Principais Atualizações

River Raid [Remake em Flash]

4 de junho de 2018

River Raid é um remake retrô em Flash do grande clássico shoot ’em up do Atari 2600 de mesmo nome, um dos mais famosos títulos dos games dos anos 80.

Esteja preparado para os desafios perigosos em River Raid! Destrua os inimigos e as pontes no seu caminho e não se esqueça de reabastecer. Bem vindo a bordo!

Controles

  • Setinhas: Movimentar
  • Barra de Espaço: Atira
  • P: Pausa o game

Clique Aqui Para Jogar

Defenestrando Commando (1985)

3 de junho de 2018
Defenestrando Commando (1985)

Assista conosco o gameplay comentado e defenestrado do Commando, um jogo de tiro da Capcom dos anos 80 que lançou escola. O vídeo foi produzido e publicado pelo canal Defenestrando Jogos, parte da série Fliperama Nostálgico, e compartilha algumas informações e curiosidades que usamos como fonte para esta publicação.

Commando é um jogo de tiro clássico run and gun multidirecional desenvolvido e lançado pela Capcom nos arcades em maio de 1985. Um game seminal e sucesso de críticas e comercial, Commando inspirou uma porção de outros grandes títulos, como o Ikari Warriors e o Rambo: First Blood Part II, o qual é mais conhecido no Brasil por causa do Master System.

O sucesso do Commando justificou ports do game para várias outras plataformas, como o Nintendo 8-bit, Atari 2600, Intellivision, Atari 7800, BBC Micro, Acorn Electron, Amiga, Atari ST, ZX Spectrum, MSX, Amstrad CPC, Commodore 16, XE Game System, Commodore Plus/4, Apple II, Commodore 64, Wii, PlayStation (Capcom Generations 4 – Blazing Guns – Disc 4), PlayStation 2 (Capcom Arcade Cabinet: All-In-One Pack DLC), PlayStation 3 (Capcom Arcade Cabinet), Xbox 360 (Capcom Arcade Cabinet: All-In-One Pack DLC), PSP (Capcom Classics Collection Reloaded), Windows (Capcom Arcade Hits 3 e Capcom Coin-Op Collection Volume 1), PC, iOS (Capcom Arcade e Commando) e celulares.

Além dos vários ports e o seu legado, o Commando também ganhou duas sequências, o Mercs (1990) e Wolf of the Battlefield: Commando 3 (2008).

Enredo

Deixado em uma ilha por um helicóptero, Super Joe é um soldado altamente treinado que, armado com uma submetralhadora e um estoque de granadas de mão, deve abrir caminho através de um exército massivo inimigo. Além de sobreviver e destruir os oponentes, Super Joe deve também salvar prisioneiros de guerra.

Gameplay

O jogador controla Joe, que pode disparar sua arma em qualquer uma das oito direções, enquanto suas granadas só podem ser jogadas verticalmente em direção ao topo da tela, independentemente da direção que Joe está. Ao contrário da metralhadora, as granadas podem ser lançadas para limpar obstáculos e, quando bem colocadas, podem eliminar vários inimigos de uma só vez.

No final de cada fase, a tela para e o jogador deve lutar contra vários soldados que saem de um portão ou fortaleza. Eles estão sob as ordens de um oficial covarde que imediatamente foge. Se o jogador atirar nele pelas costas, ganhará pontos de bônus. Ao longo do caminho, pode-se tentar libertar prisioneiros de guerra quando são transportados pelo inimigo.

Quando o jogador atinge 10.000 pontos, ele ganhará uma vida extra. Depois disto, isto acontecerá a cada 50.000 pontos até que se atinja 960.000 pontos, quando o jogo para de liberar vidas extras.

Na versão de NES, há um upgrade de metralhadora que a deixa mais poderosa, um “óculos” que permitr que o jogador veja todos os bunkers escondidos e um upgrade de granada ilimitado. O jogador perderá essas atualizações depois de perder uma vida.

