Principais Atualizações

Golden Axe

19 de dezembro de 2017
Golden Axe

Golden Axe (ゴールデンアックス: 戦斧) é um jogo de luta estilo beat ’em up de rolagem lateral desenvolvido e lançado pela Sega em maio de 1989. Um dos maiores sucessos de todos os tempos da firma, o Golden Axe surgiu originalmente para os fliperamas (System 16-B) e foi portado para vários outros sistemas e ainda deu início a uma série de oito games oficiais. O game é ambientado em um mundo de fantasia medieval, aonde três guerreiros unem suas forças para resgatar o Rei e a Princesa sequestrados pelo Death Adder.

Alguns consideram o Golden Axe um hack and slash, mas este termo era usado antigamente para definir alguns RPGs de mesa que eram focados no combate. Por alguma razão, começaram a distorcer este conceito nos videogames, o que pode ser até ignorância de jornalista bobalhão metido a gamer. De qualquer maneira, hack and slash ou não, Golden Axe envolve protagonistas encarando uma grande quantidade de inimigos com foco na pancadaria, o que se encaixa na definição de beat ’em up sem sombra de dúvidas.

Vídeos

Acima, temos o gameplay do Golden Axe do fliperama num vídeo produzido e narrado pelo canal Defenestrando Jogos. O vídeo é meio curto, só tem cerca de 15 minutos de duração, mas é bem informativo e descontraído. Muitas das informações que usamos para montar este post foram retiradas desta fonte.

Já o vídeo anterior foi feito por nós e mostra um pouco da versão de PC do Golden Axe.

Screenshots

As screenshots acima foram tiradas da versão de fliperama do game e foram ampliadas. A resolução original é raster, 336×240.

Enredo

Um terrível flagelo assola a terra de Yuria. A criatura reptiliana maligna mal Death Adder invadiu as aldeias pacíficas e as estradas dessa antiga terra, colocando a população à mercê da espada ou ainda pior. Seus exércitos de bandidos, esqueletos, fantasmas e outras criaturas assassinas agora assombram Yuria, aterrorizando os cidadãos inocentes e exigindo impostos cada vez mais incapacitantes ao povo, assim como os estados fazem na vida real. A comida está escassa, e há pouca esperança de liberdade.

A própria existência de Yuria agora está ameaçada: Death Adder seqüestrou o Rei e a sua filha, a bela Princesa, os mantendo cativos em seu próprio castelo. Death Adder também encontrou o Golden Axe, o emblema mágico da terra de Yuria, e planeja destruí-lo e matar a família real, a menos que todo o povo incline-se contra sua vontade, jurando juramento de fidelidade ao seu regime malvado, aceitando-o como seu mestre.

Parece haver poucas chances de derrotar Death Adder e livrar Yuria de suas hordas malignas – os exércitos do rei foram esmagados há muito tempo em batalhas brutais e sangrentas. Mas uma aliança de três guerreiros dos cantos mais distantes da terra, pode conseguir o impossível: Ax Battler, um bárbaro que teve sua mãe assassinada pelo Death Adder; Tyris Flare, uma amazona que teve seus pais assassinados pelo vilão e Gilius Thunderhead, um anão das minas de Wolud que teve seu irmão gêmeo assassinado pelo tirano maníaco.

Gameplay

Como dissemos, o Golden Axe é um beat ’em up com rolagem lateral (como já dissemos) que conta com movimentação nas oito direções. Ele pode ser jogado por uma ou duas pessoas ao mesmo tempo (na maioria das versões), onde cada jogador escolhe um dos três protagonistas, Ax Battler, o bárbaro que usa espada e tem o poder da terra, Tyris Flare, a amazona que também usa espada e tem o poder do fogo e Gilius Thunderhead, o anão que usa machado e tem o poder do raio. Os poderes são ativados de posse dos potes mágicos azuis que, quanto mais acumulados, mais força garantem para a magia.

Cada personagem tem um movimento para atacar inimigos que vem por trás que pode ser executado apertando os botões de ataque e pulo simultaneamente. Além disso, pressionar duas vezes para direita ou esquerda vai fazer o personagem correr. Quando assim, o herói pode incrementar seus ataques, tanto no solo como saltando. Correndo, o jogador pode usar o “encontrão” que derruba os adversários, além de pular mais alto ou, se apertado o botão de ataque durante este salto, cravar a arma, algo que costuma matar a maioria dos inimigos de primeira.

