Como o computador rouba no Street Fighter II

18 de outubro de 2019
Como o computador rouba no Street Fighter II

Este vídeo do canal desk mostra como o computador (CPU) rouba no Street Fighter II e seus variantes, algo que já deve ter te irritado, se você também passou incontáveis horas jogando este clássico game de luta.

Em cinco capítulos ilustrados com cenas do gameplay de alguma das edições do jogo, incluindo o Super Street Fighter II Turbo, o vídeo expõe como o CPU tinha suas próprias regras ou fazia coisas que eram simplesmente impossíveis para um jogador humano fazer.

Algumas das trapaças do computador do Street Fighter II exibidas no vídeo já eram manjadas, como os lutadores da CPU não precisarem de segurar o direcional para executar golpes que precisam de segurar o direcional, fazer o jogador ficar sem defesa, arrancar quase 90% do seu sangue com agarrões ou não deixar o Zangief ficar tonto por nada além de alguns frames. Ora, já na época do Street Fighter II: Champion Edition, só louco ia pra cima do russo quando ele estava tonteado (a não ser que ele já estivesse à distância de um balão), e isso só ficou mais evidente nas edições posteriores.

Entretanto, como o vídeo faz uma edição muito boa, mostrando quase que frame por frame, fica claro também que o CPU usava umas trapaças quase imperceptíveis, como golpes que eventualmente os seus lutadores, como se fossem invencíveis.

Achei maneiro este trabalho. Bem editado e nostálgico (lembro dos pivetes achando ruim nos fliperamas, falando que os botões estavam falhando e tal, e dando umas porradas nas máquinas).

E você? O que achou?

Mais curiosidades

Clique Aqui Para Assistir Ao Vídeo

Last Resort

18 de outubro de 2019
Last Resort

Last Resort é um jogo de tiro estilo shoot ’em up de rolagem horizontal desenvolvido e lançado em março de 1992 pela SNK originalmente para os fliperamas. Em Last Resort, os jogadores controlam suas espaçonaves através de fases que se passam em paisagens urbanas ou terras desoladas enquanto destroem hordas de inimigos, contando com ajuda de pods num esquema muito parecido com o do R-Type.

Posteriormente, o jogo foi ganhou versões para outras plataformas, como Neo Geo (1992), Neo Geo CD (1994), Switch (2017), PlayStation 2 (2008), PSP (2008), PlayStation 4 (2017), Wii (2008), Windows (2008), Windows Apps (2017) e Xbox One (2017). O game, na maioria destes ports, é parte de coletâneas.

O Last Resort apresenta bons gráficos e efeitos sonoros, mas, apesar disto, não ganhou nenhuma sequência, talvez por ter sido mal recebido pela crítica em sua versão Neo Geo AES. Leia o resto desse post »

Crazy Joe Devola [Mapa para Doom II]

16 de outubro de 2019
Crazy Joe Devola [Mapa para Doom II]

Crazy Joe Devola é um curto mapa para Doom II criado no Oblige e modificado manualmente pelo Facínora que foi usado para apresentar vários mods para este jogo em nosso canal do YouTube.

O Crazy Joe Devola tem uma boa mistura de inimigos fracos com alguns médios e não é muito complicado para vencer, embora tenha umas partes onde você deve ficar esperto pra não morrer de bobeira. Leia o resto desse post »

site ou autor do arquivo Gaming Room tamanho do arquivo 114 KB licencaGrátis download link Download

Yoma Facility

16 de outubro de 2019
Yoma Facility

Yoma Facility é um mapa para Doom II criado no Oblige e modificado com o Doom Builder pelo [Vitz!].

Apresentando um tema de base tecnológica, o mapa conta com uma boa diversidade de monstros e te dá acesso a todas as armas, podendo assim ser concluído começando com a pistola. O mapa possui apenas três áreas secretas, foi criado para ter seu nível de dificuldade médio para difícil e seu tamanho é mediano. Leia o resto desse post »

site ou autor do arquivo Vitz tamanho do arquivo 425 KB licencaGrátis download link Download

NVIDIA deve relançar mais clássicos com ray tracing

15 de outubro de 2019
NVIDIA deve relançar mais clássicos com ray tracing

Ao que parece, a NVIDIA deve relançar mais clássicos com ray tracing e a versão remasterizada do Quake II com esta tecnologia foi apenas o começo.