Curiosidades

  • Commando foi lançado originalmente como Senjō no Ōkami (戦場の狼), o que pode ser traduzido como “Wolf of the Battlefield” ou “Lobo do Campo de Batalha”;
  • Commando foi licenciado para a Data East para fabricação e distribuição nos Estados Unidos em julho de 1985. Este foi o primeiro (e único) game que a Capcom licenciou para a Data East;
  • Existe uma versão para Atari 8-bit que nunca foi lançada oficialmente. Ela foi criada pela Sculptured Software em 1989 e deveria ter sido lançada pela Atari Corporation para o XE Game System, um console não muito famoso por aqui. Embora o jogo tenha aparecido nos catálogos da Atari na época, nunca chegou ao mercado apesar de estar completo. Nos anos 2000, o protótipo do cartucho foi encontrado;
  • Tim Balderramos detém o recorde oficial deste game com 10051200 pontos no dia 5 julho de 1986.

Dicas

  • Um glitch no game faz as balas do jogador atravessarem saírem de cima do campo de batalha. Basta ficar totalmente no canto inferior da tela e atirar para baixo. Você vai ver os projéteis vindo da parte de cima da tela, o que pode ajudar a detonar os inimigos. Isto é demonstrado no vídeo;
  • Em alguns pontos das fases, se pode encontrar abrigo através de itens do cenário enquanto elimina-se os inimigos para ganhar mais pontos e, consequentemente, vidas. Como não tem tempo para terminar as fases e os soldados não param de vir, basta ficar esperto para garantir umas vidinhas extras. Isto é demonstrado também no vídeo, numa parte onde tem umas árvores.

Saiba mais

  • Commando online – Temos aqui uma versão online do Commando, especificamente uma conversão em Flash da versão do Commodore 64 deste game.

Prince of Persia: The Sands of Time [Online]

2 de junho de 2018
Prince of Persia: The Sands of Time [Online]

Prince of Persia: The Sands of Time é um jogo online desenvolvido e lançado pela Ubisoft originalmente em março de 2003, para console PlayStation 2. Mais tarde, o game foi portado para o GameCube, Xbox e PC, ganhando também uma versão 2D para o portátil Game Boy Advance e para celulares. Temos aqui a versão de Game Boy Advance do jogo configurada para ser jogada online, diretamente no seu browser, sem necessidade de instalação nem nada.

Em Prince of Persia: The Sands of Time, você é um príncipe cujo pai saqueou a cidade de um marajá instigado pelo seu traiçoeiro Vizir. O Príncipe captura um artefato chamado Adaga do Tempo e uma ampulheta contendo as Areias do Tempo. O Vizir, então, engana o Príncipe para liberar as Areias do Tempo, transformando a população da cidade em criaturas selvagens e irracionais.

Agora, junto com a filha do marajá, Farah, o príncipe deve devolver o as Areias à Ampulheta, lutando contra os monstros e usando a Adaga para controlar o tempo quando julgar necessário.

Controles

  • Setinhas: Direcional
  • J ou X: A botão
  • Y ou Z: B botão
  • 1 e 2: Botões L e R
  • ENTER: Botão START
  • SHIFT: Botão SELECT

Veja também

Clique Aqui Para Jogar

Ninja The Explorer

1 de junho de 2018
Ninja The Explorer

Ninja The Explorer é um jogo online em Flash que combina adventure, RPG e gráficos retrô estilo Nintendinho 8-Bit, feitos em pixel art. Jogue como um ninja, explorando uma ilha misteriosa. O seu inimigo te espera no canto noroeste e você precisa escolher um caminho para chegar até lá. Use sua espada e suas habilidades ninjas para abrir seu caminho pela ilha.

Controles

  • Setinhas: Movimentar
  • C: Atacar
  • Segurar C: Arrancada
  • Barra de Espaço: Ver mapa

P.S.: Se você gostou deste game, experimente também a série Venusian Vengeance. É do mesmo autor.

