Dicas e detonados do Bonk’s Adventure de Game Boy

27 de agosto de 2020
Dicas e detonados do Bonk’s Adventure de Game Boy

Nesta publicação, encontram-se algumas dicas, guias, macetes e detonados do jogo de plataforma Bonk’s Adventure em sua versão de Game Boy, lançada em 1992 pela Hudson Soft.

Algumas dicas e textos deste post foram adaptados na matéria sobre esta versão do Bonk’s Adventure na revista Ação Games #28 (1993), mas encontrei também um detonado completo em inglês, um longplay (vídeo do jogo sendo zerado) e complementei o conteúdo do jeito que pude. Leia o resto desse post »

Silent Gentleman

26 de agosto de 2020
Silent Gentleman

Silent Gentleman é um RPG independente focado em dungeon crawling que se passa na Idade Média desenvolvido e lançado pela Cipher Hive em 29 de abril de 2019 para Windows.

Apresentando-se como um JRPG, ou seja, seguindo o estilo japonês, este jogo promete manter o arroz com feijão do gênero, sem inventar moda com elementos brisados no gameplay nem encher muito o saco com falação. Só combate, passar de nível, pegar tesouros etc. Leia o resto desse post »

site ou autor do arquivo Cipher Hive tamanho do arquivo 600 GB licencaR$ 4,49 sistemas operacionais compativeisWindows 7/8/8.1/10 download link Download

Yuri Bezmenov aparece em teaser do Call of Duty: Black Ops Cold War

25 de agosto de 2020
Yuri Bezmenov aparece em teaser do Call of Duty: Black Ops Cold War

Yuri Bezmenov, um ex-agente da KGB e dissidente da URSS que realmente existiu, aparece em teaser do futuro Call of Duty: Black Ops Cold War, causando choradeira na lacrosfera (e em outros setores do maconheirismo cultural) e gerando interesse sobre como era de fato grande parte da espionagem comunista durante a Guerra Fria.

O trailer foi liberado no dia 19 de agosto de 2020 e contém segmentos de uma entrevista de 1984 com Yuri Bezmenov discutindo medidas ativas que eram tomadas no tocante a este assunto. Sobre isso, gravei um podcast com o Ancapepe, do ChoppaCast, que acabou sendo a 144ª edição das Notícias do Facínora: Leia o resto desse post »

Magrunner: Dark Pulse

25 de agosto de 2020
Magrunner: Dark Pulse

Magrunner: Dark Pulse é um jogo independente que combina ação, adventure, quebra-cabeças, cyberpunk e H.P. Lovecraft que foi desenvolvido e lançado pela Frogwares em 2013 para Windows, PlayStation 3 e Xbox 360.

Construído sobre o Unreal Engine 3, o Magrunner: Dark Pulse foi recebido de forma apenas mista pela crítica especializada, entretanto, conta com centenas de análises muito positivas por parte dos jogadores na loja do Steam, pelo menos até o momento. Leia o resto desse post »

site ou autor do arquivo Frogwares tamanho do arquivo 2,9 GB licencaR$ 19,99 sistemas operacionais compativeisWindows XP (SP3)/Vista (SP2)/7/8 download link Download

Serious Sam: The First Encounter

24 de agosto de 2020
Serious Sam: The First Encounter

Serious Sam: The First Encounter é o jogo de tiro em primeira pessoa desenvolvido pela Croteam que, lançado em originalmente em 21 de março de 2001, deu início à clássica, peculiar e bem humorada franquia Serious Sam.

Com versões para Windows, Palm OS e Xbox, o Serious Sam: The First Encounter foi geralmente bem recebido pela crítica especializada e pelo mercado. Atualmente, conta com milhares de análises extremamente positivas nas lojas do Steam e do GOG. Leia o resto desse post »

site ou autor do arquivo Croteam tamanho do arquivo 310 MB licencaR$ 11,99 sistemas operacionais compativeisWindows 95/98/98SE/ME/NT 4.0/2000/XP/Vista/7/8/10 download link Download

Um inimigo no Doom II pode levar até quase 12 anos para spawnar pelo Icon of Sin

23 de agosto de 2020
Um inimigo no Doom II pode levar até quase 12 anos para spawnar pelo Icon of Sin

Um inimigo no Doom II pode levar até quase 12 anos para spawnar daqueles cubos cuspidos pelo Icon of Sin, tipo aquele que fica no Mapa 30 original e final do jogo.