Em determinados pontos durante o jogo, os jogadores vão se deparar com inimigos que montam criaturas. Se o jogador derrubar o adversário, ele poderá tomar o lugar dele e usar a montaria contra a oposição.

Em determinados pontos durante uma fase, bem como sobre os níveis intermitentes entre estágios, pequenas criaturas (tipo uns goblins) aparecem carregando um saco e roubam até dois potes de magia dos heróis. Estes podem acertar o goblins, fazendo-os derrubar alimentos (goblin azul) ou poções mágicas (o verde).

Golden Axe tem 5 fases mais 4 que são aquelas partes intermitentes caracterizadas apenas pelos goblins tentando roubar os potes dos jogadores.

Curiosidades

  • Makoto Uchida, designer do Golden Axe, queria fazer um jogo semelhante ao Dragon Quest mas, vendo como a Sega não estava gostando da ideia, ele e sua equipe acabaram pensando em personagens selecionáveis e magias chamativas que fariam um grande sucesso, e daí surgiu uma das grandes franquias da firma;
  • O kanji na tela de título se lê como “Senpu”, que significa “combate com machado”. Este é um exemplo de “gikun”, aonde os artistas japoneses usam o valor fonético de uma palavra para determinar o nome do jogo ao invés do significado da própria palavra;
  • No começo do jogo, os personagens encontram um personagem chamado Alex que morre pelos seus ferimentos. Será que era mais uma “profecia” sobre o então mascote da Sega, o Alex Kidd, que seria substituído em breve?
  • A versão japonesa é um pouco mais sangrenta em relação às versões ocidentais. Na sua demonstração, existe uma cena aonde Ax Battler surge na entrada de Turtle Village e arranca a cabeça de um inimigo, lançando-a para fora da tela. E, durante a escolha de personagens, a palavra “PLAYER SELECT” fica pingando sangue constantemente;
  • O jogo tenta punir o jogador que fica parado na tela, fazendo com que surja duas caveiras pretas muito rápidas, mas bem fracas, para atacá-lo, mesmo se houver inimigos com ele e o mesmo ficar fugindo deles sem atacar por muito tempo;
  • Muitas dos efeitos sonoros como as vozes em Golden Axe no arcade retirados dos filmes Rambo – First Blood e Conan, o Bárbaro.

Macete para restaurar vida no Golden Axe do fliperama

Jogando com duas pessoas, se a energia de um dos jogadores estiver igual a um, durante a tela dos goblins, ignore-os e desçam até a parte inferior da tela. O jogador “quase” morrendo deve ficar imóvel enquanto seu companheiro dá dois golpes em sequência sem finalizar com um terceiro ataque, aguardando o personagem se recuperar e começar o processo até a única energia desaparecer. Feito isso, e só aguardar a mudança de fase e você verá que, no início do novo estágio, a energia do personagem estará completamente restaurada.

Ports e série

Como dissemos acima, o Golden Axe foi portado para vários outros sistemas: Mega Drive/Genesis, Master System, Sega CD, MS-DOS, Amiga, Atari ST, Amstrad, Commodore 64, iOS, PC Engine CD, WonderSwan Color e ZX Spectrum. Além destas versões, o Golden Axe também deu início a uma série composta dos beat ’em ups e seus spin offs, alguns muito bons e outros nem tanto:

  1. Golden Axe (1989)
  2. Golden Axe Warrior (1990, Master System)
  3. Ax Battler – A Legend of Golden Axe (Game Gear)
  4. Golden Axe II (1991)
  5. Golden Axe – The Revenge of Death Adder (1992)
  6. Golden Axe III (1993, Mega Drive)
  7. Golden Axe – The Duel (1994)
  8. Golden Axe – Beast Rider (2008, PS3 / XBOX 360)

Como não poderia faltar, o Golden Axe também ganhou fan games e clones, um deles sendo o Golden Axe: The Curse of Death Adder, desenvolvido no OpenBOR.

Mais Golden Axe

Todos os posts relacionados a Golden Axe (Série):

Saiba Mais

Defenestrando Dragon Breed (1989)

17 de dezembro de 2017
Defenestrando Dragon Breed (1989)

Assista o Dragon Breed, um shooter de 1989, sendo defenestrado pelo Celso em seu canal, neste episódio do seu Fliperama Nostálgico.