Clique Aqui Para Jogar

Retro Space

29 de maio de 2018
Retro Space

Retro Shooter é um simples, porém difícil shoot em’up online (em Flash) que tem um estilo retrô que lembra clássicos antigos do gênero, como o Galaga, Galaxian, Space Invaders e outros.

Controles

  • Você está no espaço e sua nave atira automaticamente.
  • Use as setinhas para movimentar e desviar do fogo inimigo!

Clique Aqui Para Jogar

IndestructoTank A.E.

28 de maio de 2018

IndestructoTank A.E.IndestructoTank A.E. é um jogo em Flash um pouco convencional onde você controla um tanque indestrutível contra o exército inimigo.

Moleza? Não é bem assim, pois, apesar de o seu tanque ser indestrutível, o único jeito dele destruir os adversários é se jogando neles. Para completar, você só consegue se movimentar para direita e a esquerda… Bem, tente jogar que você vai entender!

O jogo conta com bons gráficos e jogabilidade…

Controles

  • ← e →: Move para esquerda ou direita
  • ↑: Salta quando tem a barra de boom cheia
  • Mouse: Controla o IndestructoCopter
  • Barra de Espaço: Pausa o jogo

Clique Aqui Para Jogar

Defenestrando Fatal Fury 2 (1992)

27 de maio de 2018
Defenestrando Fatal Fury 2 (1992)

Como hoje é domingo e geralmente eu adiciono algum vídeo de game aqui para você, vou trazer o Fatal Fury 2 sendo apresentado, jogado e comentado em mais um Fliperama Nostálgico, o quadro de games antigos dos arcades do canal Defenestrando Jogos.

O vídeo, além de ser uma excelente alternativa à programação apodrecida e intragável da mídia tradicional, especialmente a de domingo, também traz várias informações e curiosidades a respeito do segundo game da icônica série da SNK.

Fatal Fury 2 é um jogo de luta desenvolvido e lançado pela SNK originalmente em dezembro de 1992 para os fliperamas, antes de ser portado para diversos outros sistemas, ganhando também uma versão aprimorada chamada Fatal Fury Special em 1993.

Fatal Fury 2 é o segundo game da série Fatal Fury e uma sequência direta do Fatal Fury: King of Fighters. Ele apresenta gráficos e gameplay aprimorados em relação ao game original e, embora não tenha chegado a superar o então líder do gênero da época, Street Fighter II: The World Warrior, foi geralmente bem recebido pela crítica e obteve sucesso comercial suficiente para ser portado para várias outras plataformas além do fliperama: Neo Geo (1993), Neo-Geo CD (1994), PC Engine CD (1994), Genesis/Mega Drive (1994), SNES (1993), Game Boy (1994), X68000 (1993), PlayStation 2 e Virtual Console (2008).

Enredo

Após a morte de Geese Howard nos eventos do Fatal Fury original, um misterioso nobre torna-se o patrocinador do novo torneio King of Fighters. Desta vez, a disputa é realizada através do planeta com lutadores de todo o mundo competindo. Conforme o misterioso desafiante avança, ele vai  derrotando os participantes do primeiro torneio e procurando o homem responsável por derrotar Geese.

Além de Terry Bogard, Andy Bogard e Joe Higashi, os competidores são:

  • Big Bear – Um lutador de luta livre australiano anteriormente conhecido como Raiden no primeiro Fatal Fury;
  • Jubei Yamada – Um antigo mestre de judô japonês conhecido como “Yamada, o Demônio” durante sua juventude;
  • Cheng Sinzan – Um mestre gordo de Taiji de Hong Kong que está tentando abrir seu próprio centro de treinamento;
  • Kim Kaphwan – Um mestre de Taekwondo da Coreia do Sul;
  • Mai Shiranui – Uma linda kunoichi que é filha do líder do clã ninja Shiranui e que é afim do Andy Bogard.