Fiquei sabendo dessa peculiaridade decorrente da programação do clássico FPS através de uma publicação do PSX Brasil que alguém me mandou (não lembro quem, foi mal), e resolvi listar esta curiosidade aqui também, porque, né? Leia o resto desse post »

Incidente do Sangue Corrompido: World of Warcraft e o primeiro caso registrado de epidemia digital

23 de agosto de 2020
Incidente do Sangue Corrompido: World of Warcraft e o primeiro caso registrado de epidemia digital

Este vídeo do Canal Assombrado fala sobre o Incidente do Sangue Corrompido (Corrupted Blood incident), o primeiro caso registrado de uma epidemia digital, a qual assolou os servidores do World of Warcraft em meados de 2005.

Segundo consta, o caso chamou atenção de epidemiologistas que viram ali uma oportunidade para estudar o desenvolvimento de uma pandemia, na segurança de um ambiente virtual, mas ainda levando em conta o comportamento humano. Também parece que utilizaram a experiência como modelo para uma pesquisa sobre terrorismo.

Mas o que foi esse tal incidente? Tudo começou em 13 de setembro de 2005, com a introdução de um novo raid chamado Zul’Gurub e o seu chefão Hakkar the Soulflayer. Quando confrontado, Hakkar lançava um feitiço altamente contagiante que drenava saúde dos jogadores chamado “Sangue Corrompido” ou “Corrupted Blood”. Esta magia era para ter duração de segundos e só no calabouço da raid, mas algum vacilo dos programadores fez com que os mascotes dos jogadores fossem contaminados, o que começou a espalhar o Sangue Corrompido pra fora. Pelo menos foi o que entendi.

Pra completar, NPCs também podiam adoecer e, embora não morressem, acabavam sendo vetores assintomáticos que podiam transmitir a doença aos jogadores. Ou seja, a receita para o desastre já estava bem definida.

O que se seguiu depois, tanto por acidente ou intenção, foi uma pandemia que rapidamente matou personagens de nível inferior e mudou drasticamente o gameplay do World of Warcraft à época, visto que os jogadores tentavam fazer o que podiam para evitar a infecção.

A pandemia do Sangue Corrompido durou até que uma combinação de patches e resets do mundo virtual finalmente controlaram a propagação. Até então, a galera se virou como pôde, seja com quarentenas impostas pelo programador, o abandono dos jogadores de cidades densamente povoadas ou mesmo simplesmente ficarem sem jogar enquanto o bug não fosse corrigido. Também houveram voluntários com personagens de altos níveis que ajudavam os doentes, enquanto os de níveis baixos (que não podiam ajudar nas zonas de epidemia) tratavam de desviar o trânsito das zonas afetadas para que mais personagens não adoecessem. Teve também os que aproveitaram a desgraça para lootar quem morreu, é claro. Não me espantaria se tivesse muito brasileiro fazendo isso.

Estudos e modelos

Como dito acima, pesquisadores e cientistas aproveitaram a oportunidade para conduzir estudos relativos à epidemias reais, inclusive ao COVID-19, e ao terrorismo.

Em 2007 um epidemiólogo israelense chamado Ran D. Balicer publicou um artigo em que descrevia as semelhanças do incidente do Sangue Corrompido com a gripe aviária e a SARS, aquela variante forte de pneumonia que apareceu em Hong Kong no início do milênio. Depois de várias análises comparativas conduzidas por pesquisadores, a conclusão foi que os modelos digitais desse tipo poderiam ter algum tipo de utilidade diante de alguma epidemia.