Estamos adicionando aqui, como o de costume, num domingão, de forma a providenciar algo assistível para você, neste dia quando só passa porcaria na televisão. O vídeo é bem legal, descontraído e compartilha algumas das informações que usamos para montar este post.

Dragon Breed (ドラゴンブリード ) é um jogo de tiro estilo shoot ’em up com rolagem horizontal desenvolvido e lançado pela Irem em junho de 1989. Ele saiu primeiro para os fliperamas, rodando nos hardwares M72 e M81, e foi portado para vários computadores pessoais em 1990 pela Activision: Commodore Amiga (1989), Atari ST (1989), Amstrad CPC (1989), Commodore C64 (1991), Sinclair ZX Spectrum (1991) e Amstrad CPC (1991).

Dragon Breed é um título relativamente obscuro, porém de grande qualidade. Inovando na fórmula que consagrou o R-Type, também da Irem, com interessantes novidades nos gráficos e no gameplay.

Enredo

Kayus tornou-se Rei do Império Agamen quando tinha apenas 15 anos de idade. Aqueles insatisfeitos com a sua entronização conspiraram para quebrar o selo que confina o Rei das Trevas, Zambaquous, e assim tomar o reino com o poder negro. Assim, o vento estava cheio de miasma e o chão apodrecia, gradualmente se transformando em escuridão. O jovem Rei Kayus, parte, então, junto com o dragão da luz, Bahamoot, para impedir que as trevas voltem a prevalecer e destruir o Reino.

Gameplay

Como dissemos, o Dragon Breed é um excelente e inovador side scrolling shoot em up com jogabilidade similar a do clássico R-Type. Dragon Breed difere de outros jogos do gênero principalmente por causa do dragão, uma figura totalmente articulada e com movimentos soberbos, enquanto a maioria dos games da época eram protagonizados por navinhas. O dragão é invulnerável ao fogo e contato inimigo, podendo ser usado tanto como um escudo como uma arma, pois ele protege o jogador e ataca com o corpo e com bolas de fogo que ele cospe.

O jogador deve controlar o dragão de tal forma que o seu corpo possa ser usado para cercar Kayus e protegê-lo de seus inimigos. Qualquer contato do corpo com o inimigo vai esgotar o poder deste, eventualmente matando-o. O dragão também pode ter seu poder aumentado de uma forma semelhante as naves espaciais de outros shmups. Além disto, segurando o botão de tiro, pode-se aumentar a força das bolas de fogo que o Dragão cospe.

O Rei Kayus, entretanto, não é invulnerável, e vai perder uma vida toda vez que for atingido pelos inimigos ou colidir com eles. Ele atira com uma besta e pode desmontar do dragão para recolher power-ups que aparecem em vários pontos ao longo de um estágio, pequenas áreas de terra aparecem na parte inferior da tela.

Power-ups

Os power-ups vem em formas de orbes que aparecem ao atirar pequenos dragões verdes que aparecem intermitentemente entre as fases, ou, como dito acima, no chão. Existem quatro tipos diferentes de orbes, cada uma podendo mudar Bahamoot para uma cor diferente e dando a ele um novo poder de ataque:

  • Vermelho: o dragão respira uma chama de fogo que fica maior se mais power-ups forem coletados;
  • Dourado: o corpo do dragão começa a disparar crescentes de fogo em todas as direções;
  • Branco: o dragão dispara até quatro dragões em miniatura que voam ao encontro dos inimigos.
  • Azul: o dragão dispara raios de eletricidade pra baixo do seu corpo.

 

Clique Aqui Para Assistir Ao Vídeo

Coletânea do Street Fighter e Moonwalker com Thriller

16 de dezembro de 2017
Coletânea do Street Fighter e Moonwalker com Thriller

Coletânea de 30 anos do Street Fighter, Moonwalker com Thriller e o novo canal da Gaming Room no Bitchute foram os assuntos do vigésimo nono vídeo das Notícias do Facínora, a nossa série de notícias do canal do YouTube que foca principalmente em games mas também em outras coisas aleatórias.