Richard Meyer, Michael Max, Tung Fu Rue, Duck King, Hwa Jai e Geese Howard ficaram de fora, embora alguns destes façam aparições durante algumas das cutscenes do jogo.

Gameplay

Fatal Fury 2 não apenas apresenta gráficos, mas também gameplay mais avançados que o seu predecessor, Fatal Fury: King of Fighters. Os controles de jogo foram modificados, desta vez fazendo uso completo da configuração de quatro botões do Neo-Geo, incluindo quatro botões de ataque (Soco Fraco, Chute Fraco, Soco Forte e Chute Forte). Este é aparentemente um dos primeiros jogos da Neo-Geo a usar essa configuração de botões que se tornaria comum.

O sistema de batalha de dois planos foi mantido, mas este jogo permite que você alterne entre os planos à vontade, apertando soco fraco e chute fraco simultaneamente (A +B). No primeiro jogo, você só poderia trocar de plano se a CPU estivesse em um plano de batalha diferente. O jogador também pode executar um “Power Attack” que irá derrubar o oponente do outro plano. Quando o oponente está no outro plano, o jogador pode pular atacando com soco ou chute. Algumas fases contém fios eletrificados ou uma debandada de touros, tornando arriscado trocar de plano, mas pode-se jogar o oponente lá para causar-lhe dano extra.

Outras técnicas especiais também foram adicionadas. Depois que o jogador defende o ataque de um oponente, ele pode aplicar um contra-ataque chamado de “Evasion Attack”. Pode-se também insultar os oponentes pressionando o botão de Soco Forte à distância. O jogador também pode correr para trás do adversário para recuar, batendo rapidamente a alavanca para trás duas vezes. Além disto, este jogo introduz o uso de “Desperation Moves” ou “Fury”, técnicas altamente poderosas que só podem ser usadas quando a barra de vida estiver em 25% e piscando em vermelho. Fatal Fury 2, bem como Art of Fighting, foram os primeiros jogos de luta a introduzir esses movimentos.

O modo single player tem o jogador enfrentando todos os oito personagens (incluindo um clone do personagem do jogador), seguido por quatro chefões não selecionáveis. Após cada quarta partida, o jogador participará de uma rodada de bônus para tentar angariar mais pontos.

Curiosidades

  • Fatal Fury 2 era chamado no Japão de Garou Densetsu 2: Aratanaru Tatakai (餓狼伝説2 ~新たなる闘い~ ), algo que poderia ser traduzido como “A Lenda do Lobo Faminto 2 – A nova batalha”;
  • Esse é o segundo jogo a usar cartucho de 100 MB, da série 100-Mega Shock, da SNK;
  • De acordo com um flyer americano, o nome do jogo é “Fatal Fury 2 – The Sultan of Slugs Battle Royale” e que traduzido ficaria assim: “Fúria Fatal 2 – Os Sultões do Golpe Decisivo”;
  • O Hungry Wolf é uma referência a Terry Bogard, o personagem principal de Fatal Fury. Andy e Joe (e, em menor escala, Mai e Mary) são chamados de Lobos Solitários;
  • Mantendo a tradição, uma animação baseada neste jogo foi lançado no Japão com desenhos de personagens de Masami Ohbari. O filme também foi lançado nos EUA pela Viz Video, uma divisão da Viz Comics;
  • Assim como o primeiro jogo introduziu o famoso Terry Bogard, este jogo apresenta a lutadora mais popular da SNK, Mai Shiranui;
  • Quando o jogador vence a primeira partida, a tela mostra as pessoas assistindo ao torneio dentro do Pao Pao Café do primeiro jogo.

Clique Aqui Para Assistir Ao Vídeo

Justice Clicker

26 de maio de 2018
Justice Clicker

Justice Clicker é um clicker em Flash (online) onde você é um vigilante solitário que dedicou a sua vida a combater o mal. A cidade precisa de você para detonar vilões, monstros e malucos que querem dominar a cidade a sua população.

Prepare-se! Vença todos até o último e tente marcar a maior pontuação!

