo, Magneto, e salvar o Professor X. Os designs dos personagens são baseados no piloto de uma série de desenhos de 1989 chamada X-Men: Pryde of the X-Men.

Demorou, mas o X-Men da Konami foi eventualmente portado para outros sistemas, ganhando versões para PlayStation 3 (14 de Dezembro 2010), XBox 360 (15 de dezembro de 2010), Android (1 de junho de 2011) e iOS (1 de junho de 2011).

Enredo

Wolverine, Tempestade, Colossus, Ciclope, Noturno e Cristal devem impedir o vilão Magneto de causar um grande estrago na civilização humana, lutando contra um exército de centenas de sentinelas, crocodilos mutantes, Reavers e supervilões, como Pyro, Blob, Wendigo, Nimrod, a Rainha Branca, Fanático e Mística. Pra completar, Magneto sequestra o Professor X e Kitty Pryde, tornando a jornada também uma missão de resgate.

Gameplay

X-Men é um beat ’em up que permite até seis jogadores ao mesmo tempo, que podem ser o Wolverine, Tempestade, Colossus, Ciclope, Noturno ou a Cristal. Ao longo das suas fases, inimigos da Marvel e alguns exclusivos do jogo tentarão impedir os X-Men, sendo estes desde mortais Sentinelas robóticos até tipos como o Fanático, Blob e Mística. Cada nível termina com uma batalha contra um poderoso personagem mutante maligno. Se os heróis sobreviverem aos vários asseclas de Magneto, acabarão enfrentando um confronto com o supervilão em pessoa.

Cada personagem se movimenta por oito direções e tem um botão de ataque, pulo e de um poder mutante único para cada X-Man. Enquanto inflige um monte de dano sobre os inimigos, o uso deste poder remove 3 barras do medidor de vida dos jogadores (de um total de 10 barras). Normalmente, um personagem que cai abaixo de quatro pontos de vida não pode mais usar nenhum poder mutante, mas também é possível que estes obtenham poderes mutantes bônus que podem ser armazenados como itens. Na versão japonesa, os itens de energia são usados antes da saúde, e também existem power-ups e pacotes de saúde em todos os níveis.

O jogo tem seis estágios, com o final sendo o Asteroide M, a base de Magneto. Os mutantes derrotados dos níveis anteriores fazem uma aparição, embora de forma menos poderosa, antes do encontro final com o próprio Magneto. É um tipo de boss rush onde três deles vem juntos para o combate.

Diferenças entre as versões japonesa e americana de 2 jogadores:

  • A introdução das cutscenes e algumas das outras animações contêm legendas em japonês;
  • Durante o jogo, alguns sentinelas aparecem com uma coloração branca e rosa. Se você derrotá-los, pode pegar um power-up de energia ou uma bola power-up mutante;
  • Sempre que você usar um ataque de poder mutante, usará uma bola de poder antes de perder energia para usar outro ataque. Na versão dos USA, entretanto, você perde a energia primeiramente. A seguir, poderá usar uma esfera de poder mutante.
  • Os estágios 1 e 4 na versão japonesa começam um pouco à frente da versão dos EUA;
  • O robô pterodáctilo, o chefão da metade do estágio 4, aparece muito mais cedo na versão japonesa;
  • A versão dos EUA têm a velha tela “Winners Don’t Use Drugs”, a qual só fala verdades.

Curiosidades

  • A Konami fez uma versão do jogo para seis jogadores utilizando duas telas em um gabinete de luxo;
  • Uma coisa útil sobre esta versão de 6 jogadores e a tela ser mais longa é que é melhor para desviar dos ataques inimigos já que há mais espaço de tela física para o campo de jogo. Isso faz algumas lutas mais fáceis, uma vez que você não está tentando ver os inimigos fora da tela com tanta frequência, e permitiu a Konami dar a sensação correta para as cutscenes, já que não precisavam “cortar” para os lados com as partes animadas;
  • Na tela de demonstração de Noturno, seu nome aparece escrito como “Nightcrowler”, mas o certo é “Nightcrawler”;
  • Embora Final Fight tenha se tornado o benchmark para os beat ’em ups quando foi lançado, o X-Men da Konami criou várias inovações para o gênero, incluindo a habilidade de bater em oponentes caídos para impedir que voltem a se levantar, o poder mutante que pode limpar a tela dos inimigos e a barra de vida dos jogadores, entre outras coisas. O game é lembrado com carinho por aqueles que jogaram por sua diversão, sendo viciante e possuindo gráficos super coloridos. No entanto é também muito criticado pelo seu script trazer frases como “Eu sou Magneto, mestre do magnetismo”;
  • Bill Toups mantém recorde oficial deste jogo, com 830 pontos em 20 de abril de 1997. E continua sendo o grande campeão até hoje [1];
  • Uma maquina de X-Men aparece num filme de 1998 chamado The Replacement Killers (Assassinos Substitutos);
  • Esta era uma das máquinas que Michael Jackson possuia (Número de série: 1099L) e que foi vendida no leilão oficial do artista a 24 de abril de 2009;
  • A King Records lançou um álbum com a trilha sonora, em edição limitada, deste jogo (Konami All Stars 1993 – KICA-9016, 9018) em 21 de dezembro de 1992;
  • Devido a certas questões, nos gabinetes para 2 e 4 jogadores, tinha a seleção de personagens, enquanto os gabinetes de 6 jogadores forçavam as seleções pelo controle que o jogador escolhia, algo que acontecia também em máquinas deluxe da Konami como The Simpsons, Teenage Ninja Mutant Turtles e, se não muito me engano, Vendetta.