Já Charles Blair, vice-diretor do Center of Terrorism and Intelligence Studies (“Centro de Terrorismo e Estudos de Inteligência”), disse que o World of Warcraft poderia fornecer uma nova e poderosa maneira de estudar como as células terroristas se formam e operam. Segundo Blair, como o WoW envolve pessoas reais tomando decisões reais em um mundo com limites controláveis, o jogo poderia fornecer modelos mais realistas para analistas de inteligência militar. A proposta foi recebida com ceticismo por especialistas, com a Blizzard também frisando que o World of Warcraft é antes de mais nada um jogo e que nunca foi projetado para espelhar qualquer coisa do mundo real.

Mais recentemente, como não poderia deixar de ser, compararam o incidente do Sangue Corrupto à Peste Chinesa. Epidemiologistas  que estudaram o surto de Sangue Corrompido estão usando a pesquisa do incidente para entender melhor a disseminação do coronavírus – principalmente seus fatores sociológicos, o que me parece uma boa conversa fiada.

A verdade é que nem vale muito a pena aprofundar nesse assunto. Modelos são sim úteis, mas não podem ser usados como literais modelos de como uma sociedade funciona e muito menos como deve funcionar. Ou você acha mesmo que tem gente passando vírus chinês pros outros para lootar os itens que vão dropar de quem morrer? Bata lembrar também daquele estudo fajuto conduzido por um mané desses aí que só serviu para espalhar pânico e justificar parasitas estatais e seus capangas a agredirem ainda mais as pessoas decentes. Você sabe do que estou falando, é daquele estudo que foi tão bom que errou só 90% da projeção.

Todavia, a historia do Incidente do Sangue Corrompido é deveras interessante.

Mais informações e curiosidades

Clique Aqui Para Assistir Ao Vídeo

Death Track: Resurrection

22 de agosto de 2020
Death Track: Resurrection

Death Track: Resurrection, ou Death Track: Возрождение em russo, é um jogo independente de corrida e combate veicular desenvolvido pela SkyFallen Entertainment lançado originalmente em 22 de fevereiro de 2008.

Sequencia do Deathtrack (1998), este game foi publicado primeiro pela também russa 1C Entertainment e, com versões para Windows e PlayStation 3, acabou sendo recebido de forma mista pela crítica. Atualmente, conta com análises neutras na loja do Steam. Leia o resto desse post »

site ou autor do arquivo 1C Entertainment tamanho do arquivo 7,5 GB licencaR$ 6,29 sistemas operacionais compativeisWindows XP (SP3)/Vista (SP1)/7/8/8.1/10 download link Download

Catacomb 3D monsters for Doom 2

22 de agosto de 2020
Catacomb 3D monsters for Doom 2

Catacomb 3D monsters for Doom 2 é um mod randomizador de monstros criado por Maulotaur que traz, para o Doom, inimigos dos quatro FPS da série Catacomb e de outros trabalhos, como o Hovertank 3D, Demon Hunter e Robot Redemption.

Como era de se esperar, os monstros não tem as rotações completas, ficando tipo os chefões do Wolfenstein 3D, mas, além de proporcionar um agradável clima retrô com gráficos pixelados e sons de PC antigo, os inimigos deste pacote não se furtam a promover uma boa variação de gameplay no clássico jogo de tiro em primeira pessoa. Leia o resto desse post »

site ou autor do arquivo Maulotaur tamanho do arquivo 2,09 MB licencaGrátis download link Download

Ferrari Track Driving

22 de agosto de 2020
Ferrari Track Driving

Ferrari Track Driving é um game online de corrida 3D para browsers (HTML5) desenvolvido e publicado pelo bvrasil onde se tem diferentes Ferraris disponíveis para testar, guiando-as para correr bastante pela pista.

Controles

  • WASD: Direção
  • C: Troca de ângulo de câmera
  • Barra de Espaço: Frear

Clique Aqui Para Jogar

Inscreva-se na nossa newsletter!