Na página da firma, tem-se um recrutamento para o que parece um novo “programa de remasterização” que irá aprimorar os visuais dos clássicos do PC, começando “com um título que conhecemos e amamos”, mas que não quiseram falar qual.

Resolvi comentar este assunto no Notícias do Facínora 98, onde também falei sobre a nova atualização do D4T: Leia o resto desse post »

Brutal Minecraft

14 de outubro de 2019
Brutal Minecraft

Brutal Minecraft é um mod para Doom criado pelo DOOMFOREVER7Z que combina elementos visuais e sonoros do hit da Mojang com o gameplay do extremamente popular mod do Sergeant Mark IV, Brutal Doom.

O Brutal Minecraft apresenta seus elementos em uma forma que procura reproduzir o visual e atmosfera do jogo original da melhor maneira possível, trazendo monstros, armas e mapas feitos com recursos e comportamentos fortemente inspirados ou adaptados no Minecraft, combinando tudo com as modificações do gameplay do Brutal Doom. Por exemplo, você pode meter head shots nos inimigos para matá-los mais rápido ou atirar uma granada com uma tecla determinada no Options (só que ao invés de granada, é um bloco de dinamite do famoso jogo de mundo aberto). Leia o resto desse post »

site ou autor do arquivo DOOMFOREVER7Z tamanho do arquivo 203, 92 MB licencaDemo sistemas operacionais compativeisWindows download link Download

Defenestrando 64th Street: A Detective Story (1991)

13 de outubro de 2019
Defenestrando 64th Street: A Detective Story (1991)

Pra começar bem a domingueira, estamos trazendo aqui o gameplay de um jogo antigo, desta vez o do obscuro fighting game 64th Street: A Detective Story. O vídeo desta tentativa de clonar o Final Fight foi feito pelo canal Defenestrando Jogos e é a principal fontes de dados desta informação.

64th Street: A Detective Story é um beat ’em up desenvolvido pela C.P. Brain e lançado pela Jaleco para os fliperamas em março de 1991.

Descaradamente inspirado no clássico Final Fight e ambientado no final da década de 30 (com alguns eventuais elementos steampunk), este jogo de luta traz dois detetives particulares que tem que enfrentar uma enorme quantidade de inimigos para resgatar a filha de algum figurão.

Apesar do jogo ser bastante desconhecido, ele deu início a uma série chamada Rushing Beat, do Super Nintendo. Em 2011, o 64th Street: A Detective Story foi portado para Android e iOS.

Enredo

Durante a década de 30, Rick Anderson é um calmo e inteligente detetive particular profissional de 35 anos, enquanto Allen Tombs é um jovem de 19 anos temperamental e propenso à violência que foi retirado da delinquência e treinado por Rick. Juntos, Rick e Allen possuem uma agência de detetives na rua 64. Eles atendem qualquer um que tenha um caso que eles julguem que suas habilidades sejam necessárias.

No dia 3 de outubro de 1939, quando Rick e Allen estavam quase fechando o escritório, um homem de meia-idade aparece correndo e solicita a ajuda desses sagazes investigadores para uma missão difícil: Uma corporação maligna conhecida como organização Legacy, sequestrou a filha deste sujeito e deixou uma carta explicando por que a sequestraram.

No dia seguinte, Allen percebe um anúncio nos classificados com estrutura de sentença semelhante à letra deixada pelos sequestradores. Allen estava sem entender, até que Rick lhe disse para olhar com cautela para ambos, a letra e o anúncio. Eles logo perceberam que a escrita era realmente um código secreto, entendido apenas por certos chefes do crime. Então Rick e Allen partem em direção à base principal da organização Legacy para encontrar a verdade e salvar a filha sequestrada.

Esse é o arquivo número 238: o sequestro da filha de um homem rico!

Gameplay

Cada detetive particular usa diferentes estilos de luta e parecem ter níveis diferentes de velocidade, força, resistência etc. Muitos itens especiais podem ser encontrados jogando inimigos em segundo plano e quebrando coisas, o que é típico deste gênero popular dos fliperamas dos anos 90.