Apesar que o Facínora está doente e com a voz toda zuada, deu para ele gravar este vídeo:

Notas do episódio

As notas do episódio vão ficar meio cruas pois foram feitas na pressa, mas você pode obter mais informações nas fontes das notícias:

Coletânea de 30 anos do Street Fighter

Segundo o Arkade.com.br, para comemorar os 30 anos do Street Fighter, a capcom anunciou uma nova coletânea da franquia. São 12 games ao todo em apenas um único pacote que chega ano que vem: Street FighterStreet Fighter II, Street Fighter II: Champion Edition, Street Fighter II: Hyper Fighting, Super Street Fighter II, Super Street Fighter II: Turbo, Street Fighter Alpha (1, 2 e 3), Street Fighter III, Street Fighter III: 2nd Impact e Street Fighter III: 3rd Strike.

O trailer ficou neurótico. Me deu até arrepios:

Colecionador encontra um suposto cartucho do Moonwalker com a música Thriller

Segundo o Passagemsecreta.com, um colecionador conhecido como Brian diz ter encontrado um cartucho onde é possível ouvir por completo a canção Thriller no estágio 3-2 do jogo, justamente a fase do cemitério. Segundo ele, cartucho foi encontrado no mercado de segunda mão e comprado por apenas 20 dólares. Não sei dizer se é pra valer, mas eu sempre me perguntei porquê não tinha a música Thriller na fase do cemitério.

O vídeo abaixo mostra a suposta versão do game rodando. Será verdade:

Novo canal da Gaming Room no Bitchute

No Gaming DooM 9, o Facínora apresentou o nosso finado canal no Vidme, mas, infelizmente, no dia 15 de dezembro de 2017 o site fechou. Para substituir este canal, criamos um no Bitchute, uma rede alternativa ao YouTube que usa uma interessante forma para hospedar os vídeos: peer 2 peer, algo similar ao que acontece no Bittorrent (e daí o nome).

Crie sua conta lá e se inscreva no nosso canal:

www.bitchute.com/channel/gamingroom

Mario Winter Run

16 de dezembro de 2017
Mario Winter Run

Em Mario Winter Run já o dia de Natal e cabe ao Mario a preparar e distribuir presentes aos seus amigos. Entretanto, o Bowser roubou todos os presentes que o Super Mario preparou para esta data!

Ajude Mario a recuperar todos os presentes que foram roubados pelo seu antigo inimigo Bowser e salve o Natal!

Este é um simples, porém colorido e divertido jogo online de free running. As crianças vão adorar, mas os adultos podem tentar também.

Controles

  • Use o mouse para jogar.

Clique Aqui Para Jogar

The Chamber of Damnation

15 de dezembro de 2017
The Chamber of Damnation

The Chamber of Damnation é um mod para Doom II criado pelo Pottus (Jeffrey Banks) que traz seis mapas enormes, difíceis, complexos e que contém uma quantidade absurda de monstros.

Este slaughter map foi desenvolvido para o Skulltag e usa classes exclusivas deste port, portanto, conta com armas e monstros novos em relação ao vanilla Doom. Além disto, The Chamber of Damnation também apresenta texturas e músicas novas.

De acordo com o autor, apesar de já ter sido lançada a versão final do The Chamber of Damnation, este PWAD ainda tem muitas texturas mal alinhadas, bugs etc. Os seus mapas levam o jogador em uma jornada nos circulos internos do Inferno e são baseados em enormes câmaras, inspirados principalmente no Mapa 02 do Deus Vult.

Vídeo

O vídeo acima foi gravado no Mapa 01 do The Chamber of Damnation jogado com uma edição do Zandronum do Russian Overkill e o Brother in Arms.

Screenshots

Compatibilidade

Apesar de o mod ter sido desenvolvido para o Skulltag, o seu autor acabou incluindo-lhe as classes extras, garantindo, assim, a compatibilidade com o Zandronum. The Chamber of Damnation foi testado aqui nas versões 2.0 e 2.1.2 deste port e com os IWADs do Doom II: Hell on Earth, Final Doom e da phase 2 do Freedoom.

Saiba mais

site ou autor do arquivo Pottus tamanho do arquivo 41,8 MB licencaGrátis Download

MooBalls Christmas

15 de dezembro de 2017
MooBalls Christmas

MooBalls Christmas é um game quebra-cabeças online e casual para você se divertir enquanto desfruta da mágica atmosfera natalina! MooBalls Christmas foi criado para todas as idades se divertirem neste especial Dia Santo.

Este jogo é simples, mas competitivo… Ele vai demandar reflexos e coordenação motora de você e seus amigos!