Referências e mais beat ’em up

Clique Aqui Para Assistir Ao Vídeo

Bob The Robber 2

16 de novembro de 2019
Bob The Robber 2

Bob the Robber 2 é a primeira sequencia do divertido Bob the Robber que mantém o mesmo estilo de gameplay, mas traz novas fases, novos inimigos e zumbis.

Desta vez, a cidade está em perigo de novo e o Robber Bob vai ter que ser o herói e salvar todo mundo da Corporação Gamp. Ajude Bob guiando-o através de cães brabos, guardas de segurança, câmeras, grades a laser e até mortos-vivos!

Este jogo online (HTML5) combina adventure e quebra-cabeças e é bem divertido.

Controles

  • Setinhas ou WASD: Movimentar
  • ↑ ou W: Ação (procura loot)
  • Barra de Espaço: Desativa robôs
  • Z, X e C: Usa engenhocas

Mais Bob the Robber

Clique Aqui Para Jogar

Doom 64 não se passa em Marte

14 de novembro de 2019
Doom 64 não se passa em Marte

O enredo do Doom 64, o peculiar Doom do Nintendo 64, ao contrário do que parece sugerir o manual do jogo, não se passa em Marte, pelo menos não inicialmente.

No dia 14 de novembro de 2019, um usuário do fórum do Doomworld, o Revenant100, parece ter finalmente encontrado o local onde a ação deste jogo de tiro em primeira pessoa ocorre, algo debatido pelos jogadores por muitos anos (o Doom 64 foi lançado em 1997) e ele arrumou evidências em fontes oficiais que podem ser motivos para canonizar sua descoberta.

Resolvi falar sobre isto no quarto vídeo da nossa série de Curiosidades do nosso canal: Leia o resto desse post »

E.D.F. – Earth Defense Force

13 de novembro de 2019
E.D.F. – Earth Defense Force

E.D.F. – Earth Defense Force é um jogo de tiro estilo shoot ’em up de rolagem horizontal com tema de ficção científica desenvolvido e lançado pela Jaleco em março de 1991, originalmente para os fliperamas. Mais tarde naquele ano, o Earth Defense Force foi portado para o SNES e ganhou também versões para Wii e iPhone em 2011.

Eu não conheci o EDF na sua época, mas fui dar uma jogadinha para tirar umas screenshots e resolvi ir até o final, pois achei bem massa, devido aos seus controles, gráficos a variedade de armas e o sistema de upgrade das mesmas. O problema é que o E.D.F. – Earth Defense Force é um papa-fichas do baralho. O maluco que conseguir zerar este shmup com poucas fichas pode ficar metido.

Leia o resto desse post »

DBThanatos anuncia versão 2.5 do seu D4T: Death Foretold

12 de novembro de 2019
DBThanatos anuncia versão 2.5 do seu D4T: Death Foretold

DBThanatos anuncia versão 2.5 do D4T: Death Foretold, o excelente mod criado por ele e pelo Michaelis que combina elementos como armas, monstros e upgrades do Doom 2016 com o ritmo frenético do Doom clássico.

Atualização (16/11/2019): o Death Foretold v2.5 já saiu e você pode pegar ele aqui!

O anúncio foi feito por meio de um trailer publicado ontem (11/11/19) em seu canal do YouTube, onde ele falava brevemente sobre as novidades do Death Foretold v2.5, tirava algumas dúvidas e informava a data de lançamento.

Resolvi lançar o Notícias do Facínora 103 sobre este assunto, onde joguei uma partida do D4T v2.1 com o Aeon Deathmatch, pra deixar de fundo, e também (re)apresentei o mod, para situar quem não o conhece: Leia o resto desse post »

Lançaram um novo trailer do filme do Sonic com visual mais decente

12 de novembro de 2019
Lançaram um novo trailer do filme do Sonic com visual mais decente

Hoje (12 de novembro de 2019), lançaram cedinho um novo trailer do filme do Sonic que traz o ouriço com um visual mais decente do que aquele que foi apresentado anteriormente e gerou forte reação negativa dos fãs.

O visual pelo menos foi ajeitado. Faltava agora resolver o problema do filme, com data de lançamento para o dia 14 de fevereiro de 2020, ser completamente débil mental, de acordo com o que foi apresentado neste trailer.

Sinopse

Baseado na franquia de enorme sucesso da Sega, Sonic the Hedgehog conta a história do ouriço mais rápido do mundo quando ele encontra sua nova casa na Terra. Nesta comédia cheia de aventura e ação, Sonic e seu novo melhor amigo Tom (James Marsden) se unem para defender o planeta do gênio do mal Dr. Robotnik (Jim Carrey) e impedir seus planos de dominar o mundo. O filme também conta com Tika Sumpter e Ben Schwartz como a voz de Sonic.

Mais Sonic

Clique Aqui Para Assistir Ao Vídeo

  • Inscreva-se na nossa newsletter!

  • Nos siga nas redes sociais!

  • Páginas

  • Áreas especiais

  • Categorias

  • Parceiros

  • eXTReMe Tracker
    Copyright © 2001 - 2019 Gaming Room - Powered by Facínora!