Ao longo do caminho, os protagonistas vão ser desafiados por todos os tipos de bandidos e canalhas, cujas roupas variam do hip-hop dos anos 80 a estereótipos piratas. Os chefes são mais fortes e possuem ataques especiais peculiares.

Curiosidades

  • 64th Street: A Detective Story é provavelmente o mais antigo dos poucos beat ’em ups que permitem que o jogador arremesse os inimigos para o fundo, proporcionando um aumento de dano e uma dose de destruição nos cenários. Outro jogo que permitiu este movimento em particular foi a adaptação do Super Nintendo do Batman Returns, feito pela Konami;
  • Os dois protagonistas deste game fazem uma aparição em outro jogo da Jaleco, Chimera Beast.

Dicas e trapaças para o 64th Street: A Detective Story

  • Danos enormes: Quando você pegar um inimigo, pressione o joystick pra cima seguido do botão de ataque para vai jogar o inimigo para o fundo da tela, retirando muito mais energia do que os danos que o arremesso lateral regular. Desta forma, é possível matar alguns inimigos com um único arremesso;
  • Muitos dos itens especiais podem ser encontrados por atirar inimigos para o fundo e, com isso, quebrar os cenários.

Mais Beat ’em up

Clique Aqui Para Assistir Ao Vídeo

Chaos and Confusion [Mapa para Doom II]

12 de outubro de 2019
Chaos and Confusion [Mapa para Doom II]

Chaos and Confusion é um mapa para Doom II criado no ObHack e modificado pelo Tyrant120 e pelo Facínora manualmente que conta com uma boa quantidade de inimigos pequenos em espaços abertos e fechados.

O Chaos and Confusion conta com algumas armadilhas, mas nada num nível tenso. O estilo é urbano e seu visual é agradável, como a maioria dos WADs feitos com o ObHack. Considero ele bom para testar pacotes de armas que tenham sniper ou zoom, mas pode ser jogado também no run and gun, dependendo dos inimigos que você carregar junto. Leia o resto desse post »

site ou autor do arquivo Gaming Room tamanho do arquivo 271 KB licencaGrátis download link Download

Caos na Blizzard confirmado, prisão de Belle Delphine, Street Fighter II para NES e mais

11 de outubro de 2019
Caos na Blizzard confirmado, prisão de Belle Delphine, Street Fighter II para NES e mais

Notas da 97ª edição das Notícias do Facínora, onde falamos sobre a confirmação do caos na Blizzard, um rom hack do Street Fighter II muito bom pra NES, prisão de Belle Delphine, Black Firmament 2: PAX (um mini Wing Commander), fim do Moirai e um mod com músicas do Doom do PSX.

Por motivos de força maior, não pude fazer uma publicação mais elaborada no site, mas o vídeo, algumas informações a mais e os links para as fontes encontram-se logo a seguir: Leia o resto desse post »

Após suspender injustamente jogador, Blizzard parece entrar em caos

10 de outubro de 2019
Após suspender injustamente jogador, Blizzard parece entrar em caos

Após subir de nível em pusilanimidade ao suspender um jogador de Heartstone injustamente, a Blizzard começa a apresentar sinais de caos, o que pode incluir boicotes, greves, ações despencando e clientes sendo impedidos de deixar a plataforma.

Nesta semana, Ng Wai Chung um competidor de e-sports conhecido pelo nick de Blitzchung foi suspendido da competição de Heartstone por um ano simplesmente por se manifestar a favor de protestos contra o controle chinês sobre Hong Kong, sua cidade natal. Houve uma reação severa contra esta medida, considerada covarde, mesquinha e arbitrária por uma grande parte do público da empresa e gamer em geral.

Atualização (11/10/19): Caos na Blizzard confirmado.

Atualização (31/10/19): Blizzard perde patrocínio milionário.

Agora, parece que isto já está se refletindo também na organização e até no valor de mercado da Blizzard, como o vídeo que segue tenta investigar: Leia o resto desse post »

  • Inscreva-se na nossa newsletter!

  • Nos siga nas redes sociais!

  • Páginas

  • Áreas especiais

  • Categorias

  • Parceiros

  • eXTReMe Tracker
    Copyright © 2001 - 2019 Gaming Room - Powered by Facínora!