Feliz Natal!

Instruções

  • Conecte até quantos ícones iguais quanto puder antes deles chegarem ao topo!

Clique Aqui Para Jogar

Deep Freeze

13 de dezembro de 2017

deep freezeDeep Freeze é um jogo de plataforma natalino em Flash que tem o gameplay similar ao Snow Bros., um antigo título de fliperama da Toaplan lançado pela Capcom em 1990.

Em Deep Freeze, você controla o Papai Noel e ele tem que congelar os inimigos com sua arma de água, a fim de impedi-los de arruinar o Natal.

Controles

  • Setinhas: Movimentam
  • Barra de Espaço: Atira e chuta bola de neve

Clique Aqui Para Jogar

Effing Worms – Xmas

12 de dezembro de 2017
Effing Worms – Xmas

Effing Worms – Xmas é um jogo de ação de Natal onde você controla um verme gigante que está zangado por ter recebido um presente vagabundo do Papai Noel e começou a rodar a baianam só de raiva.

Rasteje pelo chão, pule pelo ar e devore tudo que se mova, incluindo os duendes, pés grandes, as renas e até o bom velhinho!

Não se esqueça de divertir com este engraçado game e de ter um Feliz Natal!

Controles

  • WASD ou Setinhas: Move

Clique Aqui Para Jogar

Starlight Xmas

11 de dezembro de 2017

Starlight XmasStarlight Xmas é a edição natalina da série Starlight, uns games online em Flash onde você tem que encontrar figuras escondidas entre as estrelas.

Ele apresenta dois modos de game: o Classic (Clássico) te coloca para achar as figuras ocultas, enquanto o Puzzle (Quebra-cabeças) requer que você use seus olhos e imaginação para completar os desafios.

O que você consegue enxergar no céu de Natal?

Controles

  • Classic Gameplay: Use o mouse para rotacionar as estrelas e achar o ponto de vista onde elas formam uma figura.
  • Puzzle Gameplay: Conecte as estrelas com linhas para adivinhar que figura está oculta e ver mais.

Clique Aqui Para Jogar

Defenestrando Wild Fang (1989)

10 de dezembro de 2017
Defenestrando Wild Fang (1989)

Defenestrando Wild Fang (1989) é mais um vídeo do Fliperama Nostálgico, do canal Defenestrando Jogos, que estamos adicionando aqui para você ter algo decente pra assistir na domingueira.

O vídeo comenta e mostra o gameplay, curiosidades e informações sobre este antigo título dos fliperamas, o que é, afinal, assunto deste quadro de seu canal.

Utilizamos várias das informações fornecidas no vídeo para montar este post, como o de costume.

Wild Fang (ワイルドファング), conhecido fora do Japão como Tecmo Knight, é um jogo de luta estilo beat ’em up desenvolvido e lançado pela Tecmo para os fliperamas, em maio de 1989. É ambientado em um mundo de fantasia medieval e contém elementos que lembram títulos como Golden Axe (uma fase chupinhada) e Ninja Gaiden (telas perturbadoras). Tem também uma boa dose de sangue e violência animada, mas nada impressionante ou inapropriado.

Apesar de não ser um jogo ruim, com boa trilha sonora e recursos em geral, o Wild Fang (ou Tecmo Knight) parece nunca ter saído da obscuridade e não rendeu nem ports nem sequências.

Enredo

A história de Wild Fang começa quando Tecmo Knight, o bravo guerreiro ancestral, travou uma batalha contra a besta diabólica conhecida como Wild Fang (ou Satanás). Mas, antes que ele encare seu desafio, ele vai ter que derrotar o exercito de monstros sob o controle de Wild Fang.

Gameplay

Wild Fang é um beat ’em up side scrolling para um ou dois jogadores enfrentarem uma variedade enorme de inimigos, como orcs, ogros, goblins, demônios e outras criaturas místicas. Eles devem abrir o seu caminho até destruir Satanás, o chefão final deste game.

Os protagonistas são Beast Masters, podendo controlar feras para lhe auxiliar em sua missão. Sob o comando do jogador, existem três feras disponíveis: um tigre e um gigante que podem ser trocados durante o jogo se o jogador tiver estrelas para fazer a troca, e um dragão, se o mesmo achar o power-up que o libera por um curto período de tempo.