Clique Aqui Para Jogar

Como rodar o Unreal Gold em sistemas operacionais modernos

25 de maio de 2018
Como rodar o Unreal Gold em sistemas operacionais modernos

Esta publicação ensina como rodar o Unreal Gold em sistemas operacionais modernos com um simples procedimento. Como quem nos acompanha nas redes sociais sabe, para comemorar os 20 anos da franquia, a Epic Games deixou, por tempo limitado, o Unreal Gold gratuito no Steam e no GOG.

Eu peguei o jogo no GOG e consegui instalar em um PC aqui que roda Windows 10 com uma placa de vídeo relativamente nova sem necessidade de nada além do setup que é feito de maneira trivial. O problema é que parece que, para alguns usuários, não basta instalar e jogar (a não ser que você tenha um PC com a configuração da época ou se não der sorte como eu), necessitando assim que fazer uma gambiarra que o usuário Esse nick já está registrado ™ nos ensinou e que não é nenhum bicho de sete cabeças.

Vamos ao passo a passo:

  1. Antes de tudo, você tem de baixar o Unreal Gold. Você pode usar este link no GOG se ainda não tiver comprado ou pego de graça;
  2. Feito isso, você deve baixar o Patch 227i, o qual patch não é oficial, mas tem a permissão da Epic Games. Tem que baixar a que tem a versão Return to Napali;
  3. Com o patch baixado, você vai descompactar e clicar no ícone, para iniciar a sua instalação. A única parte onde você deve prestar atenção é na que diz em qual pasta a patch será instalada (copie e cole o caminho da pasta onde você instalou o Unreal Gold no programa). Depois disso, é só clicar em próximo duas vezes e finalizar;
  4. Se feito corretamente, o programa irá reconhecer até a sua placa de vídeo e o jogo vai funcionar de boa!
  5. Extra: também existe um arquivo que melhora as texturas do jogo, mas ainda não instalamos. Se você ver a comparação na Internet, vai reparar que muda muito.

Enfim, é só isso. Dependendo eu gravo um vídeo explicando o procedimento se eu conseguir reproduzir o problema aqui. Qualquer dúvida, complemento ou complicação, basta comentar aqui ou no grupo (link abaixo).

Saiba mais

Stallone vs Trollface

23 de maio de 2018
Stallone vs Trollface

Stallone vs Trollface é um game online em Flash de tiro e ação onde você é o nosso herói de ação Stallone. É continuação de um outro jogo do tipo chamado Hostage Crisis, do mesmo estilo, e possui gráficos 8-bit tipo Master System e a interface retrô, do tipo de jogos de PC do início da década de 90, o que nos chamou a atenção. A jogabilidade é boa, bem parecido também com algum game do NES ou do Master.

Bem, o negócio é o seguinte: o Stallone teleportado para os calabouços, onde ele encontrou um Trollface grande e verde que mostrou a ele o seu traseiro sujo. Tente ajudar o nosso herói encontrar o Trollface e se vingar! Você pode usar bombas e granadas para destruir monstros e paredes no seu caminho!

Boa sorte!

“Ninguém se atreve a insultar-me, mostrando seu traseiro imundo!”, disse o nosso herói para o Troll.

Controles

  • WASD: Movimentar
  • Mouse: Mira e atira
  • Barra de Espaço: Ativa as bombas

P.S.: Se você gostou de Stallone vs Trollface você deveria tentar também o Hostage Crisis! Ambos os games são do mesmo estilo e foram criados pelo mesmo desenvolvedor, Crio Nuke.

Clique Aqui Para Jogar

Página 8 de 317« Primeira...56789101112...20...Última »
  • Assine a nossa newsletter!

  • Nos siga nas redes sociais!

  • Páginas

  • Áreas especiais

  • Categorias

  • Parceiros

  • eXTReMe Tracker
    Copyright © 2001 - 2018 Gaming Room. Todos os Direitos Reservados - É expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste site sem o consentimento dos autores.