A barra de vida do jogador é representada por um dragão cuspindo de fogo no canto superior da tela. Com cada acerto dos inimigos esse fogo se torna menor. Uma vez que a barra de vida está esgotada e perdida uma vida e todas as estrelas que foram pegas até aquele momento. Cada inimigo decapitado dropa seus crânios caídos no chão, pontos, estrelas e power-ups.

Assim como no beat ’em up de 1988, Ninja Gaiden, Wild Fang é difícil para os iniciantes, porque requer mais paciência que apenas sair apertando os botões e porrando geral. Também como no Ninja Gaiden, Wild Fang apresenta uma tela de continue bastante perturbadora, onde o protagonistas está prestes a ser engolido por um monstro oculto. Se o jogador não continuar antes que a contagem regressiva de 10 segundos termine, o herói é ouvido gritando enquanto o monstro o engole. Depois, a tela escurecerá, e um monstro rasgará a tela gritando (NO FUTURE!) (“nenhum futuro!”), juntamente com o “Game Over” aparecendo sob o monstro.

 

 

 

Clique Aqui Para Assistir Ao Vídeo

Crazy Christmas!

9 de dezembro de 2017
Crazy Christmas!

Crazy Christmas! é um jogo online de Natal tipo Angry Birds onde você vai recolher presentes e matar os inimigos dentro das construções.

Ah! E por acaso, Feliz Natal!

Instruções

  • Este jogo é tipo um Crush the Castle ou Angry Birds com tema natalino.
  • Use o mouse para mudar a direção do canhão.
  • Clique o botão esquerdo do mouse para atirar.
  • Mate todos os inimigos para completar a fase.
  • Use diferentes tipos de munição para diferentes propósitos.

Clique Aqui Para Jogar

Baradoom

8 de dezembro de 2017
Baradoom

Baradoom é um mod para Doom criado por Skelegant que adiciona um pacote overpowered de armas ao jogo.

O projeto começou inspirado no Russian Overkill, mas depois começou a seguir um rumo próprio, apresentando um arsenal menor e não tão exagerado quanto o do popular mod do PillowBlaster. Algumas armas contam com tiro secundário e o WAD também promove mudanças no HUD, novos sons, telas e sprites e umas pétalas de rosa que aparecem quando o jogador atira etc.

Apesar que o Baradoom remete a animes cheios de pederastia frescura, tipo JoJo, é um mod divertido, acaba sendo engraçado e não tem nada de indecente nele. Um dos destaques é o que acontece quando você recolhe o Berserk Pack.

Vídeo

O vídeo acima foi jogado no mapa Excelsior, que está incluído em nosso pacote para download. Ele foi feito especificamente para demonstrar todo o arsenal do Baradoom.

Armas

  • Big Manly Fists: O soco pode detonar um zumbi com um golpe. O altfire faz o protagonista dançar e bater feito ma mula;
  • Big Ol’ Revolver: O revolvinho é consideravelmente mais poderoso que a pistola do vanilla e sua animação é massa;
  • Big Bad Shotgun: Atira uma carga massiva de chumbo quente e pétalas de rosa no que tiver pela frente. O altfire carrega 4 cartuchos até liberar no(s) alvo(s);
  • Big Bad Double Shotty: Uma escopeta de cano duplo com aspecto futurista. O seu altfire carrega uns cartuchos e libera-os rapidamente;
  • Whacking Great Minigun: A Minigun é muito eficiente. Ela pode limpar grandes áreas infestadas por monstros rapidamente. O altfire faz cair flores enquanto atira;
  • Deluxe Rocket Launcher: O Rocket Launcher, além do tiro padrão, pode lançar foguetes teleguiados com o seu altfire, embora estes sejam menos poderosos;
  • Plasma Cannon: O Canhão de Plasma é excelente, mas ele consome munição que bem um camelo bebendo água;
  • Hard Core F****r 9000: A HCF3000 lança um raio poderoso que arregaça o que tiver pela frente, mas também gasta munição adoidado.

Screenshots

Compatibilidade

Testei o Baradoom no GZDoom (1.8.2, 2.4 e 3.2), no ZDoom 2.8.1 e no Zandronum 3.0, com os IWADs do Doom II: Hell on Earth, The Ultimate Doom, Final Doom e de ambas phases do Freedoom. Pareceu funcionar de boa com tudo isso, mas o mapa que vem para mostrar e testar as armas do mod, Excelsior.wad, fica meio bugado com o ZDoom.

Saiba mais

site ou autor do arquivo Skelegant tamanho do arquivo 8.4MB licencaGrátis Download

Christmas Attack

7 de dezembro de 2017

christmas attackChristmas Attack é um shoot ’em up natalino em Flash (online, para browsers), onde você tem que ajudar o Papai Noel a destruir os presentes ou a desviar deles.

O joguinho é simples, porém é divertido. Conta com gameplay clássico, como upgrades que variam o modo de tiro, níveis de dificuldade para escolher e um ataque especial que destrói todos os inimigos da tela, a Rena.

Controles

  • Setinhas: Movimento
  • X: Atira
  • C: Chama a Rena (ataque especial)
  • ENTER: Pausa o game

Clique Aqui Para Jogar

Santastic Santa!

6 de dezembro de 2017

Santastic Santa!Santastic Santa! é um clone online (em Flash) do Super Mario Bros. com tema natalino que adicionamos aqui em pleno dezembro, mês do Natal!

O Santastic Santa! é um game de plataforma que mistura um estilo retrô com o clima natalino, embora apresente algumas diferenças quanto ao gameplay em relação ao clássico da Nintendo e uma musiquinha legal, embora meio enjoativa.

Controles

  • A: Corre/Atira
  • S: Pula
  • ← e →: Movimentam para esquerda e direita
  • ↓: Agacha
  • Barra de Espaço: Pausa o jogo

Clique Aqui Para Jogar

Zero Horizon

4 de dezembro de 2017
Zero Horizon

Zero Horizon é um jogo de tiro em primeira pessoa desenvolvido pelo olzhas1one usando o GZDoom como engine. O FPS combina um estilo retrô com gameplay run and gun e um pouco de quebra-cabeças e de busca por keycards. Ele também apresenta quatro episódios, cada um com oito missões, e, em relação ao vanilla Doom, traz novos monstros (uns aliens), sons, músicas, telas, HUD e armas.

Alguns monstros tem sprites e sons novos, mas todos se comportam como os originais, exceto o que substitui o Arch-vile, um cruzamento de Cthulhu com o Baron of Hell que atira projéteis e não ressuscita ninguém. Os recursos (sons, gráficos, armas etc.) são de várias fontes, como o Freedoom, Realm667, Duke Nukem 3D, HACX, e até a capa do Final Doom.

Eu joguei três mapas do primeiro episódio e os três são no mesmo estilo: bem diretos e sem confusão,
onde você realmente sai picando bala nos monstros e sem precisar de ficar vasculhando cada ponto
da fase em busca de algum detalhe para finalmente poder prosseguir. Eu gosto de mapa é assim, além de estar tudo combinando harmonicamente.

Tirando os mapas, nada aqui sofreu modificações drásticas. Me parece que as novidades foram somente
na medida em que garantissem um game retrô e run and gun, nada mais do que o objetivo do Zero Horizon. Assim, o trabalho me parece bem sólido no que ele se propõe a ser e é divertido, pelo menos até onde vi.

Vídeo

O vídeo acima é o décimo episódio da Fan Gaming Room, nossa série de vídeos sobre fangames e jogos independentes.

Screenshots

Enredo

O seu enredo é simples, mas eficiente: o jogador assume o papel de um fuzileiro que estava numa base militar quando os alienígenas a invadiram e yada yada yada… Bom, você sabe no que isso vai dar.

Compatibilidade

Apesar de ser um mod de Doom, o Zero Horizon é standalone, vem com o seu IWAD e o GZDoom, e também pode ser combinado com alguns outros mods deste jogo que temos por aí.

Trata-se do primeiro game do autor, que pretende continuar aprimorando-o no futuro, colocando suporte para deathmatch e cooperativo. Tomara que ele cumpra sua promessa.

Saiba mais

site ou autor do arquivo olzhas1one tamanho do arquivo 18,0MB licencaFreeware sistemas operacionais compativeisWindows Download
Página 3 de 20512345678...20...Última »
  • Seja social e nos siga!

           
  • Páginas

  • Tags Especiais

  • Categorias

  • Parceiros

  • eXTReMe Tracker
    Copyright © 2001 - 2018 Gaming Room. Todos os Direitos Reservados - É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste site sem o consentimento dos autores.